Software israelense foi fundamental para a prisão de Dr. Jairinho e Monique, suspeitos da morte de Henry

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (08). Durante as investigações do caso Henry, o software israelense Cellebrite Premium foi essencial para recuperar as mensagens apagadas dos celulares de Dr. Jairinho e Monique Medeiros, e determinar a prisão do casal nesta quinta-feira (8). Assim, com as informações recuperadas, a polícia não há duvidas que o menino tenha sido assassinado.

“[O software] Contribuiu de maneira muito importante para a investigação”, afirmou.

Foi graças a esse software que as mensagens de Monique, mãe de Henry, e a babá, Thayná, foram recuperadas. Nessas mensagens, a babá narrou em tempo real o que aconteceu no apartamento em 12 de fevereiro: O Dr. Jairinho se trancou em um dos quartos e deu rasteiras e chutes no menino, segundo a confissão do próprio menino para Thayná.

“Nós encontramos no celular da mãe prints de conversa que foram uma prova extremamente relevante, já que são do dia 12 de fevereiro. E o que nos chamou a atenção é que era uma conversa entre a mãe e a babá que revelava uma rotina de violência que o Henry sofria. A babá relata que Henry contou a ela que o padrasto o pegou pelo braço, deu uma rasteira e o chutou. Ficou bastante claro que houve lesão ali. A própria babá fala que o Henry estava mancando”, diz o delegado Henrique Damasceno.

No dia da morte do garoto, o casal estava sozinho com a criança na casa. O casal foi preso hoje temporariamente, por 30 dias, porque além de apagar mensagens importantes, tentaram atrapalhar as investigações ameaçando as testemunhas para combinarem as versões.

“Hoje temos todos os elementos probatórios e podemos sim afirmar que temos provas que essa criança [Henry] foi assassinada e não foi vítima de um acidente doméstico. O Cellebrite foi uma prova técnica essencial, muito forte, onde o delegado [Damasceno] embasou seu pedido de prisão, que é corroborado pelo Ministério Público e acabou sendo deferido pela juíza do 2º Tribunal do Júri”, disse Lopes.

“As demais provas técnicas da simulação e laudos médicos legais estão sendo finalizados e serão oportunamente juntados aos autos”, completou.

O delegado também explicou que já existia um processo de licitação para a compra desse equipamento de rastreamento parado há dois anos.

“O governador Cláudio Castro, sensibilizado com esse caso, liberou verba no último dia 31 e conseguimos adquirir esse equipamento de última geração, que foi fundamental para o esclarecimento desse caso. Conseguimos obter provas importantíssimas que levaram o delegado a solicitar o pedido de prisão à Justiça. O Ministério Público nos apoiou integralmente e hoje efetuamos a prisão do casal”, disse o diretor do DGPC.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Conselho de Medicina do Rio denuncia vereador Gabriel Monteiro por abuso de autoridade após voz de prisão à médica em UPA

Uma notícia está sendo destaque nesta segunda-feira (05). O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) entrou com uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) contra o vereador e youtuber Gabriel Monteiro (PSD-RJ) com a alegação de abuso de autoridade após o vereador publicar um vídeo em seu canal dando voz de prisão para uma médica na UPA da Zona Norte do Rio. A informação foi confirmada pelo próprio Cremerj.

Gabriel Monteiro alegou que a médica estava dormindo na unidade, em uma das salas, enquanto havia fila para atendimento. Com a voz de prisão, a médica foi levada à delegacia, onde foi registrada a ocorrência e liberada em seguida.

Segundo o conselho, em nota, qualquer pessoa pode fazer uma denuncia na entidade caso discorde da assistência recebida. “Em relação ao vereador, o Conselho esclarece que a atitude tomada se deve a abordagem inadequada do próprio, caracterizando abuso de autoridade. O Conselho repudia qualquer tipo de desvio de trabalho do médico, caso ocorra, e reitera que qualquer denúncia será apurada com zelo, seguindo os ritos necessários”, afirmou o conselho.

No Twitter, o vereador se defendeu das acusações.

“Eu super respeito quem não é adepto ao meu trabalho, minhas crenças, meus sonhos. Mas ser a favor da minha prisão por eu flagrar médicos cometendo crimes contra os mais pobres, não é certo! Enquanto eu tiver livre irei lutar contra a máfia da saúde, não sei até quando!”

Ele também comentou sobre o valor que terá de pagar caso perca a ação.

“Se condenado terei que pagar MEIO MILHÃO de reais por TRABALHAR no feriadão. Sinceramente, sei nem o que falar. Perder todos os bens por lutar pelo mais pobre. Podem tirar tudo de mim, menos minha fé e vontade de ajudar minha população”

Sobre esse valor, o Conselho afirmou que se refere a uma indenização por danos morais coletivos à categoria e caso vença a ação, a quantia será destinada a instituições de caridade.

O portal do G1 entrou em contato com o vereador, o MP-RJ, o TJ-RJ e com a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, mas não obteve respostas.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Após ser destaque na mídia por tirar Carteira de Habilitação mesmo sem os braços, jovem é preso realizando assaltos.

Uma notícia inusitada circulou nas redes nesta manhã de sexta-feira (26) e chamou a atenção dos internautas. Um jovem identificado por L.S.C, que foi o primeiro motorista sem os dois braços a conseguir tirar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no estado do Amazonas foi preso em flagrante após estar realizando roubos na cidade de Manaus.

O homem conseguiu a habilitação após realizar a prova de direção do Detran-AM utilizando um carro adaptado onde usando apenas os pés. Assim, o jovem teve êxito na prova e fez sucesso nas redes sociais pela sua superação.

No entanto, o rumo que o jovem L.S.C tomou para sua vida foi um pouco inesperado. O rapaz foi preso após a Polícia do estado sinalizar ao motorista que parasse o veículo para fazer a vistoria, mas o condutor, em vez de obedecer ao comando, acelerou o carro pela via. Assim, após uma perseguição, dois gomens fugiram a pé, mas deixaram o motorista para traz. Dessa forma, L.S.C, de 23 anos foi preso e no carro foram encontrados um revólver, calibre 32 com duas munições e ainda um celular.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comerciante é detido pela polícia após se recusar a fechar loja e desafiar fiscais: “Só saio daqui preso.”

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (17). Um lojista foi preso pela Polícia Militar de Ribeirão Preto (SP), na última terça-feira (16) após se recusar fechar sua loja de roupas. O estabelecimento é visto como uma atividade não essencial e, de acordo com o protocolo da fase emergencial instaurada em São Paulo, não poderia estar aberta.

“Não fecho [a loja]. Só saio daqui preso. Vem colocar algema em mim. A fase é roxa, em homenagem ao olho do fiscal que vai vir aqui fechar essa p****, entendeu?!”, ameaça Eduardo Cornélio. “Vem fechar, tá aberto aqui, oh, tudo fechado nessa p****. Minha loja aberta, vem fechar”.

Esta não foi a primeira ocasião que o empresário desrespeita as medidas de restrição e normas sanitárias. Ele havia desafiado os guardas municipais em outra operação de fechamento de comércios não essenciais em julho do ano passado.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.