Psicóloga mata as filhas gêmeas e depois tira a própria vida

Uma história difícil aconteceu numa casa de família. No mesmo dia, uma mãe e as suas duas filhas morreram. Aos 55 anos, uma psicóloga matou as filhas gêmeas, de 7 anos, e tirou a própria vida em seguida. Mas por quê isso aconteceu?

De acordo com o portal Daily Mail, Michele Deegan, que morava nos EUA, lutava com o ex-marido na Justiça pela guarda das crianças. Além disso, anteriormente a psicóloga havia denunciado o ex por violência doméstica. Então, até o momento acredita-se que esse contexto conturbado tenha motivado o ocorrido, visto que a família estava passando por muitos problemas ao mesmo tempo. Mas não é só isso.

Além de trabalhar como terapeuta, Michele se apresentava como especialista em “ensinar aos seus pacientes comportamentos e atitudes saudáveis com a família, amigos e colegas de trabalho”. No dia em que tudo aconteceu, ela chegou a postar publicações sobre questões parentais e suicídio nas redes sociais.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.