Mãe do menino Gael afirma “não se lembrar” do momento em que o filho morreu, segundo o advogado de defesa

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta terça-feira (11). O advogado de defesa da mãe do menino Gael de Freitas Nunes, 3 anos, disse que a sua cliente não se recorda do momento em que seu filho faleceu. Fábio Costa afirma que a mulher não se lembra do que aconteceu entre a noite de domingo (9) e a tarde da segunda-feira (10), nesse intervalo de tempo ela teria tido uma perda de memória, segundo o advogado.

A mãe do menino, que foi presa na madrugada desta terça-feira (11), conta que tem a lembrança de estar deitada com Gael e a filha mais velha e teria ido tomar um banho porque seu corpo esquentou. Ela conta que lembra de ter ido tomar o banho, pego no sono e despertado no momento em que era tirada do chuveiro por várias pessoas.

A defesa da mãe do menino Gael relata traumas desenvolvidos por ela em razão de um relacionamento abusivo vivido com o pai da sua filha mais velha. De acordo com o advogado, esta situação afetou a vida de sua cliente pessoal e profissionalmente. Disse também que sua cliente estar longe do mercado de trabalho há muito tempo como consequência destes problemas.

Segundo o advogado, a mulher tem dificuldade na escrita além de não lembrar qual foi o seu último emprego. A mãe de Gael, que tem 37 anos, irá passar por audiência de custódia no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).O advogado disse que irá pedir o relaxamento da prisão de sua cliente.

O menino Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, faleceu nessa segunda-feira (10) com sinais de agressão no bairro Bela Vista, região central de São Paulo. A mãe do menino é a principal acusada do crime e foi presa em flagrante.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.