Após ser acusado de pedofilia em junho, PC Siqueira pede doações para sobreviver nas redes sociais

O YouTuber PC Siqueira, de 34 anos, começou a utilizar as redes sociais para pedir doações de dinheiro aos fãs e seguidores. PC voltou com canal MasPoxaVida no YouTube, após se envolver em polêmica de pedofilia em junho deste ano. Assim, o influencer afirma está passando por dificuldades financeiras e pede doações para sobreviver.

“Para quem puder contribuir na causa da minha existência. Estou pagando minhas refeições e contas exclusivamente com doação de quem gosta do meu trabalho. Lives diárias e vlogs semanais”, afirmou PC em sua publicação.

Siqueira mantém seu PIX (forma de pagamento digital) exposto nas redes sociais para que os fãs façam doações. PC que era um dos maiores Youtuber brasileiros e um dos pioneiros na internet se envolveu em uma acusação de pedofilia quando um perfil no twitter nomeado “Exposed Emo” postou no dia 11 de junho prints de conversas de PC em que ele afirmava cometer atos pedofilos.

Nos prints da conversa vazada o influencer afirmava ter recebido fotos de uma criança de seis anos nua. Além disso, PC fez comentários eróticos sobre a criança. Assim, uma reviravolta ocorreu na vida do YouTuber.

O influenciador desativou todas as redes sociais e sumiu das redes durante um tempo. Assim, PC perdeu suas maiores fontes de renda na internet e começou a apresentar problemas financeiros.

Após o ocorrido, PC falou Em um vídeo negando as acusações e afirmou ter sido alvo de uma “mentira escancarada e grotesca”. Ele também contou, na ocasião, que estava sendo ameaçado.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.