Revoltada, população invade a prefeitura após protesto aos novos atos de restrição do governo

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quarta-feira (3/3). Em uma forma de protesto, a prefeitura de Caldas Novas, Goiás, foi invadida por manifestantes que usaram barulho de apito, buzinas, gritaria como forma de chamar a atenção para uma demanda reivindicada por eles em especial. 

A prefeitura, que é um dos pontos turísticos importantes da capital, determinou medidas mais severas a serem adotadas como forma de combater a disseminação do coronavírus. Tais medidas começam no dia 3 de março a partir das 18h e permanecerão por no mínimo sete dias. Mas não é só isso. 

Em imagens de vídeo, obtidas pelo portal Metrópoles, é possível notar o acesso dos manifestantes à prefeitura e o tumulto resultante da invasão. Enquanto se ouve gritos, batidas de palmas, também se percebe algumas pessoas com a máscara debaixo do queixo o que mostra total descaso com a própria segurança além de ser ato disseminador da doença. 

A prefeitura informou por meio de nota que “repudia a invasão do prédio por parte de manifestantes e esclarece que o objetivo do decreto é manter todas as atividades não essenciais suspensas a partir das 18 horas’’. 

Da redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.