Em entrevista, Coronel Humberto Sturaro diz que mortes de PMs Na Bahia é o ‘Estado sendo agredido’: “O marginal não tinha a ousadia de investir contra as guarnições”

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (23). O coronel da reserva Humberto Sturaro lamentou a morte de policiais militares na Bahia e afirmou que é o Estado sendo agredido. Um policial da Rondesp foi atingido por um disparo de arma de fogo nessa quarta-feira (22), no município de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.

Humberto Sturaro, que é ex-comandante da Polícia Militar da Bahia, deu uma entrevista na Piatã FM e disse que os criminosos têm se sentido cada vez mais à vontade no combate com a polícia. “Fui do tempo que o confronto era muito menor. O marginal não tinha a ousadia de investir contra as guarnições. Existia respeito e temor”, contou.

De acordo com um levantamento feito, o número de policiais mortos na Bahia em apenas nove meses já supera os registros do ano passado. Segundo a corporação, até o momento 17 policiais morreram, sendo que 8 de serviço, 5 de folga e 4 da reserva. Já em 2020 foram mortos 13 policiais, sendo que 12 estavam de folga e 1 em serviço.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.