Ossada de jovem desaparecida é encontrada em cemitério clandestino

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (26). Uma ossada humana foi encontrada em um cemitério clandestino no Piauí. As escavações começaram na tarde de sábado (22), onde estariam três corpos enterrados vítimas de uma facção criminosa. Com a descoberta, a família de Gisele Vitória, de 17 anos, está desolada: a garota está desaparecida há dois meses.

A última imagem de Gisele é uma foto onde está sentada sob a mira de um revólver. A jovem afirmou à mãe que estava sendo ameaçada de morte, mas não afirmou o autor das ameaças. A polícia aguarda o resultado do exame de DNA dos ossos para confirmar se a garota é a vítima encontrada. Gisele tem um filho de 2 anos.

Os restos mortais estavam cobertos com roupas semelhantes à de Gisele, que desapareceu em 7 de março. Fotos da cova onde ela seria enterrada após o crime foram enviadas à família.

Ainda em abril, a polícia chegou antes que Valdirene de Jesus Melo fosse enterrada pelos suspeitos na mesma área onde foi encontrada a ossada de Gisele. Valdirene, conhecida como “Viúva Negra”, foi morta com um tiro na cabeça.

 

Textos e informações do portal SBT

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.