“Faz sete meses”: Deolane Bezerra afirma que não beijou ninguém desde que perdeu o marido Mc Kevin

A viúva do Mc Kevin, a Deolane Bezerra, revelou no programa Hora do Faro detalhes da sua vida íntima. Segundo ela, desde que perdeu o marido, não conseguiu se envolver com nenhuma outra pessoa.

“Ainda não [beijei]. Faz sete meses. Acho que é algo que vai ter que ser assim, muito natural e não porque as pessoas querem”, conta.

Deolane ficou viúva em maio de 2021 quando Kevin caiu da sacada de um hotel no Rio de Janeiro. Segundo as investigações, ele estava com uma garota de programa e um outro amigo no quarto na hora do acidente.

Sobre sua vida amorosa no momento, ela conta que na festa de aniversario da influenciadora Gkay, as pessoas ficaram esperando que ela beijasse alguém na festa.

“Na Farofa da GKay, muita gente ficava nos comentários: ‘Nossa, tô só pelo beijo da Doutora, estou só esperando’. Eu, que já fui de nunca ficar com ninguém no primeiro contato, agora acho que estou mais retraída ainda”, disse.

“Uma hora aparece um abençoado. Não é que eu não queira, que esteja fechada, é que não apareceu ninguém que tocasse ainda”, brincou ela.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

MC VK, amigo de Mc Kevin, é inocentado da morte do funkeiro e desabafa: “Que ele descanse”

O cantor MC VK usou a internet para fazer um desabafo a respeito de sua inocência no caso da morte do funkeiro MC Kevin: “Estou aqui na maior humildade, às vezes nem sabendo me expressar direito, mas eu sei que eu tenho essa missão. Tudo o que eu passei, não quero me vitimizar, mas mexeu com o meu racional, meu emocional. Foi um peso absurdo que eu tive que me calar porque eu não ia ter credibilidade, não ia ter voz ativa, ninguém ia acreditar em mim. Tive que esperar na justiça de Deus e também na justiça do homem, que provou pela investigação, pela perícia que eu não tive participação de nada do acontecido”.

MC VK afirmou que não viu o momento da queda de Kevin: “Eu não vi o que aconteceu, do fundo do meu coração, eu não vi. As pessoas queriam que eu explicasse o que eu não tinha entendido. Falaram que eu mandei um áudio depois, lá em baixo, nada a ver com o que eu falei. Teve testemunha falsa, que apareceu manipulando a mente de todo mundo, porque ela nunca pisou no Brasil. Só quero que ele descanse em paz”.

VK contou que em algum momento pretende procurar a mãe de Kevin e ter uma conversa: “O que mandei mal mesmo foi, no dia do acontecido, não ter falado com a mãe dele. Não cheguei na mãe dele até hoje por sofrer umas ameaças. Foi muita bagunça. Deixei o celular na delegacia no Rio, vim para São Paulo, sofri ameaça, fiquei na casa de um amigo. A noite virava dia muito rápido, minha mente ficou maluca. Então eu peço desculpas para a mãe dele, quero falar olhando no olho dela, pedir perdão, ouvir o que ela tem para falar. Tirar esse peso que tem nela e dentro de mim”.

O funkeiro MC Kevin morreu em maio deste ano após cair da sacada do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

‘Doei todo o lucro para família dele’, diz Gabily sobre clipe gravado com Mc Kevin antes do acidente com o funkeiro

O programa The Noite dessa quarta-feira (1º) entrevistou, dentre outras atrações, a cantora Gabily, responsável pelo maior número de clipes lançados em 2020. “Eu lancei 21 músicas com clipe”, disse a cantora. O maior sucesso de Gabily nesse período foi “Bilhete Premiado”, com O Chris e participação do MC Kevin. Só este clipe da cantora já acumula mais de 13 milhões de visualizações em redes sociais.

“É o meu maior hit, então, desde que eu compus a música, no tempo de composição que eu fiz em São Paulo, inclusive, a gente já sabia que seria uma virada de chave na minha carreira”.

A cantora Gabily falou sobre o sucesso que foi esta canção e da tristeza diante da morte do amigo. “A gente já sabia que seria sucesso, inclusive a gente já trocava áudio, eu, Kevin e o Cris, essa é a música! Vamos fazer e tal? Só que daí aconteceu a fatalidade com o meu amigo Kevin, que participou do clipe, infelizmente, eu acho que isso de uma maneira ou outra acabou potencializando mais, porque as pessoas queriam assistir o último trabalho dele”.

“E ele sofreu o acidente no mesmo hotel que a gente gravou o clipe. Então, tipo foi horrível, a gente gravou numa quarta e no sábado aconteceu tudo lá”, lamentou a cantora.

E por fim Gabily conclui: “Para mim foi bem complicado lançar esse clipe, eu decidi lançar depois que conversei com a mãe dele, eu doei todo o lucro para família dele, eu não fiquei com nada da música”.

A artista está lançando um novo single: “Vou Jogar Para Você”. Gabily revelou que vai lançar seus conteúdos em plataformas como o OnlyFas e Instagram. “Sim, vai lançar agora esse mês os conteúdos e eu estou muito feliz, porque foram plataformas que ajudaram muita gente na pandemia para fins lucrativos mesmo”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Caso MC Kevin: Após investigação, Polícia Civil pede arquivamento e considera que a morte do cantor como uma fatalidade

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai solicitar à Justiça o arquivamento do inquérito policial sobre o caso envolvendo a morte do funkeiro MC Kevin. O cantor morreu em maio deste ano, após cair da sacada de um hotel de luxo na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

A Polícia Civil chegou a esta decisão após verificar a falta de elementos que caracterizem o crime. Na semana passada, a polícia tomou novos depoimentos, como por exemplo o da modelo Bianca Dominguez, que estava na companhia de MC Kevin no momento em que ele caiu do prédio. O depoimento não trouxe novos elementos para a investigação. Mas não é só isso…

Os agentes chegaram a conclusão que Kevin tentou sair do quarto em que estava hospedado pulando a varanda para alcançar o andar de baixo do prédio, se desequilibrou e caiu. Para os investigadores, o caso se tratou de uma fatalidade.

No dia do acidente, MC Kevin foi flagrado por imagens de câmeras de segurança cambaleando, antes de se dirigir ao quarto de hotel onde estava hospedado. De acordo com a mulher de Kevin, Deolane Bezerra, o marido havia feito uso de álcool e drogas, informação que foi confirmada no dia 27 daquele mês, por meio de exame toxicológico.
O cantor MC Kevin morreu aos 23 anos, após cair do quinto andar do Hotel Brisa Barra, onde estava hospedado, na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, no dia 16 de maio deste ano.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.