Após ser flagrada pelo marido com bispo em motel, pastora se justifica e diz que: “A culpa não é da gente”

Uma pastora foi flagrada pelo marido dentro de um quarto de motel em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Aos prantos, o homem fica pior ainda quando descobre com quem a mulher estava se envolvendo. Contudo, o que chamou mais atenção foi o que a pastora disse para justificar a situação.

No registro, que repercutiu amplamente nas redes sociais, o marido entra no quarto do motel chorando bastante ao ter certeza que se tratava da mulher dele. Ao identificar que a mulher estava com outro religioso, que seria um bispo, o marido começa a chamá-lo  de “pastor do diabo”. O marido ainda fala: Você acabou com a minha vida, pastor do Diabo. Você destruiu minha família, cara, por que você fez isso?” Em seguida, ele vai até o banheiro, onde a mulher dele estava escondida e diz: “A pastora aqui, a pastora[…]Todo mundo ficará sabendo, pastor de Satanás, bispo.” Então, agora a pastora se defendeu:

De acordo com o portal Lado B, a religiosa tentou se justificar dizendo o seguinte: “Foram erros, só que a culpa não é da gente. A gente foi vítima de Satanás para escandalizar e jogar o nosso nome na lama. Todo mundo foi usado pelo Diabo[…] Já aconteceu, não tenho como voltar atrás. Quem nunca errou que atire a primeira pedra. Enquanto a gente julga, estamos sendo julgados[…]Quem vai ficar apontando e criticando está se autoconcedendo, porque já nos acertamos. Aí, é cada um com Deus.” Mas não é só isso.

Ainda conforme o portal, o casal teria conversado e se resolvido. Os dois estariam juntos novamente pois a pastora teria sido perdoada. O caso segue dando o que falar nas redes.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

“Me inspirava”: Cantor Delino Marçal se despede da mãe que foi agredida até a morte por um homem em surto

O cantor gospel Delino Marçal se emocionou durante o enterro da mãe na manhã deste sábado (15), depois de perdê-la de uma forma brutal na madrugada da última sexta-feira (14).

A pastora Odete Rosalina da Costa, de 79 anos, morreu depois de ser espancada com um objeto metálico na cabeça por um homem de 22 anos que estava em surto. Odete morreu na calçada da igreja, no colo de uma das filhas que chegou em meio à confusão.

No enterro, o cantor Delino se emocionou. “Além de incentivadora, minha mãe era uma pessoa que me inspirava. Quando eu compartilhava uma coisa ruim, ela tinha sempre um pensamento positivo. Tinha uma palavra amiga e um ombro amigo para a gente chorar”, afirmou.

O enterro aconteceu em Goiânia e contou com a participação de amigos, familiares e fiéis. A pastora era bastante conhecida na região por desenvolver trabalhos sociais, principalmente, no período da pandemia.

“A comunidade se alimentava das cestas que ela recolhia e entregava. Sozinha, sem marido, ela criou nove filhos. Esperamos que a justiça seja feita”, afirmou o pastor Mac Anderson.

ENTENDA O CASO:
Um homem, de 22 anos, identificado como Matheus Macaubas Lima Santos, tentou invadir a igreja em que a pastora estava com um fiel fazendo uma oração com portas fechadas.

O homem estava completamente nu e em surto. Ao tentar entrar no templo, ele foi impedido. Dessa forma, ele pulou o muro e quebrou duas portas, uma de vidro e outra de metal. Ao adentrar ao local, afirmou que mataria a pastora e o fiel, segundo testemunhas.

O fiel tentou se proteger com as cadeiras de plástico do local, mas praticamente todas foram quebradas pelo homem em surto. Fotos do interior da igreja mostram essas cadeiras quebradas espalhadas pelo chão.

O fiel da igreja conseguiu correr até uma casa de familiares da pastora e pediu socorro. A pastora até conseguiu fugir, mas foi atingida com pelo menos três golpes na cabeça.

Odete morreu na calçada da igreja. Matheus foi preso a cerca de 1km do local.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Igreja que a mãe do cantor gospel Delino Marçal era pastora fica completamente destruída depois de ataque de jovem que tirou a vida dela

A igreja na qual a mãe do cantor gospel Delino Marçal era pastora ficou completamente destruída depois do ataque de um jovem de 22 anos que acabou tirando a vida da mãe do artista.

A pastora Odete Rosalina Machado da Costa, de 79 anos, foi assassinada na porta da igreja com golpes de uma barra metálica na cabeça pelo jovem que estava pelado e em surto.

O crime aconteceu madrugada da última sexta-feira (14). A pastora e um fiel da igreja estavam fazendo uma reunião de oração com portas fechadas, quando Matheus Macaubas Lima Santos tentou invadir o local, completamente nu e chamando por uma pessoa chamada “José”.

Impedido de entrar, ele pulou o muro e quebrou duas portas, uma de vidro e outra de metal. Ao adentrar ao local, afirmou que mataria a pastora e o fiel, segundo testemunhas.

O fiel tentou se proteger com as cadeiras de plástico do local, mas praticamente todas foram quebradas pelo homem em surto. Fotos do interior da igreja mostram essas cadeiras quebradas espalhadas pelo chão.

O fiel da igreja conseguiu correr até uma casa de familiares da pastora e pediu socorro. A pastora até conseguiu fugir, mas foi atingida com pelo menos três golpes na cabeça.

Odete morreu na calçada da igreja, no colo de uma das filhas que chegou em meio à confusão.

Matheus foi preso a cerca de 1km do local, em flagrante.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Mãe do cantor gospel Delino Marçal é agredida e morta na calçada da igreja em que era pastora

Uma triste e lamentável notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (14). A mãe do cantor gospel Delino Marçal foi morta na frente da igreja Assembleia de Deus, em Goiânia. Odete Rosalina Machado da Costa, de 79 anos foi agredida até a morte por um homem de 22 anos.

O suspeito invadiu o templo e começou uma briga com um homem. Logo depois ele começou a agredir a idosa com um objeto de metal. Dona Odete era pastora na igreja.

“O autor teria se envolvido em uma briga com parentes e logo após saiu para rua. Ele entrou na igreja e iniciou uma briga com um homem. Logo em seguida, teria acertado a vítima com vários golpes usando um objeto de metal”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Depois do crime, o homem fugiu do local e começou a jogar pedras em ônibus do transporte coletivo.

Odete é mãe de Delino Marçal, cantor gospel conhecido mundialmente por suas canções como “Deus é Deus”, “Sonho Grande” e “Que amor é esse”. Ele chegou a vencer, em 2019, o Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.