Possível plano para matar o presidente da Ucrânia é descoberto e frustrado por forças do país

Um plano para assassinar o presidente Volodymyr Zelensky foi descoberto e frustrado por forças ucranianas, informou o chefe do Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia, Oleksiy Danilov. O caso foi anunciado nessa terça-feira (1º) e deixou todas as forças de segurança, inclusive a segurança pessoal do presidente em estado de alerta.

O chefe do Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia emitiu um comunicado à imprensa local, posteriormente divulgado no Telegram pelo Centro de Comunicações Estratégicas e Segurança da Informação, que uma tropa de elite da Chechênia seria responsável pelo assassinato de Zelensky.

Estamos bem cientes da operação especial que deveria acontecer pelos Kadyrovites para eliminar nosso presidente”, afirmou, fazendo referência a um grupo paramilitar de elite da Chechênia.

A invasão da Ucrânia pela Rússia sob o comando de Vladimir Putin, ganha novos capítulos a cada dia. Segundo Vladimir Putin, a operação militar que se iniciou na última terça-feira (22) tem como objetivo tomar o poder na Ucrânia. Vale lembrar que o secretário ucraniano fez uma revelação que pode enfraquecer ainda mais a ofensiva militar da Rússia contra a Ucrânia.

As autoridades ucranianas foram avisadas sobre a trama por membros do Serviço Federal de Segurança da Rússia que não apoiam a guerra”, ressaltou Danilov. O comunicado afirma que o grupo que seria responsável pelo presidente da Ucrânia foi dividido em dois, tendo um sido eliminado em Gostomel e o outro estaria ainda “sob fogo”.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.