‘Um verdadeiro anjinho’, desabafa pai de criança morta no ataque à escola em SC

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (5). O atentado realizado por um jovem de 18 anos em uma escola de Saudades, em SC, deixou uma professora, uma agente educativa e três crianças mortas nessa terça-feira (4). O pai de Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses, se diz arrasado com a morte da filha: “Só existe um buraco em nossos peitos que nunca vai sarar”.

O pai da pequena Anna Bela, Leonardo Felipe Fernandes de Barros, lamentou a perda da filha e afirmou que ela era bastante carinhosa:“Ela é um verdadeiro anjinho. Uma de suas primeiras palavrinhas foi justamente ‘carinho’, porque ela adorava fazer em todos. Sempre estava correndo e sorrindo. Sempre fazia amizades onde estava”, afirmou em entrevista ao G1.

Por meio das redes sociais a família e amigos se manifestaram lamentando a morte de Anna Bela.“Meus sentimentos a vocês nesse momento de tamanha dor e sofrimento. Sintam-se fortemente abraçados”, comentou uma amiga da família de Anna Bela.

As vítimas do ataque serão veladas em cerimônia coletiva no Parque de Exposições Theobaldo Hermes, no ginásio de Saudades, em SC, onde será celebrada uma missa de corpo presente nesta quarta-feira (5) às 9h.

Um jovem de 18 anos entrou na creche na manhã dessa terça-feira (4), armado com um facão e esfaqueou duas professoras e três crianças. A primeira vítima foi a professora Keli Adriane Aniecevski e em seguida o jovem foi até a sala onde estava Mirla Renner, de 20 anos e agente educativa, e a matou. Outras três crianças que estavam no local também foram atingidas e vieram a óbito. De acordo com informações preliminares, todas as vítimas foram atingidas com pelo menos cinco golpes.

De acordo com as investigações, o autor do atentado tentou entrar em todas as salas da creche mas os professores e crianças se trancaram nas salas para escapar da morte. Uma criança sobrevivente de 1 ano e 8 meses continua internada em estado grave.

As vítimas do atentado são.

Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, professora

Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos, agente educacional na escola

Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses

Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses

Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses

O autor do atentado atacou a si próprio após matar as professoras e as crianças e está internado em estado grave. Na casa do assassino foi encontrado pela polícia R$ 11 mil e duas embalagens de facas novas. Ainda é desconhecido o motivo do atentado.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , , , , .

Categoria(s): Nacional.

Duas professoras mortas em atentado a creche em Santa Catarina faleceram tentando proteger as crianças

Uma triste notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (4). O trágico atentado que ocorreu ontem a tarde e deixou pelo menos 5 pessoas mortas incluíram 2 heroínas, que perderam suas vidas tentando salvar as crianças.

Mirla e Keli foram assassinadas brutalmente pelo jovem de 18 anos que invadiu a creche escola na cidade de Saudades, em Santa Catarina.

Uma tinha apenas 20 anos enquanto a outra tinha 29, sendo 10 desses anos dedicadas a educação das crianças.

Nossa solidariedade às famílias das vítimas.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.