Pai de menino morto após afundar em piscina de escola em SP conta que filho falou que ‘ia para o céu’ pouco tempo antes do acidente

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste domingo (21). O menino de 9 anos que veio a óbito após afundar na piscina da escola onde estudava, em São Vicente, no litoral de São Paulo, teria dito durante um culto que estava “indo para o céu”, segundo relato do pai. A linha de investigação da Polícia Civil analisa a hipótese de Luigi ter sofrido um mal súbito.

“Luigi era um menino carinho, amoroso, muito afetuoso. A vida dele era abraçar todos, sem exceção”, disse o pai, o autônomo Rafael, que não quis que o sobrenome da família fosse divulgado. Segundo o pai do menino, que estudava em uma escola particular no Rio Branco, ele possuía déficit intelectual e tinha arritmia. “Constava na ficha da escola, inclusive que não podia fazer esforço físico”, contou.

O pai do menino contou que o momento difícil foi amenizado em razão de uma mensagem enviada por uma pessoa que frequenta a mesma igreja que eles.”No domingo [antes da morte], estivemos no culto […]. Ao término do santo culto, ele abraçou uma irmã e disse ‘dá um glória a Deus que eu estou indo para o céu”, contou. “Após receber a mensagem dessa irmã, Deus nos confortou grandemente”.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que a criança estava dentro da piscina recreativa e de repente afundou. A escola particular fica localizada na Rua Antonio Riscale Husni, no Rio Branco e o caso foi registrado por volta de 15h30. A piscina da escola possui 70 centímetros de profundidade.
O menino foi resgatado da piscina por uma professora, passados alguns segundos do acidente. Os primeiros socorros foram feitos pelo Corpo de Bombeiros e em seguida o menino foi encaminhado para o Hospital Municipal de São Vicente, mas Luigi veio a óbito em seguida.

De acordo com o pai do menino, houve uma ligação da escola com a informação de que Luigi havia desmaiado e estava a caminho do hospital. Ao chegar ao hospital foram avisados do óbito do menino.”Imaginávamos que fosse do coração”, relembra.

O pai do menino disse que não houve aviso prévio que seria dia de piscina. “Não tem recado na agenda e, também, como não sabíamos, não foram enviadas roupas de banho”, contou. Ficaram sabendo do que aconteceu somente mais tarde. No registro de atendimento do Corpo de Bombeiros e no atestado de óbito constariam afogamento. A linha de investigação da Polícia Civil analisa se houve um mal súbito.

A Polícia Civil informou ao portal G1 que foram analisadas imagens do circuito interno de monitoramento da escola e havia 19 crianças no espaço recreativo escolar. A piscina, que estava sendo usada por alunos do 5º ano, estava sendo supervisionada por uma professora. Luigi era do 2º ano, segundo seu pai, e também estava na piscina. Nas imagens analisadas pela polícia, o menino estava pulando na piscina, foi até a borda, e inesperadamente afundou.

O menino foi retirado da água ainda com vida, segundo a polícia. Relato de uma testemunha em depoimento, aponta que na última semana a criança havia desmaiado. A polícia trabalha com a hipótese de mal súbito, o que será confirmado posteriormente por meio de um exame necroscópico, que fica pronto em um mês.

O caso está sendo investigado após ter sido registrado no 3º Distrito Policial de São Vicente como morte suspeita. O Colégio Luiz Júnior afirmou que lamenta o ocorrido, destacou que preza pelo cuidado com os alunos nos momentos de atividades desenvolvidas e que aguarda a apuração dos fatos pelos órgãos competentes.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Bombeiros resgatam grande cobra píton albina em apareceu em piscina de festa

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta terça-feira (6). No mês passado uma cobra píton foi vista por imagens de câmeras de segurança em uma piscina durante uma festa em uma casa localizada em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital goiana, local onde foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com o segundo titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), Luziano de Carvalho, os registros das câmeras de segurança foram feitos cerca de 15 dias antes do resgate da cobra.

De acordo com a polícia, o dono da casa onde o animal foi resgatado foi indiciado nessa segunda-feira (5), e responderá por maus-tratos e por trazer para o país animal sem parecer técnico, o que caracteriza tráfico. O animal encontrado possui mais de 2 metros de comprimento e não é originário do Brasil. O resgate foi realizado pelo Corpo de Bombeiros no dia 10 de junho em uma residência no setor Aeroporto Sul.

