Ao chegar no trabalho, cirurgião plástico é surpreendido e morto perto da clínica: “Estariam esperando por ele”

Aos 64 anos, o médico e cirurgião plástico Claudio Marsili, perdeu a vida na manhã desta segunda-feira (19, ao chegar na clínica para dar um plantão. Os suspeitos já estariam nas redondezas há algum tempo.

De acordo com o portal Globo, Claudio estava chagando na clínica para dar um plantão. Então, ao estacionar seu carro, uma Hilux cinza, foi surpreendido por um grupo que chegou num carro preto. Nessa hora, homens dispararam contra o médico, que não resistiu e morreu no local. Formado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) em 1982, Claudio se especializou em cirurgia geral, plástica e estética, além de fazer um doutorado na Argentina. Mas não termina aí.

Ainda segundo o portal, pessoas teriam afirmado que os bandidos estariam esperando o médico nas redondezas da clínica desde as 7h da manhã. Agora, as autoridades irão investigar o que motivou o ocorrido. Por meio de nota, o Conselho Regional de Medicina relatou:

“Estamos consternados e lamentamos a morte do renomado colega Claudio Marsili, por um motivo tão cruel. Ontem (18/10), nossa categoria profissional celebrou o Dia do Médico, com uma iluminação especial no Cristo Redentor por esta data, e é muito triste receber esta notícia e saber que estamos tão expostos à insegurança e à violência em nossa cidade. Pedimos às autoridades que assegurem o nosso direito de ir e vir e que os responsáveis sejam devidamente punidos. O Cremerj se solidariza com familiares, amigos e colegas de trabalho neste momento de dor.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Após partida do Dr. Andrade, amigos dão continuidade a projeto criado por ele: “Exemplo de bondade”

Uma equipe de amigos do Dr. Andrade, médico assassinado em maio deste ano, vem dando continuidade ao projeto criado pelo médico e na última terça-feira (12), realizaram uma ação em benefício das crianças. O Projeto Ação Solidária atua em comunidades carentes na cidade de Araci.

Ontem, a ação distribuiu brinquedos nos povoados de Jaconias, Pau de Rato e Rezina.

“Gratidão, por estarmos dando continuidade a um dos inúmeros lindos projetos no qual ele foi idealizador. Nos sentimos honrados por ter partilhado com ele em vida, a sua generosidade. O legado dele está sendo semeado. Esperamos que possamos da continuidade a vários outros projetos, em prol de ajudar a população com muito amor, como ele fez em vida”, disse uma das organizadoras, Emilly Moura.

Dr. Andrade foi morto em maio deste ano pelo amigo, também médico, que confessou o crime. Andrade foi encontrado em um rio, preso a uma ancora e com um tiro na nuca. Em depoimento, o acusado afirmou que matou Dr. Andrade por causa de um “sonho profético”.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Acusados na morte de médico pediatra dizem que ele morreu por mando do marido de uma paciente e dão detalhes do pedido

O nome do Dr. Júlio César de Queiroz voltou às manchetes nessa quarta-feira (29). Isso porque os acusados deram detalhes sobre o ocorrido e também informaram porque o médico teria sido morto.

De acordo com os acusados, o marido de uma paciente teria encomendado o crime por conta de um motivo específico.  Além disso, o homem teria pedido um detalhe na execução.

Esse mandante ainda teria exigido que o médico fosse morto dentro do local de trabalho e foi justamente o que aconteceu. Os acusados teriam recebido R$ 2mil cada um para matar o médico. Ao chegar de motocicleta na clínica, o passageiro desceu, adentrou no local e cometeu o crime, mesmo com uma criança sendo atendida pelo médico na hora. Então, ainda em depoimento, eles revelaram o motivo de tudo.

De acordo com os acusados, o mandante do crime estaria motivado a retaliar o médico, pois o pediatra teria assediado a mulher dele durante um atendimento. Entretanto, as autoridades estavam trabalhando com a hipótese de que o médico havia denunciado um possível caso de abuso e por isso teria sido morto. Além disso, a mulher do médico trabalhava como uma das principais assistentes dele na clínica.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Acusado de matar médico pediatra durante atendimento é preso na mesma cidade do ocorrido e cúmplice é localizado pelas autoridades

As autoridades deram um grande passo nessa segunda-feira (27). Um dos principais acusados de matar o pediatra Júlio César dentro de uma clínica foi preso e um cúmplice localizado.

O médico pediatra Júlio César de Queiroz foi morto enquanto realizava um atendimento na cidade de Barra, na Bahia. Um homem armado invadiu o local e atirou contra o médico na frente da mulher dele, de funcionários e de uma criança que estava sendo atendido. Desde então, as autoridades se empenhavam para descobrir o motivo do ocorrido até que, nessa segunda-feira, o acusado de matar o médico foi preso na mesma cidade. Mas não termina aí.

Esse homem teria agido com a ajuda de outro, que o teria levado até a clínica e também ajudado na fuga com uma motocicleta. O cúmplice em questão já foi localizado e estaria no Tocantins, sendo sua prisão uma questão de tempo. Além disso, segundo o delegado que está acompanhando o caso, o Dr. Júlio teria alertado uma família que uma criança atendida por ele estava com sinais de abuso e pediu para que os familiares ficassem atentos. Esse seria o motivo pelo qual ele foi morto, sofrendo uma provável represália por ter avisado os familiares.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.