Modelo que acompanhava MC Kevin diz que cantor fez uso de drogas e álcool antes de cair

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (19). Bianca Domingues, 26 anos e a modelo que acompanhava o funkeiro MC Kevin e o amigo dele Victor, em um hotel na Barra da Tijuca, disse que o cantor havia feito uso de álcool e maconha momentos antes ao do acidente. MC Kevin caiu do 5º andar de um hotel onde estava hospedado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, nesse domingo (16).

Bianca disse em depoimento ter ouvido que MC Kevin e os amigos não tinham dormido e que tinham misturado na noite anterior álcool e MD, substância com efeito alucinógeno. O depoimento da modelo foi dado a 16ª DP e o portal G1 teve acesso ao conteúdo. Mas não é só isso…

A modelo disse ainda em depoimento que conheceu o cantor e cinco amigos dele na praia. Disse que entrou na suíte por volta de 17h20 e soube que MC Kevin iria chegar em cinco minutos em companhia de seguranças porque a mulher do cantor também estaria hospedada no prédio.

Bianca Domingues informou ainda em depoimento que estava tendo relações sexuais com Kevin e ele interrompeu por supor que sua mulher havia descoberto. O cantor havia passado as pernas pelo parapeito e se apoiou com as mãos na parte inferior da sacada.

De acordo com a jovem MC Kevin tinha a intensão de ir para o apartamento de baixo temendo o flagra da esposa, mas acabou caindo.‘‘Ele não aguentou se pendurar e voltar e acabou caindo’’, disse a modelo.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Caso MC Kevin: Em depoimento, modelo revela detalhes do acidente

Peça chave nas investigações sobre a morte de MC Kevin, Bianca Domingues prestou depoimento para o delegado Henrique Damasceno, da 16ª DP da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A modelo fitness (como se intitula em seu perfil no Instagram), revelou os momentos que antecederam a queda fatal do funkeiro, no último domingo (16).

Bianca revelou que na parte da tarde, estava sozinha em um quiosque em frente ao hotel, e que viu o MC junto de mais 5 amigos. Ela revelou que já o conhecia através das redes sociais e que chegaram a trocar algumas mensagens dias antes, mas que não chegaram a marcar nenhum encontro e que tudo foi casual.

Ela revela que Vitor, que estava no grupo do cantor, sentou-se ao seu lado e disse que havia se apresentado ao lado de Kevin na noite anterior e que ainda não haviam dormido. Segundo seu relato, ele revelou que após o show, todos foram para casa de um amigo, onde consumiram droga, conhecida como MD e bebidas alcoólicas. Bianca contou que viu o grupo onde estava Kevin consumindo Gin e Whisky, além de fumarem cigarros de maconha enquanto estavam no quiosque.

No depoimento, ela afirma que, por volta das 17h20, Vitor a chamou para subir até seu quarto, pois Kevin estava interessado nela e que queria dar um presentinho para ela. O amigo teria dito que o funkeiro iria depois, pois a mulher dele também estava hospedada no mesmo hotel.

Domingues diz que, ao chegar no apartamento 502 foi tomar um banho e, ao sair, Kevin já estava no quarto e logo começaram a se beijar. Ela teria dito que o combinado era ficar somente com o funkeiro e que não ficaria com Vitor também. Então Kevin teria oferecido mil reais para ficar com os dois e que ela negociou e fechou o valor em 2 mil.

Na conversa com o delegado, Bianca revelou que eles começaram as preliminares e que aguardavam a chegada de outro amigo, Jhonatas, que estava trazendo preservativos. Quando esse amigo chegou no quarto, ele também insistiu em querer participar da orgia, mas que Kevin, irritado, pediu para que fosse embora.

No relato, ela disse que Vitor foi o primeiro a ter relações sexuais com ela e, quando terminou, Jhonatas entrou no quarto novamente, dizendo que os outros amigos estavam subindo. Nesse momento, Kevin disse tê-la puxado para a varanda, pois queria fazer sexo com ela, já que estava pagando.

Bianca diz que, já no lado externo do quarto, em um breve momento olhou para dentro do quarto e quando voltou o rosto para o cantor, já o viu passando a perna pelo parapeito da varanda. Segundo ela, ele disse que ouviu algum de seus amigos falando que a mulher dele o estava procurando. Ela contou que Kevin ficou pendurado, com o corpo todo para fora e que começou a fazer movimento tentando dar impulso para alcançar o andar de baixo, mas que em questão de segundos ele caiu.

As informações são do site Ofuxico

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Modelo afirma que MC Kevin caiu do quarto de hotel por conta de uma brincadeira de mal gosto

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (17). O caso envolvendo a morte do funkeiro MC Kevin que caiu do 5º andar do quarto de um hotel na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, tá longe de chegar ao fim. O incidente que aconteceu nesse domingo (16), tem feito a polícia procurar respostas para apurar possíveis responsabilidades.

A fala da modelo Anny Alves que veio por meio das redes sociais trouxe ainda mais dúvidas sobre o caso MC Kevin. De acordo com a modelo, a morte do cantor foi provocada por uma brincadeira de mau gosto. Em um vídeo gravado a modelo afirma que amigos de MC Kevin o trancaram no quarto do hotel com algumas mulheres.

A modelo disse que em determinado momento alguém bateu na porta do quarto e MC Kevin teria ficado nervoso ao supor que poderia ser sua esposa. A queda do cantor teria acontecido em razão de ter pretendido mudar de quarto usando a sacada. O trabalho de investigação continua e a polícia tem tomado o depoimento de pessoas que estavam no momento da queda do artista.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Modelo de 25 anos está desaparecida após fugir de clinica psiquiátrica no Distrito Federal

Uma notícia chocante tem sido destaque ainda nesta quarta-feira (12). Isso, porque uma modelo do Distrito Federal está desaparecida desde o dia 9 de maio.

A modelo Nathália Miranda Saraiva, de 25 anos, está desaparecida desde o último domingo (9), por volta das 11h. A família busca qualquer informação que possa ajudar a localizar a jovem.

Segundo foi informado pela mãe de Nathalia, Alessandra Miranda, a filha estava internada em um hospital psiquiátrico de Taguatinga e fazia uso de medicamentos. “Essas medicações deixam a pessoa desorientada. Ela deve ter aproveitado uma oportunidade e fugiu”, contou.

Nathália trabalhava como modelo desde os 10 anos de idade e, até julho de 2020, atuava na Itália. Ela voltou ao DF depois de sofre com problemas psicológicos na Europa.

“Estamos no escuro, nessa angústia, não sei se ela está vagando por aí, se está lúcida ou não, sem saber o que aconteceu, se alguém deu carona”, lamenta Alessandra.

A mãe informou, ainda, que a filha chegou a fazer saques usando a digital em uma agência do banco Santander em Brasilândia ainda no dia em que desapareceu. “Acho que ela teve um momento de lucidez”, afirma a mãe. Nathalia fez dois saques no domingo: dois de R$ 300, por volta das 15h; e um de R$ 600, por volta das 19h.

Desde o dia do desaparecimento, a família e amigos próximos procuram nas imediações de Taguatinga e Brasilândia. “Nossa maior esperança era encontrar no mesmo dia, que estava por perto”, diz a mãe. A modelo usava as roupas dos internos do hospital, de cor azul clara, quando foi vista pela última vez.

O caso é investigado pela 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro).

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.