Caso Henry: Mãe e padastro da criança podem ser presos a qualquer momento, segundo advogado

O caso que chocou o país nos últimos dias ganhou mais um capítulo. Na manhã de ontem, segundo a entrevista da RecordTv com o advogado do pai de Henry, o padrasto e a mãe do garoto, Jairinho e Monique, poderão ser presos a qualquer momento pelo suposto crime.

“Já tem elementos suficientes para indício de autoria e materialidade de fato e a cautelar de prisão preventiva é questão apenas de tempo”, disse o advogado.

Isso porque nas buscas feitas na casa de Dr. Jairinho e Monique, a polícia encontrou computadores e celulares que foram levados para investigações. Nesses dispositivos, os investigadores encontraram mensagens apagadas tanto da mãe, como do padrasto. No total, 11 celulares foram apreendidos e em ao menos um dos celulares da mãe, há mensagens suprimidas.

RELEMBRE O CASO

No último dia 08, o garoto Henry Borel, de 4 anos, chegou sem vida a um hospital da Zona Oeste do Rio de Janeiro. Segundo depoimentos, o menino, que estava na casa da mãe e padrasto, foi encontrado inconsciente no quatro dela, poucas horas depois de retornar da casa do pai, Leniel Borel. Monique e o padrasto, então, levaram o menino ao hospital. Após a confirmação da morte, a perícia constatou múltiplas lesões na cabeça, barriga e rins da criança.

A participação do pai de Henry, Leniel, foi descartadas, pois para os policiais caso as lesões fossem provocadas por ele, o menino teria apresentado sentir dores nas imagens divulgadas pela câmera de segurança, no momento que ele chega no apartamento e está no elevador com Monique e Jairinho.

Agora, as investigações buscam entender como as lesões foram causadas e por quem.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Após ser pego com drogas e cheque, homem coloca a culpa na amante e os dois são autuados

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (25). Durante um patrulhamento no bairro São Carlos, em Anápolis, Militares da Companhia de Policiamento Especializado (CPE) prenderam na última segunda-feira (22) um homem de 40 anos e sua amante, de 46, pois no bolso do homem havia porções de maconha e um cheque de quase R$5 mil.

Os casal estava dentro de um carro no momento da abordagem e durante a revista no veículos foram encontrados as drogas e o cheque. Ao ser questionado sobre o local de onde tirou a droga, o homem apontou para a casa em frente. Ao entrar na casa, os policiais encontraram um “laboratório” de cocaína e shank. Uma chácara próxima ao Lago de Corumbá também foi apontada pelo casal e nela, além dos entorpecentes, os agentes apreenderam uma arma de fogo e mais R$ 2 mil em espécie.

O homem, para não sair como o único culpado, afirmou que a amante era a locatária da casa em Anápolis, porém, isso não foi verificado nas buscas feitas pela CPE. Entretanto, ela é a fiadora do contrato e por isso também foi levada à Central de Flagrantes da Polícia Civil. Os dois, então, foram autuados por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Itabuna: Dois suspeitos de matar brutalmente um homem de 42 anos são presos preventivamente; Os dois homens confessaram o crime

Uma notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (12). Dois homens suspeitos de matar o itabaianense Marcio Teles dos Santos, de 42 anos, foram presos preventivamente.

Marcio morreu no dia 02 de fevereiro depois ser espancado e ferido a pauladas e golpes de faca. Os suposto autores são Ivanilton Santana Farias, de 28 anos, e Ademilson dos Santos, de 38 anos. Segundo as investigações, Ivanilton e Marcio mantinham um relacionamento amoroso, sendo abusivo da parte de Ivanilton, que explorava financeiramente a vítima.

Nesse relacionamento, Marcio sustentava Ivanilton, a esposa e os filhos dele, além de presenteá-lo com objetos caros, como celular e moto. O outro suspeito, Ademilson, confessou que participou do crime e que a motivação era a raiva que Ivanilton tinha de Marcio. Ivanilton teria planejado todo o assassinato e afirmava que queria viver em paz com a esposa e filhos.

Ainda foi descoberto pela polícia que em 2019 Ivanilton foi o mandante do assalto da casa de Marcio, no qual vários pertences foram levados.

Os dois homens estão custodiados e serão encaminhados ao sistema penitenciário.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Decisão de vacinar os presos antes de vacinar policiais e agentes gera revolta: “Nem estatisticamente isso se justifica”

Uma situação revoltou o povo e voltou à gerar discussões sábado (6). Trata-se de uma decisão do governo, que recebeu uma verdadeira chuva de críticas. Mas afinal, o que aconteceu?

O planejamento de vacinação do Ministério da Saúde colocou os presos na posição de prioridade de número 17º, o que os deixa na frente dos agentes do sistema carcerário, que estão na posição 18º, e das forças de segurança e salvamento, que estão na posição 21º. Então, não apenas a classe mas também o povo se revoltou com a decisão. Nas redes sociais, muitas pessoas questionaram o motivo para priorizar os presos em detrimento desses policiais e agentes, já que eles estão trabalhando e os detentos não. Mas não termina aí.

As discussões chegaram à alta cúpula e aos secretários. Um dos primeiros a se pronunciar foi Rodney Miranda, secretário de Segurança de Goiás. Ele fez um forte desabafo sobre a situação:

“Aqui no estado nenhum preso vai vacinar antes. Não existe isso. Aqui são 20 mil servidores da força, foram 32 mortes por Covid-19. Temos aqui cerca de 23 mil presos. Foram 5 mortes. Nem estatisticamente isso se justifica. Nossos servidores estão muito mais expostos, sem dúvida.”

Essa discussão iniciou há pouco mais de um mês, após a publicação do Diário Oficial da União. O caso segue dividindo opiniões.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.