Vitória da Conquista: Após motorista de aplicativo ser morto durante assalto, trabalhadores da categoria se unem para protestar e fazer vaquinha para pagar o velório

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quinta-feira (22). Os motoristas de aplicativo da cidade de Vitória da Conquista fizeram um protesto em frente ao Estádio Lomanto Júnior, na tarde de ontem (21). O que realmente chamou a atenção, é que os motoristas fizeram uma vaquinha coletiva para custear o velório do jovem Pedro Henrique Barros, morto em um assalto na madrugada de ontem.

Os colegas de Pedro Henrique demostraram solidariedade, misturada com um pouco de revolta e tristeza.

O corpo do motorista foi encontrado no bairro Terras do Remanso, em Vitória da Conquista, com marcas e ferimentos causados com pedras.

Os suspeitos de serem responsáveis pelo crime foram presos pouco tempo depois, na cidade de Santa Cruz da Vitória, após se envolverem em um acidente com o carro roubado e serem levados ao hospital.

Os colegas de Pedro Henrique protestaram por mais segurança nas ruas e pela vida do rapaz.

Da redação Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Rodoviários iniciam protestos na Estação da Lapa e atravessam ônibus na pista

Uma notícia está sendo destaque sexta-feira. Isso porque na manhã de hoje, na região da Estação da Lapa, em Salvador, iniciou-se mais uma manifestação por parte de um grupo de rodoviários. Mesmo na presença das viaturas da polícia militar que estavam no local, atravessaram um ônibus na via, atrapalhando, assim, o fluxo geral de veículos.

Ainda em razão do protesto, outros coletivos permaneceram parados no entorno da região afetando a circulação civil em toda a capital. Aqueles que buscavam acesso à estação Lapa tiveram que descer dos ônibus e ir andando.
O manifesto aconteceu para que houvesse agilidade na homologação do acordo firmado entre os e x trabalhadores do Consórcio Salvador Norte (CSN) e a prefeitura de salvador para o pagamento de direitos trabalhistas.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Cantor Netinho deixa redes sociais em protesto contra o STF e em apoio ao presidente: “só voltarei quando alguma atitude concreta for tomada contra o STF”

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (14). O cantor Netinho afirmou que estaria deixando suas redes sociais em apoio ao presidente e em protesto contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

O cantor deixou um comunicado no seu perfil do Instagram na última terça-feira (12), afirmando que só voltaria às redes sociais caso “alguma atitude concreta” for tomada contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

“A partir de hoje 12 de abril de 2021 eu estarei fora das Redes sociais Facebook, instagram e Twitter para o bem da minha sanidade mental. Voltarei quando souber que foi tomada alguma atitude concreta contra o 57f [STF] como por exemplo o impeachment de seus ministros ou o fechamento do mesmo. Sou apoiador de Jair Bolsonaro e seguirei sendo enquanto ele defender tudo aquilo que acredito ser necessário para o povo brasileiro e para o Brasil, ele sabe disso”, afirmou Netinho.

“Como já postei aqui inúmeras vezes, sugiro a todos de bem que se desliguem completamente da velha mídia/imprensa para o bem da sua saúde e pelo bem do Brasil. Tudo de lindo que fiz e que sou não pode se prestar mais ao envolvimento com o que apenas ilude as mentes fracas e nada resolve, voltarei quando as coisas clarearem”, dispara o cantor contra a mídia.

“Ah, não sou contra vacinas, apenas não quero me vacinar com essas novas vacinas para o Covid e sou contra a obrigatoriedade dessa vacina. Toma quem quiser tomar como sempre disse Jair. E sou contra qualquer passaporte de vacinação que exija que o cidadão se vacine obrigatoriamente para poder viajar, trabalhar, ir a eventos, viver, etc”, concluiu.

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Pai do menino Henry organiza protesto para pedir justiça pela morte do filho

Uma notícia está sendo destaque nesta segunda-feira (05). O pai do menino Henry, o engenheiro Leniel Borel, convocou pelas redes sociais um protesto na forma de carreta, que tem como objetivo pedir justiça pela morte do filho. A manifestação está marcada para às 17h, em frente à sede da Subprefeitura da Barra da Tijuca, seguindo para 16ª DP, no mesmo bairro, onde o caso aconteceu.

Para Leniel, o padrasto do menino, o Dr. Jairinho, é o principal culpado, pois segundo ele, o homem agiu muito friamente.
”Não tenho dúvidas de que Dr. Jairinho é culpado. Naquela noite no hospital, ele ficava junto aos médicos que tentaram salvar Henry o tempo todo. A princípio eu achava que era porque também era médico, mas agora percebo que era para acobertar o que realmente aconteceu. Ele é muito frio. Assim que foi decretado o óbito do meu filho, Dr. Jairinho chegou perto de mim e, na frente de uma pessoa da igreja que frequento e de uma amiga minha, disse: Vamos virar essa página, vida que segue. Faz outro filho”, disse Leniel.

Agora, o delegado responsável pelo caso, Henrique Damasceno, acredita que as provas periciais concluirão a investigação, entre eles os laudos de necropsia do corpo de Henry e os celulares e computadores de Monique ( mãe do garoto), Dr. Jairinho e do próprio Leniel.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.