PDT envia denuncia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal

Uma notícia tem repercutido ainda nesta segunda-feira (10) entre os meios de comunicação. Isso, porque o partido PDT enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia-crime contra Jair Bolsonaro.

De acordo com informações do jornal Estado de São Paulo, o documento emitido na última quinta-feira (6) atribui ao mandatário da Republica supostos crimes de perigo contra a vida da população e charlatanismo em razão da “excessiva difusão” da cloroquina.

O medicamento não tem eficácia comprovada contra a Covid-19. A legenda defende a abertura de inquérito contra o presidente com base nos artigos 132 e 128 do Código Penal, que preveem penas de detenção de três meses a um ano, cada. Para o PDT, o presidente incorre nos crimes “ao fazer propaganda massiva de que a cloroquina é medida infalível para promover a cura da Covid -19”. Sem estudo científico que comprove a eficácia do medicamento.

Além disso, o partido argumenta que o presidente “mobilizou todo o aparato estatal para que a distribuição do medicamento virasse uma política de governo”. Na notícia-crime, o PDT cita, por exemplo, o aumento na produção de cloroquina pelo Exército – alvo de pedidos de investigação.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

publicidade