Ex-marido de Andressa Urach vai buscar ela com polícia em boate para impedir que a modelo volte à vida antiga

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (1º). Nestes últimos dias Andressa Urach e Thiago Lopes têm sido o centro das atenções e na madrugada desta sexta-feira os dois foram notícia quando o empresário esteve na boate Gruta Azul, em Porto Alegre, para buscar a ex-mulher que afirmou que voltaria a se prostituir, apesar de estar grávida.

“Gente, meu ex-marido está em frente ao meu trabalho com a polícia! Quer mandar me prender por quê? Vim fazer show. Não entendi. Estamos separados, não abortei nem uso drogas! E foi ele que me deixou grávida’’, disse Urach nos Stories, compartilhando foto com a movimentação de viaturas na parte externa da casa de show.

“Estou há mais de 7 anos sem usar drogas. E não sei por que ele está aqui na frente, porque a gente não está mais junto. Não estou entendendo aonde ele quer chegar com isso. Está aqui na frente com a polícia. Tem noção disso?! Quero trabalhar. Primeiro que quem me deixou grávida foi ele. Então, assim, não estou entendendo. Agora vou voltar a comer minha jantinha, porque depois tenho que trabalhar, me apresentar”, continuou.

Algum tempo depois, Thiago Lopes compartilhou nas redes sociais que conseguiu levar Andressa Urach para casa, e postou uma foto com a influenciadora. “Em casa. E bem pianinha”, comentou Thiago Lopes.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Três dos seis ciganos acusados de matar dois PMs morrem em Vitória da Conquista

Três dos seis ciganos envolvidos nas mortes do soldado Robson Brito e do tenente Neves Libarino, lotados na 92ª CIPM, em Vitória da Conquista, no sul da Bahia, morreram durante confronto com policiais militares. Os confrontos aconteceram entre a noite de ontem e a manhã desta quarta-feira (14).

Segundo informações apuradas pelo Jacobina Notícias com a Polícia Militar, na manhã desta quarta-feira (14), dois dos ciganos tombaram em uma troca de tiros com uma guarnição da PM próximo ao município de Itiruçu, na região de Conquista. Os irmãos Arlan da Silva Matos e Dalvan da Silva Matos (à esquerda e centro), tentavam escapar do cerco e atiraram nos policiais. O pai deles, Rodrigo da Silva Matos, que também reagiu à abordagem, foi baleado e socorrido para um hospital na cidade, onde permanece internado.

Na noite de ontem, um cigano identificado como Ramon da Silva (à direita) morreu em uma troca de tiros na localidade conhecida como Lagoa das Flores, em Vitória da Conquista.

O crime

Os policiais militares Robson Brito e Neves Libarino estavam na localidade de José Gonçalves, zona rural de Vitória da Conquista, quando se depararam com os seis ciganos a bordo de três veículos. Os policiais foram atingidos por vários tiros e, mesmo tentando revidar para escapar do grupo, não conseguiram. O militares morreram no local e suas armas ainda foram levadas.

Equipes do BOPE e do Batalhão de Choque da Polícia Militar se deslocaram de Salvador para se unir às unidades policiais de Vitória da Conquista e cidades vizinhas, que já contam com apoio da Rondesp Sudoeste e de outras Companhias Especializadas, e das polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal. As buscas aos outros ciganos continuam.

Com textos e informações do portal Jacobina Notícias

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Dois policiais morreram em confronto com ciganos em Vitória da Conquista

Dois policiais militares morreram após serem atingidos a tiros durante um confronto com ciganos na manhã desta terça-feira (13), em Vitória da Conquista (BA).

Conforme informações preliminares, o Soldado Robson Brito e o outro o Tenente Neves foram atingidos pelos disparos na localidade de José Gonçalves, zona rural do município. Eles não resistiram aos ferimentos.

Um cigano foi baleado e deu entrada no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC). A identificação ainda não foi revelada. Os demais ciganos fugiram de carro.

Unidades de cidades vizinhas da PM, com apoio da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Sudoeste) e de outras Companhias Especializadas fazem um cerco na região para capturar os ciganos.

Os dois policiais mortos eram lotados na 92ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Zona Rural/Vitória da Conquista).

Aguardem mais detalhes.

Com textos e informações do portalPortal Alô Pilões

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

“Eu vou morrer, mas vou levar vocês”, disse Lázaro antes de morrer em confronto com a polícia

Policiais do Grupo Tático Ambiental contaram que Lázaro Barbosa (foto em destaque), 32 anos, teria trocado tiros quando foi localizado por um helicóptero da operação, nesta segunda-feira (28/6), na região de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. “Eu vou morrer, mas vou levar vocês”, teria dito Lázaro antes do tiroteio, segundo informações do portal Metrópoles.

A troca de tiros teria sido contra policiais que estavam no helicóptero. Após Lázaro Barbosa ser morto durante confronto com as forças policiais, na manhã desta segunda-feira, a população do distrito de Girassol, no município de Cocalzinho de Goiás, recebeu a notícia com muito alívio e alegria.

Os policiais que participaram da caçada ao criminoso durante 20 dias foram aplaudidos na base da força-tarefa. As pessoas ainda soltaram fogos em comemoração ao término das buscas ao foragido.

Estamos felizes demais. Eram 20 dias de angústia. Sem dormir. Preocupados. Eles são guerreiros. Merecem todo o nosso apoio pela dedicação. Agora é hora de comemorar”, disse Larissa Alves, 34, moradora da região.

Gostaríamos que ele fosse pego vivo. Ele precisava esclarecer os outros crimes. De qualquer forma, estamos aliviados. Esperávamos que fosse capturado o mais rápido possível. Estávamos acuados. Agora teve desfecho”, Cristiane Soares, 39, comerciante da região.

Durante a madrugada desta segunda, câmeras de segurança flagraram Lázaro andando por uma rua perto da casa da ex-sogra, em Águas Lindas. Nas primeiras horas da manhã, agentes cercaram o local. Após a mobilização de cães farejadores e helicópteros, o psicopata foi localizado, mas não se rendeu e abriu fogo contra a guarnição, que revidou.

Lázaro é suspeito de matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43, esposa de Cláudio e mãe das outras vítimas. O crime ocorreu na madrugada de 9 de junho, no Incra 9, em Ceilândia.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.