Mc Maylon decide remover tatuagem que fez do rosto do cantor do Molejo: “Me faz mal vê-lo em meu braço”

Um caso voltou a repercutir nesta terça-feira (23). Dessa vez o “Caso Molejo” ganhou novas informações.

Após acusar o cantor Anderson do Molejo de abuso, o jovem MC Maylon resolveu tomar uma nova atitude. Ele, que antes considerava Anderson como um padrinho, agora pretende tirá-lo de vez da sua vida. Isso porque Maylon tatuou o rosto de Anderson no antebraço e agora resolveu iniciar um procedimento removê-lo. Mas não é só isso.

Em entrevista ao Rede Brasil, Maylon explicou porque fez a tatuagem e disse que hoje sente dor ao olhar para ela. Então, ele desabafou:

“Fiz a tatuagem no fim de agosto, depois de um aniversário dele. Todas as vezes em que cantava nas festas do Anderson, ele ficava muito alegre, me incentivava. Nós dois juntos éramos um furacão. Era laço de pai e filha. Até que aconteceu tudo isso. Senti dor pela tatuagem, dor pelo estupro e agora vou sentir dor mais uma vez para remover o desenho. Me faz mal vê-lo em meu braço. É horrível saber que ele me fez tão mal. Só eu sei a dor que estou sentindo”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Filho de Anderson do Molejo rebate críticas e defende o pai: “Ele sempre foi e me orgulho disso”

Após toda a polêmica e confusão envolvendo o nome do vocalista do Molejo, Anderson Leonardo, o filho do cantor saiu em sua defesa e ganhou destaques nas redes neste sábado (13).

Tudo começou quando uma seguidora no Facebook fez uma paródia da música “Cilada”, do grupo Molejo, comparando a letra com o caso no qual Anderson está sendo acusado. Então, Leozinho Bradock, filho de Anderson, não gostou e respondeu a mulher:

“Não era cilada, manda. O meu sempre foi bissexual e me orgulho disso. Se vocês optarem com esse tipo de brincadeira achando bacana agir com preconceito, vocês só provam que passa ano e entra ano, não respeitam as diferenças[…]Vamos seguir com o que sempre fizemos, e compartilhando aos nossos a nossa educação de saber respeitar o nosso próximo independente de qualquer diferença.”

Nas últimas semanas, Anderson Leonardo tem enfrentado acusações de estupro pelo cantor Mc Maylon, de quem era padrinho no ramo musical. O episódio teria ocorrido num hotel, no final ano passado. O caso encontra-se com bastante divergências, tendo o Mc Maylon alegando ter sido violentado e forçado a ter relações sexuais, chegando a sangrar. Por outro lado, Anderson nega o abuso, mas afirma que a relação ocorreu, porém de forma consentida. Até o momento, nenhuma decisão judicial foi tomada, os fatos continuam sendo averiguados.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Autoridades confirmam amostras em roupas de MC que acusou cantor do Molejo

Um caso retornou às manchetes nesta terça-feira (9). Isso porque as autoridades divulgaram resultados de amostras recolhidas, no polêmico entre o cantor do Molejo e o cantor MC Maylon.

O jovem MC Maylon de 21 anos, está acusando Anderson Leonardo, de 48, de abuso. De acordo com o depoimento de Maylon, Anderson teria marcado uma reunião com ele. Contudo, no caminho para a reunião, Anderson teria desviado o caminho e lavado Maylon a um hotel. Lá, a relação teria ocorrido de maneira não concebida, segundo Maylo. Mas a versão de Anderson é outra.

De acordo com o cantor do Molejo, a relação aconteceu de fato aconteceu. Entretanto, ele afirmou que tudo ocorreu de maneira consensual. Na ocasião, Anderson disparou uma frase polêmica sobre o assunto. O cantor disse: “Comi? Comi. Estuprei? Não. Comi consensualmente”.

Então, agora as autoridades confirmaram, através de nota, a presença de sangue e esperma nas roupas do MC Maylon: “De acordo com a 33ª DP (Realengo), funcionários do motel e outras testemunhas prestarão depoimento esta semana. A delegacia informou, ainda, que o laudo na peça de roupa da vítima ficou pronto e comprovou resíduos de sangue e de esperma”. O caso segue repercutindo nas redes.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Cantor do grupo Molejo admite relação após denúncia de abuso mas afirma: “Foi consensual”

Um aguardado depoimento chegou às autoridades nesta sexta-feira (5). Depois de enfrentar acusações de abuso, um famoso cantor deu a sua versão dos fatos.

O cantor do grupo Molejo, Anderson Leonardo, falou na sexta-feira de hoje (5), sobre as acusações de estupro. As denúncias foram realizadas pelo Mc Maylon, de 21 anos. Antes da polêmica, Maylon era acompanhado em sua carreira musical por Anderson e afirmou que considerava o integrante do molejo como um pai e padrinho no meio artístico. A consideração pelo cantor do Molejo era tão grande, que Maylon chegou a tatuar o rosto de Anderson em um dos antebraços. Maylon desafou:

“Estou passando por tratamento psicológico, minha família é a base de tudo. Eu não esperaria isso de um cara que eu chamava de pai, eu tatuei ele no meu braço, e ele ter feito isso comigo.” Mas não é só isso.

Então, quando fez a denúncia, Maylon afirmou que ele e Anderson estavam a caminho de uma suposta reunião, quando Anderson mudou a rota para um hotel, onde a relação teria ocorrido de maneira forçada. Agora, Anderson afirmou às autoridades que realmente teve relações com o cantor e dançarino Maylon, mas que isso aconteceu de forma consensual, ou seja, que não teria ocorrido abuso.

Diante das versões divergentes, a Polícia está apurando novas provas, como imagens do sistema interno do hotel e também ouvindo funcionários do local.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.