Mãe de Henry Borel afirma ter mentido em depoimento e diz que não encontrou o menino já sem vida

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (21). Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, afirmou que mentiu quando prestou seu primeiro depoimento à polícia. Na primeira versão apresentada por Monique, ela contou a polícia que encontrou Henry caído da cama, de madrugada, depois de dormir com o vereador Dr. Jairinho no quarto de hóspedes. As informações foram passadas pela coluna de Juliana Dal Piva, do UOL.

Monique Medeiros tem apresentado atualmente a versão de que não foi ela a pessoa que encontrou Henry caído no chão do quarto do casal na madrugada do dia 8 de março, quando o menino morreu. A mãe de Henry teria falado que foi persuadida por Jairinho a criar uma história que‘’Seria melhor até para ela’’.

Leniel Borel, pai de Henry Borel, teria comentado esta divergência nos depoimentos prestados à polícia por Jairinho e Monique. Segundo ele, quando estava no hospital Barra D’Or, onde Henry foi encaminhado e chegou sem vida, teria escutado de Monique que Jairinho estava ao lado do menino quando ela entrou no quarto do casal e encontrou o filho no chão.

Monique Medeiros está presa desde o dia 8 de abril e é investigada pela pela morte de Henry Borel. Dr. Jairinho também está preso suspeito de ter cometido o crime.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.