‘Que veja, pô’, diz Mourão sobre analise de pedidos de impeachment de Bolsonaro

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta terça-feira (20). A atitude do vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), de querer analisar os 127 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, fez com que o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, comentasse nessa segunda-feira (19), a decisão tomada pelo parlamentar. Em conversa com a imprensa o vice-presidente disse: “Que veja, pô”.

A fala de Mourão ocorreu na saída do Palácio do Planalto e veio em um momento de muitas discussões sobre a aprovação de quase R$ 6 bilhões para o fundo eleitoral e da declaração feita pelo vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos, que se colocou como oposição ao governo.“Vamos ver até onde vai durar essa oposição, né? […] E a questão do Marcelo Ramos querer ver os pedidos de impeachment… Tá bom. Que veja, pô”, disse Mourão.

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, só poderia colocar os pedidos em tramitação, de forma legal, se estivesse em exercício do poder na Casa Legislativa, no caso de licença, por exemplo, do atual presidente Arthur Lira (PP-PL). Marcelo Ramos, no entanto, já descartou a possibilidade de dar andamento ao pedido de impeachment do presidente Bolsonaro, estando provisoriamente como presidente da Câmara.

Os deputados ampliaram de R$ 2 bi para R$ 5,7 bilhões o dinheiro revertido para o fundo eleitoral em 2022 numa sessão que aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), comandada por Marcelo Ramos. A aprovação da LDO gerou muitas críticas no Congresso e na opinião pública. Houve muitas críticas nas redes sociais porque alguns bolsonaristas também apoiaram o aumento do fundo eleitoral.

Ao receber alta hospitalar nesse domingo (18), Bolsonaro culpou Marcelo Ramos pela ampliação do fundo eleitoral.“O responsável por aprovar isso aí e o Marcelo Ramos, lá do Amazonas, o presidente. O Marcelo Ramos que fez isso tudo. Se tivesse destacado, talvez o resultado teria sido diferente. Então, cobre em primeiro lugar do Marcelo Ramos”, contou o presidente.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.