“O vídeo mostra o autor em um momento de festa na piscina em sua casa com muitos amigos manuseando e causando um estresse nessa cobra. O cloro também causa irritações. Tudo isso caracteriza maus-tratos”, contou o delegado ao G1.O homem acusado de cometer o crime pode pegar até dois anos de reclusão e pagar uma multa de aproximadamente 360 salários mínimos caso seja condenado.

De acordo com informações, o homem acusado de tráfico foi multado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em 3,7 mil. Mas não é só isso…

O resgate aconteceu após uma moradora ver o animal e acionar os Bombeiros. A princípio a cobra foi encaminhada ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), onde foi avaliada e cuidada. Após passar por análise, o animal foi encaminhado para o Zoológico de Goiânia. De acordo com o delegado, o animal não consegue mais se adaptar ao meio ambiente por ter sido criado em cativeiro.

A cobra píton é uma das maiores serpentes do mundo, com alguns relatos de animas com até dez metros de comprimento. Apesar de ter um tamanho assustador o animal não é venenoso. São encontradas na África, Austrália e Ásia e matam as presas se enrolando nelas e esmagando-as até a morte.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

‘Foi embora um pedaço de mim’, desabafa mãe de MC Kevin lamentando a partida do filho

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta terça-feira (18). A mãe do funkeiro MC Kevin, Valquiria Nascimento, usou as redes sociais para lamentar a morte do filho que aconteceu nesse domingo (16). O cantor faleceu após cair do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Esta foi a última foto que você me mandou, meu filho. Hoje foi embora um pedaço de mim. Poxa, filho, tínhamos tantos planos, tanta coisa para fazer ainda juntos, não acredito que você me deixou”, comentou Valquiria na legenda da publicação. Mas não é só isso…

A mãe de MC Kevin lamentou a morte do filho a quem chamou de o ‘‘homem da casa’’ e lembrou a última frase dita pelo cantor.“E agora com quem vou brigar, com quer vou acordar brava de madrugada, com quem vou pedir conselhos, com quem vou conversar? Meu filho, amigo, o homem da casa, você está levando um pedaço de mim. Tenho certeza que a partir de hoje o céu não vai ser mais o mesmo com a sua chegada aí.”

Está doendo tanto, tanto, mas tanto. Não tenho palavras. Só quero pedi pra Deus cuidar dele aí pra mim. Filho, a última coisa que você falou foi ‘mãe, eu te amo’. Eu também quero te dizer, filho, eu amo vc. Obrigada por tudo, mas tudo mesmo. Te amo até o último dia da minha vida”, desabafou.

O cantor estava hospedado em um hotel próximo à praia da Barra da Tijuca e caiu do 5º andar do prédio. Foi atendido inicialmente pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado a hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

‘Não é justo você partir assim’, desabafa viúva de MC Kevin por meio das redes sociais

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (17). A morte prematura do funkeiro MC Kevin na noite desse domingo (16), levou parentes e amigos do cantor a lamentar e prestar homenagens por meio das redes sociais. MC Kevin caiu do 5º andar de um hotel na orla da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Deolane Bezerra, viúva do artista, trouxe à memória o dia do casamento que aconteceu há duas semanas, no México.”Não me deixa. Esperei 33 anos pra ser feliz e você me abandona? Não é justo você partir assim”, comentou.

Houve também uma declaração de Valquiria Nascimento, mãe de MC Kevin, que se declarou ao filho por meio das redes sociais. Valquiria aproveitou para compartilhar a última foto enviada por ele. “Foi embora um pedaço de mim”, disse ela. A mãe de MC Kevin disse ainda que além de filho, o cantor foi amigo e homem da casa. “Tá doendo tanto tanto mas tanto não tenho palavras”, disse.

A irmã de MC Kevin desabafou por meio da mesma rede social e contou que está vivendo um pesadelo.”Quando que eu ia imaginar que hoje eu ia perder você?”. Mas não é só isso…

As investigações iniciais feitas pela polícia apontam que o funkeiro teria tentado pular da varanda do quarto onde estava para a piscina e teria batido com a cabeça na borda dessa piscina.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , , , , , .

Categoria(s): Nacional.