Golpista que se dizia jogador de futebol é detido pelo 2º dia seguido no Ceará, após aplicar calote na hora de pagar a conta

O falso jogador de futebol que aplicou calote no domingo (28) de R$ 4,3 mil em um bar de Fortaleza, praticou o mesmo golpe no dia seguinte, na Praia de Canoa Quebrada, no município de Aracati, no Ceará. Relatos de um policial ao portal G1, confirmam que o mesmo homem suspeito entrou em um restaurante na segunda-feira (29), consumiu comidas e bebidas e disse que não tinha dinheiro quando era pra pagar pelos itens consumidos.

O policial de Aracati disse que o homem que aplicou o golpe foi agredido por moradores e funcionários do bar. Após ter sofrido agressão, o suspeito foi encaminhado para a Delegacia Regional da Polícia Civil de Aracati. O homem foi ouvido pela polícia e liberado na sequência “por ser crime de menor potencial ofensivo”, informou a Secretaria da Segurança do Ceará.

O caso está sendo apurado pela Delegacia Regional de Aracati, informou a Secretaria da Segurança Pública. O homem suspeito foi ouvido, liberado, mas está sendo investigado pela polícia. O suspeito de ter cometido este crime assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO).

O mesmo homem havia entrado em um bar no Bairro Varjota, em Fortaleza, no domingo, e após dá a ‘carteirada’ como jogador de futebol, pediu bebidas para vários clientes do local. O valor gasto no consumo de bebidas caras como whisky, espumantes, além de energéticos, cerveja, drinks, água e porções de picanha importada, chegou a R$ 4.363,13, de acordo com a nota fiscal emitida.

Após ter sido encaminhado para a delegacia, o homem foi ouvido e liberado na sequência. O representante do estabelecimento que esteve na delegacia preferiu não seguir com a representação criminal contra o suposto jogador.

O homem estava acompanhado por dois seguranças e dois motoristas de aplicativo, quando chegou ao local no fim da tarde, segundo relatos dos funcionários do bar. Logo em seguida, o homem se apresentou como jogador de futebol, fazendo vários pedidos e convidando algumas mulheres para estar com ele. A partir daí, começou a oferecer bebida para as mulheres e para os homens que foram apresentados como seguranças.

O homem mandou garçons servirem bebidas caras até mesmo para o cantor e para a banda que estava se apresentando no local, segundo relato de funcionários. A polícia foi acionada pelos responsáveis pelo bar e encaminhou o homem para a delegacia. Os agentes informaram que o representante do estabelecimento esteve também na delegacia, mas preferiu não dá andamento à denúncia criminal contra o suposto jogador.

O advogado Luciano Dantas, membro da Comissão de Estudos em Direito Penal da OAB, explicou que o infrator pode ser enquadrado pelo crime de estelionato. Havendo a condenação, a detenção prevista é de 15 dias a dois meses, ou multa.

Segundo o artigo 49, o valor do dia-multa será fixado pelo juiz não podendo ser inferior a um trigésimo do maior salário mínimo mensal vigente ao tempo do fato, nem superior a 5 (cinco) vezes esse salário”, comentou.

Veja a literalidade da lei:
• Artigo 176: Tomar refeição em restaurante, alojar-se em hotel ou utilizar-se de meio de transporte sem dispor de recursos para efetuar o pagamento:
• Pena: detenção, de quinze dias a dois meses, ou multa.
• Parágrafo único: Somente se procede mediante representação, e o juiz pode, conforme as circunstâncias, deixar de aplicar a pena.
• Artigo 49: A pena de multa consiste no pagamento ao fundo penitenciário da quantia fixada na sentença e calculada em dias-multa. Será, no mínimo, de 10 (dez) e, no máximo, de 360 (trezentos e sessenta) dias-multa.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Homem é preso suspeito de ser o autor da morte do médico que estava desaparecido

Uma notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (28). Após o corpo do médico desaparecido Andrade Lopes ser encontrado, os policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e do Sistema de Inteligência da 1ª Coorpin prenderam, encontraram, momentos depois, o suspeito da autoria da morte do médico.

De acordo com as informações, o suspeito além de também ser médico, era amigo de Andrade. Os investigadores suspeitaram do envolvimento dele desde o desaparecimento. O homem foi preso em um condomínio no bairro Santa Monica, em Feira de Santana. Nesse mesmo condomínio foi encontrado um jet sky, que segundo o suspeito, seria vendido à vítima.

O delegado Roberto Leal relatou em uma entrevista a imprensa de que a suspeita do homem começou quando os depoimentos, prestado logo quando o desaparecimento de Andrade foi notificado, não estavam sendo condizentes com as informações das investigações dos agentes.

“Inicialmente, no dia do desaparecimento e no dia seguinte, quando um colega de trabalho do médico compareceu à delegacia de polícia informando sobre o desaparecimento, as investigações foram iniciadas pela 1ª Coorpin e também pela Furtos e Roubos, e de imediato começou-se a perceber que as alegações prestadas pelo colega não estavam relacionadas corretamente com o que foi angariado durante as investigações preliminares. As investigações continuaram, e no dia 27, chegou-se a uma testemunha, que acabou relatando algumas informações que apontam para a participação dessa pessoa com o crime”, informou o delegado.

