Mourão dispara após derrota de Bolsonaro: “Assunto encerrado”

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, voltou a destoar de Bolsonaro nesta terça-feira (11). Após uma derrota o líder do executivo, Mourão afirmou que agora é “assunto encerrado”.

Poucas horas depois da Câmara dos Deputados reprovar a proposta de emenda à Constituição (PEC) do voto impresso, Mourão se pronunciou. Enquanto Bolsonaro disse que “Enquanto vivo for, essa é nossa bandeira”, Mourão foi na contramão e afirmou:

Considero o assunto encerrado, mas julgo que foi colocada a discussão para a sociedade. Além disso, o vice afirmou que a questão foi “mal colocada” e também falou sobre o momento de polarização. Ele relatou:

Essa discussão ficou mal colocada pela própria polarização que vivemos na política hoje. É apenas uma evolução das nossas urnas. É termos a possibilidade de de uma auditoria mais consistente em caso de uma eleição mais apertada

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Mourão descarta possibilidade de renúncia e afirma que segue no governo ‘até o fim’

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais neste domingo (1º). O vice-presidente Hamilton Mourão usou as redes sociais neste sábado (31) para afastar rumores de uma possível saída dele do governo e garantir que permanecerá no cargo ‘até o fim’, mesmo com críticas feitas pelo presidente Bolsonaro.

“Desde 2018 tenho viajado pelo Brasil e muitas pessoas falam que votaram na chapa JB-Mourão por confiar em mim. Em respeito a essas pessoas e a mim mesmo, pois nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências, sigo neste governo até o fim”, comentou Mourão no Twitter.

O presidente Bolsonaro afirmou que a atuação do vice-presidente ‘por vezes atrapalha’, em entrevista a rádio Arapuan, da Paraíba. Na ocasião Bolsonaro comparou a função de vice com o cunhado. “Você casa e tem que aturar, não pode mandar embora”, disse.

Segundo a CNN, o vice-presidente foi aconselhado por um general da reserva, que é próximo a ele, a renunciar ao cargo, porém Mourão teria dito que ainda não seria o momento. De acordo com fontes próximas, Mourão irá tentar uma vaga no Senado em 2022 e também já analisou a possibilidade de concorrer ao governo do Rio Grande do Sul. Mourão havia ficado de fora das reuniões ministeriais promovidas pelo presidente Bolsonaro por alguns meses, mas foi convocado para as conversas no início do mês de julho.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Politica.

Deputado Federal Kim Kataguiri aciona Justiça para barrar aumento de sálario de Bolsonaro e Mourão

Deputado Federal Kim Kataguri aciona Justiça para barrar aumento de sálario de Bolsonaro e Mourão

Uma notícia tem sido destaque nesta semana. Isso porque o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e o vereador Rubinho Nunes (Patriota-SP), entraram com uma ação  civil pública na Justiça Federal do Distrito Federal, na tentativa de barrar o aumento dos salários do presidente Jair Bolsonaro ( sem partido) e do vice, Hamilton Mourão (PRTB)

Segundo a colunista Bela Megale, do Jornal O Globo, a nova regra do Ministério da Economia passa a permitir a reservistas ( aqueles que estão dispensados do Serviço Militar) e a servidores públicos que estão aposentados, mas que mesmo assim exercem algum tipo de cargos públicos que recebam acima do teto constitucional, que atualmente é de R$ 39,2 mil.

Ainda de acordo com a coluna, o deputado Kataguiri e o vereador Nunes, por meio da petição, exige que o ministro da Economia, Paulo Guedes, também seja acrescentado no processo, assim como a União.

“O simples fato do governo se preocupar com esse tipo de questão no momento que ultrapassamos quatrocentas mil mortes já seria por si só ultrajante, quando adicionamos nessa equação o impacto fiscal de mais de R$180 milhões que serão destinados àqueles que já gozam de remuneração superior à grande maioria da população, e infinitamente superior aos míseros R$150,00 de auxílio emergencial que muitos estão dispondo para sobreviver, essa portaria se torna um verdadeiro descalabro”, disse o deputado federal Kataguiri.

Além disso, o deputado federal entregou à Câmara um projeto de Decreto Legislativo que pede a suspensão da nova regra. Que, atualmente, possibilita o presidente Jair Bolsonaro ter um acréscimo de R$ 2,3 mil por mês e o vice-presidente Hamilton Mourão, de R$ 24 mil mensais.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

“Tudo indica que ele não me quer como vice”, diz Mourão sobre escolha de Bolsonaro para vice na eleição de 2022

Uma notícia está sendo destaque nesta segunda-feira (10). O vice presidente Hamilton Mourão (PRTB) causou polêmica na tarde de hoje ao alegar que o presidente Jair Bolsonaro ( sem partido ) não o quer como vice nas eleições de 2022. Além disso, Mourão evitou cravar a disputa ou não pela cadeira ao Senado Federal nas próximas eleições, caso não seja convidado a ser vice novamente.

“Por enquanto acompanho o presidente Bolsonaro, eu fui eleito para ser vice-presidente dele até 31 de dezembro do ano que vem”, afirmou o vice presidente em entrevista ao UOL.

“Tudo indica que ele não me quer como vice, mas eu também não vou morrer por causa disso. Eu continuo a ser general da reserva, a minha rede lá do posto 6 tá pronta, me aguardando. Então, a vida continua”, continuou.

O general também foi questionado sobre a filiação do presidente Bolsonaro ao seu partido, o PRTB, e ele afirmou não saber, mesmo dizendo na última sexta-feira (07), que isso teria grande possibilidade de acontecer.

“A Executiva nacional [do PRTB] está debatendo esse assunto. Eu não vou dar um grau, mas vejo como uma possibilidade bem grande isso aí”, afirmou ele na sexta-feira.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.