Plantação de maconha com mais de 78 mil pés é identificada e destruída pela polícia no norte da Bahia

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (20). A Polícia Federal em conjunto com forças de segurança do estado, realizou uma ação da Operação Fusarium II que visa o combate de organizações criminosas responsáveis por plantações ilegais. A ação conjunta das forças policiais identificou 78.282 pés de maconha entre a segunda-feira (10) e essa quarta-feira (19).

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), informou que as plantações ilegais foram localizadas nos municípios de Curaçá, Juazeiro, Campo Formoso, Pilão Arcado, Sento Sé e Xique-Xique, na região Norte do estado da Bahia. Mas não é só isso…

De acordo com informações, os pés de maconha foram encontrados distribuídos em uma área com 28 plantações. Os agentes ainda encontraram no local 50 kg de maconha colhidos e prontos para serem comercializados. A polícia não conseguiu prender nenhum criminoso na operação e após recolher parte da droga para ser periciada, incinerou o restante.

A força-tarefa contou com a participação da PF, equipes das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Semiárido e Caatinga, do Grupamento Aéreo (Graer), do DPT e dos Bombeiros.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Operação policial incinera plantação de maconha com 48 mil pés, avaliada em R$ 32 milhões de reais

Uma operação policial vem ganhando destaque nessa sexta feira (12). Na ultima quarta-feira, em uma operação realizada pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, uma plantação com cerca de 48 mil pés de maconha, em Baixa Grande, Bahia, foi destruída. Todos esses pés renderiam em torno de 16 toneladas da droga e R$ 32 milhões de reais.

O delegado da DTE de Irecê disse em nota:
“A operação foi de suma importância, uma vez que conseguimos retirar das ruas do município aproximadamente 16 toneladas que viriam a abastecer e fomentar o tráfico de drogas aqui na região. Sabemos também que a organização criminosa deixou de ter um lucro muito grande com essa venda, além de ter tido um prejuízo financeiro tanto pela perda da terra quanto pela estrutura toda que foi montada, que deve ter custado em torno de R$ 300 mil. Com o combate ao tráfico de drogas estaremos diminuindo os homicídios e roubos na cidade, uma vez que o tráfico é a porta de entrada para outros delitos maiores”

A ação policial contou com a participação de equipes das cidades de Irecê, Morro do Chapéu, Cafarnaum, João Dourado e juntas agiram conforme é determinado na Lei de Drogas: incineraram toda a plantação.

Um homem foi preso em flagrante sendo considerado um dos responsáveis pela plantação. A Polícia Civil continua investigando a plantação.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.