Salvador: Cidade registra “panelaços” contra Bolsonaro em diversos bairros da cidade após novo recorde de mortes por covid-19

Uma notícia estampou as manchetes dos jornais baianos nesta manhã de quarta-feira (24). Foram registrados em Salvador vários “panelaços” contra o atual presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido), na noite de ontem, terça-feira (23).

Entre os registros estão as regiões do Dique, Centenário, Vale dos Barris, Rio Vermelho, Brotas, Barra, Pituba e Corredor da Vitória.

O descontentamento da população vem em um momento de ápice da pandemia no Brasil, com quebra diária de recordes de mortes e casos registrados, além do colapso do sistema de saúde em todo país, com a falta de insumos e leitos de UTI.

Na noite de ontem (23), o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento urgente em que mudou o posicionamento em relação ao uso de vacinas e sobre o combate à pandemia. Em uma tentativa de mudar sua imagem no país, o presidente afirmou que “2021 seria o ano da vacinação para os brasileiros” mesmo após afirmar repetidas vezes ser contra o uso do imunizante.

Assim, o pronunciamento foi, muito provavelmente, o estopim dos protestos visto nas diversas regiões de Salvador e também em várias outras cidades do Brasil.

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

publicidade

População se mobiliza e faz panelaço contra Jair Bolsonaro em várias áreas de Salvador.

Uma notícia tomou as manchetes dos jornais baianos na manhã deste sábado. Moradores de diversos bairros de Salvador fizeram panelaço em protesto contra o atual presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Assim, as pessoas pediram a saída do presidente devido à sua má gestão no combate ao coronavírus.

As pessoas, que foram convocadas nas redes sociais, apresentaram-se em peso nas janelas de suas casas e gritaram palavras de ordem, como “Fora Bolsonaro”. O panelaço foi ouvido na Avenida Garibaldi, uma das principais de Salvador, além de bairros como Armação, Stiep, Ondina, Pituba, Federação, Pituba, Imbuí e Brotas. Avenida Garibaldi, Armação, Stiep, Ondina, Pituba, Federação, Pituba, Imbuí e Brotas.

Confira: https://www.instagram.com/p/CKFetq5DQg4/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=embed_video_watch_again

O estopim da manifestação é a crise do sistema de saúde do estado do Amazonas, que sofre atualmente pela falta de insumos para o tratamento nos Hospitais da região.

O aumento rápido e alarmante dos casos no estado, juntamente com a má gestão dos administradores da saúde pública, causou o colapso da rede. Assim, o estado inteiro encontra-se atualmente sem cilindros de oxigênio, insumo essencial para o tratamento de casos graves de Covid-19.

Diversos governadores e prefeitos de cidades e estados de outras regiões do país se ofereceram para desafogar o colapso do sistema de saúde do estado. Assim, estados como o Maranhão devem receber bebês prematuros vindo de Manaus, uma vez que eles precisam de suprimento de oxigênio para sobreviver.

Além disso, diversos artistas e famosos também criaram uma corrente do bem, através da iniciativa do humorista Whindersson Nunes, para ajudar os hospitais da região.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

publicidade