Agentes realizam sonho de menina que chorou por não ter uma bicicleta e fazem outras doações

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (5). Uma linda história de solidariedade aconteceu na cidade de Jacobina, localizada há 340 km de Salvador. Divulgada nessa terça-feira (3), a atitude de policiais militares da Operação Ronda Maria da Penha (ORPM), que solicitaram apoio de empresários locais e comerciantes para presentearem uma criança moradora do distrito de Novo Paraíso com uma bicicleta, tem repercutido positivamente entre a população.

Os agentes se sensibilizaram com a reação de uma menina de 6 anos que ficou aos prantos por não ter uma bicicleta, durante uma doação realizada pelos policiais. Sargenta Aidê dos Santos Costa, comandante da Ronda, disse que a campanha teve início em um grupo de WhatsApp e três triciclos já foram adquiridos.

“Também distribuímos algumas peças de roupa para a família da criança. Por saber da situação em que eles vivem, sempre tentamos levar qualquer tipo de donativo nas visitas. Agora as outras duas bicicletas serão entregues para  outros pequenos, filhos das assistidas pela unidade”, disse a comandante.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Macaúbas: Homem suspeito de matar companheira a pedradas é preso pela Polícia Militar

Uma notícia tem repercutido nas mídias sociais ainda nesta quarta-feira (19). Isso, porque a Polícia Militar efetuou a prisão de um homem suspeito de assassinar a própria companheira a pedradas em janeiro.

Durante uma operação conjunta da Delegacia Territorial (DT) de Macaúbas, das Policias Militares da Bahia e de Pernambuco, um homem foi preso sob a suspeita de ter matado a própria companheira em um bar na cidade de Macaúbas, região da Chapada Diamantina, no interior da Bahia.

A vítima, Maria Inês de Souza Andrade, de 36 anos, que teve sua cabeça esmagada com pedras no dia 1º de janeiro de 2021. Na ocasião, os dois estariam comemorando o réveillon em um bar na localidade Cana Brava, em Macaúbas, quando iniciaram uma briga motivada por ciúmes e, ao saírem do carro, apenas o suspeito teria retornado para casa, alegando desconhecer o paradeiro da mulher. Em seguida, o corpo da vítima foi encontrado em um matagal da região e, desde então, o homem estava foragido.

O suspeito foi preso após as equipes da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Bom Jesus da Lapa) receberem noticiais anônimas, que ajudaram na localização do homem na casa de familiares no município de Serra Talhada, em Pernambuco.

De acordo com o delegado titular da DT de Macaúbas, Clemilton Martins, o homem agiu com frieza após matar a companheira de forma cruel.

“Ele esmagou a cabeça dela com pedras, para ter certeza de que ela tinha falecido. A família, desconfiada, indagou, e ele negou tudo. Uma equipe da Polícia seguiu os rastros do carro e encontrou o corpo dela na mata. Ele dizia que não tinha nada a ver, que não sabia de nada”, relatou o delegado.

“Todas as pessoas ouvidas no inquérito deram a mesma versão: de que ele dizia que a amava muito, que ela era o amor da vida dele e que ele não era responsável por nada. Mas, quando acharam o corpo, ele fugiu. Ele abandonou o veículo dele nas margens da estrada”, concluiu.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Salvador: Mãe de gravida baleada, em ação da PM, relata dor pela morte do neto: “Meu neto foi embora”

Uma notícia triste tem causado grande comoção entre os internautas ainda nesta terça-feira (18). Isso, porque uma jovem grávida foi baleada e o bebê acabou não resistindo.

A jovem Jucilene Santana Juriti, de 26 anos, foi baleada durante ação policial na comunidade Mariango, no bairro de São Tomé de Paripe, em Salvador, e está internada em estado grave no Hospital do Subúrbio, onde precisou fazer uma cirurgia de emergência para tirar o bebê que morreu ainda na barriga.

A mãe da jovem está completamente indignada com o fato ocorrido. “Meu neto foi embora, minha filha está hospitalizada e quem vai responder por isso? Quem vai pagar por isso?”. Esse é o questionamento de Eliane Santana, mãe de Jucilene.

“Nunca pensei que eu fosse passar por um momento desse, de perder um neto, de minha filha estar toda destruída por dentro, vítima de bala, vítima de ações de policiais”, comentou Eliane

Jussicleia Modesto, uma moradora da região, relatou que havia um jovem armado no bairro e em seguida, policiais iniciaram os disparos. “Não teve troca de tiros. O menino [armado] que estava aqui correu e invadiu uma casa. Foi quando o policial desceu disparando os tiros e aí atingiu a Juci”, explicou a mulher.

Na manhã desta terça-feira (18), moradores do bairro de São Tomé de Paripe protestaram na BA-528, conhecida como Estrada do Derba. Segundo o grupo, a manifestação foi contra a ação policial, que terminou com a gestante baleada e o bebê dela morto.

A ação policial

Moradores da comunidade Mariango informaram que a ação aconteceu por volta das 16h30 da segunda-feira (17). Eles relataram que os policiais entraram na rua efetuando disparos e que não havia confusão no local. A polícia Militar, no entanto, alega que houve troca de tiros com criminosos.

A gestante estava sentada na porta de brincando com os outros dois filhos e conversando com as vizinhas, quando foi atingida por três tiros, onde um dos disparos atingiu o abdômen da vítima fazendo ela perder o bebê, os outros dois atingiram um braço e um rim de Jucilene. A família afirma que os disparam foram feitos pelos policiais.

Uma vizinha e amiga da vítima, que estava na porta de casa com ela no momento da ação policial, conta que só percebeu que Jucilene tinha sido baleada, quando ela pediu para não morrer.

PM alega troca de tiros

Por meio de nota, a PM informou que uma equipe da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) esteve na Rua Adilson Ferreira, quando se deparou com suspeitos armados, que teriam disparados contra os policiais.

A PM diz que houve um revide e que, durante a fuga, os suspeitos invadiram residências. Durante essa troca de tiros, a gestante foi baleada. A PM informou ainda que ela foi socorrida pelos próprios policiais para o hospital.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Arembepe: Policial militar morre após ser atingido por disparos de arma de fogo enquanto fazia ronda

Uma noticia tem sido destaque neste domingo (16). Isso, porque um policial militar morreu após ser atingido por disparos de arma de fogo.

O fato ocorreu neste domingo (16), em Arembepe, distrito pertencente a Camaçari, na região metropolitana de Salvador. De acordo com a polícia Militar, por volta das 12h, o soldado Joedson dos Santos Andrade fazia ronda nas imediações da localidade conhecida como Fonte das Água, em Arembepe, quando foi atingido pelos disparos.

A guarnição da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) socorreu o soldado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Arembepe, mas ele não resistiu aos ferimentos. O soldado estava na corporação há 11 anos. Ele deixa esposa e um a filho

Policiais militares da 59ª CIPM estão em operação para capturar o suspeito de efetuar disparos de arma de fogo contra o policial. Ninguém ainda foi preso.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.