Além disso, o delegado completou dizendo que ontem, as equipes de inteligência conseguiram chegar a um estabelecimento comercial no qual comprovou a compra de uma âncora por parte do suspeito, a mesma que estava amarrada ao corpo de Andrade. Assim, a prisão temporária do suspeito de 30 dias foi decretada.

“Até o momento não conseguimos apontar corretamente a motivação para o fato. Em relação à venda da moto aquática, está descartada, principalmente pelos depoimentos coletados de amigos e outros colegas de Andrade, de que ele não veio a Feira de Santana para negociação desse Jet Sky. Ele veio justamente resolver uma pendência junto ao exército para aquisição de uma arma de fogo”.

Porém as investigações não irão parar por aqui. Será averiguado se o suspeito agiu sozinho ou se contou com a ajuda de alguém.

“As investigações vão continuar para descobrir se o crime foi cometido por ele ou se teve auxílio de algum outro colega ou amigo, ou se foi outra pessoa responsável. Essas investigações estão sendo realizadas e é necessário que se mantenha sigilo pra não prejudicar o inquérito policial. A prisão temporária foi por homicídio qualificado, crime hediondo. A vítima e o autor eram amigos próximos e colegas de trabalho e haviam agendado um encontro para desfrutar de um momento de lazer no Rio Jacuípe, quando iriam andar de Jet Sky. Vamos aprofundar as investigações para saber se o médico chegou ou não ao local”, finalizou o delegado.

O médico Andrade Lopes estava desaparecido desde a última segunda-feira. Momentos depois ao seu desaparecimento o seu carro foi encontrado em Conceição do Jacuípe sem qualquer pertence da vítima. Na manhã de hoje o corpo do médico foi encontrado no Rio Jacuípe, com uma marca de tiro na nuca e o corpo preso a uma âncora.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Após atender 3 mil pacientes, falso médico que atendia na UPA na ala contra covid é preso no Rio de Janeiro

Uma notícia está sendo destaque nesta semana. Isso porque, policiais da 12ª DP (Copacabana), prenderam, em flagrante, um falso médico que estava trabalhando na UPA, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A Polícia Civil informou que homem, identificado como, Itamberg Oliveira Saldanha, de 31 anos, estava atendendo na ala de pacientes com COvid-19, e que ele tinha sido vacinado contra o coronavírus

Segundo o portal O Globo, o falso profissional da saúde, teria atendido mais de 3 mil pessoas desde janeiro deste ano. Além disso, ele teria ganhado cerca de R$ 100 mil em salário durante o período que esteve trabalhando. Os agentes também disseram que ele fazia uma média de 70 atendimentos por plantões.

Durante as investigações, a polícia encontrou um atestado de óbito, assinado pelo falso médico, e um carimbo com registros de um médico, chamado Álvaro Pereira de Carvalho, que está registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) que estava sendo usado pelo Itamberg.

Quando o verdadeiro médico foi receber a vacina contra Covid-19, lhe foi negada a imunização, pois o seu nome já estava na lista de pessoas que haviam se vacinado. Ele conseguiu explicar o que havia ocorrido, sobre o falso médico, sendo assim, Álvaro finalmente conseguiu ser imunizado.

Em entrevista para o portal O Globo, a delegada titular da  12ª, Bianca Lima, declarou que ficou chocada com o caso. “É uma doença na qual os pacientes podem ter quadros que evoluem muito mal e forma rápida. Então o tratamento precisa de um olhar bem especializado, técnico. É uma situação absurda”, declarou a delegada.

Itamberg informou aos policiais que não era médico, mas que havia estudado medicina na Universidade Gama Filho até o 6° período. Mas como ficou sem como pagar, desistiu dos estudos. Itamberg foi preso, e responderá pelos crimes de tentativa de estelionato, falsidade ideológica e exercício ilegal da profissãoo da medicina.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Servidor Público é preso acusado de tentar matar vereador para dar vaga a suplente à vaga

Uma notícia tem sido destaque nesta semana. Isso porque um homem de 50 anos, foi preso. Ele seria suspeito de ter tentado matar um vereador na cidade de Água Boa. A justiça aceitou a prisão temporária dele, pois já havia mandados de busca e apreensão.

Segundo o portal R7, o servidor público estaria oferecendo a morte de vereadores eleitos para os suplentes, em troca de um pagamento de altas quantias. As investigações informaram que a vítima mais recente foi o vereador Anaximandro Rodrigues da Silva (MDB), mis conhecido como ‘Marquim da Zica’. Ele concorreu às eleições de 2020 pelo partido Republicanos, sendo eleito com 201 votos.

De acordo com o portal, a tentativa de homicídio teria ocorrido no dia 24  de março, quando o vereador havia anunciado a venda de sua residência, por meio das sua rede social, o suspeito se mostrou interessado e os dois marcaram um encontro. Segundo a vítima, o indivíduo se deslocou até a sua casa e o agrediu com golpes de bastão na cabeça. Em seguida, ambos entraram em confronto, onde a vítima conseguiu desarmar o suspeito, que na sequência ainda tentou enforcá-lo com as mãos.

Segundo os polícias, a vítima desabafou, dizendo que, após o agressor visualizar o sangue que corria sobre a cabeça do vereador, o suspeito levou-o para um hospital da cidade.

O agressor permaneceu ao lado da vítima no hospital. Os agentes da Polícia Civil, já estavam investigando o suspeito, e solicitaram à Justiça uma autorização para prender o agressor. Os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão, que irão ajudar nas investigações sobre o caso.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.