Após operação, Polícia Civil efetua prisão de três homens que usavam um arsenal para controlar uma estrada no Tocantins

Uma notícia chocante tem sido destaque, nesta quinta-feira (6), nas mídias sociais. Isso, porque três homens foram presos ao se passarem por seguranças particulares.

O caso aconteceu na zona rural de Rio da Conceição, Tocantins, onde os homens, ao se passarem por seguranças particulares, intimidaram os moradores e restringiram suas passagens por uma estrada que dá acesso à entrada de uma fazenda.  As prisões ocorreram nesta quarta-feira (6), durante uma operação policial deflagrada pela 101ª Delegacia de Polícia de Dianópolis, no sudeste do estado.

Comandada pelo delegado Lucas de Oliveira Rodrigues, a operação foi desencadeada depois que a equipe da unidade policial recebeu denúncias de que um grupo de homens armados estaria, supostamente, fazendo a segurança de uma fazenda, revistando veículos, moradores e, até mesmo, impedindo a passagem pelo local, na zona rural de Rio da Conceição.

Após as denúncias, policias foram até o local e flagraram quatro homens, três deles portando revólveres calibre 38, além de coletes balísticos, algemas, binóculos, instrumentos utilizados para iluminação noturna, entre outros equipamentos.

Segundo as investigações, o grupo tinha como objetivo assegurar êxito de terceiros, que promoviam a invasão de terras particulares e a permanência dessas pessoas no local e, por isso, os homens intimidavam os moradores da região, controlando o fluxo de pessoas na localidade.

Após serem detidos, os quatro homens foram conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Dianópolis, onde três deles foram autuados em flagrantes pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Os homens tem 41, 45 e 48 anos de idade.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Salvador: Operação policial em Cajazeiras prende suspeitos de homicídios e gerentes do tráfico

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (29). Foi realizada na manhã dessa quarta-feira (28), uma operação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ligado à Polícia Civil, para cumprir mandados de prisão contra acusados de homicídios no bairro de Cajazeiras, em Salvador. A polícia esteve em um conjunto habitacional do bairro com o objetivo de finalizar as investigações sobre a morte do policial militar, André de Jesus da Hora, no mês passado, no bairro Fazenda Grande III.

De acordo com a Polícia Civil, a operação realizada em conjunto com a Polícia Militar, resultou na prisão de dois homens. A polícia ainda informou que os dois presos agiam como gerentes do tráfico e têm envolvimento em vários homicídios, incluindo a morte do policial. Foram apreendidas armas e drogas na operação e os suspeitos foram encaminhados para a sede do DHPP.

Houve durante a operação um protesto feito pelos moradores após as prisões. De acordo com informações, a mãe de um dos homens estava no local e passou mal. Mas não é só isso…

A Polícia Civil informou que foram apreendidos com os presos um revólver calibre 38 e uma pistola com munições, além de 28 porções de maconha, 21 pinos plásticos contendo cocaína e 9 pedras de crack. O delegado Daniel Pinheiro, titular da DHM, informou que a investigação continua para saber quem são os envolvidos no crime e realizar as prisões.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Homem preso em penitenciária cria perfis falsos nas redes sociais e seduzia homens no Brasil e no exterior

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (28). Um homem de 34 anos, preso no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), foi indiciado pela Polícia Civil nessa segunda-feira (26) pelo crime de estelionato. Segundo a polícia, o homem usava perfis falsos em um aplicativo de mensagens e se passava por mulheres com o objetivo de seduzir vítimas no Brasil e no exterior. O detento conseguiu fazer vítimas em Portugal, Síria e Suriname, além do Brasil.

O delegado responsável pelas investigações, Leonardo Alves, disse que o homem criava contas falsas em redes sociais com o uso de fotos retiradas de outras contas na internet. O detento criava os perfis falsos utilizando um telefone celular. As investigações apontam que o homem seduzia e estabelecia relação afetiva com as vítimas e a partir disso começava a pedir dinheiro em troca de imagens.

Aos poucos ia criando uma relação de afeto e trocava até mesmo fotos íntimas, momento em que o interno passava a pedir dinheiro para continuar enviando imagens ou alegava que o celular precisava de reparos”, comentou o delegado. Mas não é só isso…

De acordo com as investigações, as trocas de mensagens aconteceram entre fevereiro e março deste ano e foram enganadas pelo menos 13 pessoas: 10 vítimas entre o Amapá e outros municípios do estado e 3 estrangeiros de Suriname, Portugal e Síria. A polícia não informou o valor oriundo do crime de estelionato. O homem está preso desde março após ser pego em flagrante com porções de drogas. As investigações que seguiram após a prisão do homem confirmaram o envolvimento dele com o crime de estelionato.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: PC/Divulgação

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Homem bêbado dorme em boteco, acorda em matagal e percebe que está “sem o seu membro”; afirma não lembrar o que aconteceu

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (23).Um homem que não teve a sua identidade revelada bebeu além do normal em um boteco e pegou no sono. acordou horas depois no meio de um matagal todo ensanguentado e com muitas dores. Na sequência percebeu que o seu órgão genital havia sido cortado e levado. O incidente aconteceu no município de Olhos D’Água, que fica 422 km distante de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi chamado para prestar os primeiros socorros ao homem de 36 anos que foi encaminhado para o Hospital Municipal Doutor Gil Alves, em Bocaiuva, que fica a 50 km de onde o crime aconteceu. O homem precisou ser operado e o seu estado de saúde é estável.

O caso estranho que aconteceu na noite de terça-feira (20), deixou um ar de mistério sobre a autoria e motivação do ato. A vítima afirma que é solteiro e trabalha com pequenos serviços braçais na localidade.

De acordo com a Polícia Militar, o homem é visto constantemente embriagado. O capitão Michael Stephan da Silva, comandante da 210ª Companhia da Polícia Militar de Bocaiuva, informou que o órgão genital do homem não foi encontrado para que pudesse ser feita uma tentativa de reimplante.

A vítima disse que não tem inimizades e afirmou que não se relacionou com mulher compromissada, fato que segundo ele, poderia ter motivado o crime.“Realmente, este caso é algo inusitado, fora do comum. É uma coisa até desumana”, disse o capitão Michel Stephan .O crime está sendo investigado pela Polícia Civil.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.