Mulher é presa após praticar e filmar abusos contra ex-namorado e publicar nas redes sociais

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (14). A garota de programa Lidia Nayara de Azevedo, de 38 anos, foi presa após ser acusada de estupro pelo ex-namorado, um empresário de 29 anos.

Segunda a vítima, o caso aconteceu em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, quando Lidia o dopou e abusou, depois de tê-lo convidado para o apartamento onde morava. Em seu depoimento, ele contou que depois de chegar à residência da mulher, recebeu uma bebida adulterada e acabou dormindo por 24h seguidas, despertando somente com um telefonema da mãe, que lhe revelou ter recebido fotos e vídeos enviados por Lidia, nos quais ela mostrava a sessão de abusos sexuais.

Ainda de acordo com o homem, os dois namoravam desde 2016, tendo diversas idas e vindas por conta das constantes brigas. Há, inclusive, registros de ocorrências por crimes da Lei Maria da Penha. Durante o estupro, a mulher introduziu vibrador e dedos no ânus do homem, registrando tudo nas imagens e vídeos, que também foram postados em redes sociais.

O delegado responsável pelo caso, Felipe Santoro, informou que Lidia está presa temporariamente pelo crime de estupro. Ela ainda tem em seu Relatório de Vida Pregressa anotações por diversos crimes, como roubo e tentativa de homicídio. Ela foi encaminhada ao sistema prisional.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Mulher tem R$ 6,8 milhões depositados em sua conta por engano e é presa por não querer devolver o dinheiro

Uma notícia inusitada circulou nas redes nesta manhã de terça-feira (13). Uma mulher de 33 anos, identificada como Kelyn Spadoni, foi presa na última quarta-feira (7) após se recusar devolver os US$ 1,2 milhões, que haviam depositado na sua conta por engano.

O caso aconteceu em Nova Orleans (EUA) e a quantia é equivalente a R$ 6,8 milhões.

Ela foi acusada por fraude bancária e transmissão ilegal de fundos monetários, porém, a verdade é que ela recebeu o valor por engano.

Assim, de acordo com o Jornal de Brasília, a mulher transferiu imediatamente o dinheiro para uma conta bancária secundaria e gastou boa parte do valor. Segundo as autoridades, ela comprou um novo carro e uma casa.

Dessa forma, quando o banco percebeu o erro e tentou recuperar o valor, teve a solicitação rejeitada, uma vez que o dinheiro não estava mais na conta.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Falsa médica é desmascarada e presa por policiais; a mulher chegava a atender 130 pacientes por plantão

Uma notícia chocou os internautas nesta manhã de quinta-feira (8). Uma mulher, identificada como Bianca Castelo Lopes foi presa por policiais da 58ª DP (Posse) na última segunda-feira (5). A mulher foi presa em um posto de saúde em Imbariê, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense após se passar como médica.

De acordo com os policiais, a mulher é farmacêutica e estudante de Medicina e exercia de forma ilegal a medicina.

Além do posto, ela atuou da mesma forma no Hospital Moarcyr do Carmo, também em Caxias.

Os policiais pegaram a mulher em flagrante usando um carimbo de uma médica, que não teve o nome divulgado. Assim, antes de ser presa, Bianca prestou atendimento a diversas pessoas e passou medicamentos para pessoas com sintomas clássicos da Covid-19. A mulher admitiu o crime à polícia e afirmou que atendia cerca de 130 pessoas por plantão.

A mulher foi presa e responderá por crimes de falsidade ideológica, exercício ilegal da medicina e expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Câmeras flagram o momento em que uma mulher morde Policial Militar após se recusar a usar máscara dentro de supermercado; veja o vídeo

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sexta-feira (26). Uma mulher de 28 anos acabou presa após se recusar a usar máscara de proteção dentro de um estabelecimento e ter agredido um Policial Militar com uma mordida.

O caso ocorreu na Cidade Ocidental, no entorno do Distrito Federal, e toda a ação foi grava pelas câmeras de segurança do supermercado.

A mulher, que não teve o nome identificado, foi abordada pelos seguranças do estabelecimento que pediram que a mulher colocasse uma máscara de proteção para continuar no local. Assim, após se recusar várias vezes de colocar a máscara, a polícia foi chamada e chegou ao local.

As imagens mostram o momento em que a mulher meche na bolsa e discute com os agentes. Posteriormente, ela puxa uma faca de dentro da bolsa e ameaça atingir os policiais.

“Quando os policiais perceberam que ela estava com uma faca, eles já tentaram desarmá-la e algemá-la. A partir daí, ela demonstrou ainda mais resistência e a única forma encontrada pelos policiais foi imobilizá-la no chão. Durante todo o tempo, ela xingou a equipe e ainda agrediu um dos policiais com uma mordida e vários arranhões”, afirmou um dos sargentos que estavam no local.

Por fim, a mulher foi autuada pelos policiais e levada ao Centro Integrado de Operações de Segurança de Luziânia (Ciops). Assim, a agressora deve ser encaminhada ao presídio feminino da cidade na manhã desta sexta-feira (26).

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.