Defensoria Pública entra com ação contra ex-deputado que chutou idoso que foi flagrado agredido cachorro a pauladas

Uma notícia chamou atenção dos internautas nesta manhã de sábado (30). A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA) entrou em ação contra o ex-deputado estadual Marcell Moraes após ele agredir senhor que havia sido flagrado agredindo cachorro.

Leia mais em:

Ex-deputado chuta idoso que agrediu cachorro de rua com pauladas e responde críticas: “Não tenho sangue de Barata”

Júlio Ferreira dos Santos agrediu um cachorro de rua e foi flagrado por um cinegrafista amador. Logo depois, o ex-deputado estadual Marcell Moraes identificou o homem e tentou tirar satisfações, mas perdeu o controle e acabou chutando e humilhando o idoso.

A Defensoria Pública pede a retirada das imagens da rede e o pagamento de danos morais à Júlio Ferreira.

O idoso buscou a DPE na manhã de ontem (29) e prestou depoimento que será usado na ação contra o ex-deputado. Além disso, o idoso foi encaminhado para fazer exame de corpo de delito.

Em uma postagem na página Salvador Invisível, Júlio pede desculpas pelo seu terrível ato de agressão e diz ter sido a primeira vez. “Eu sei que cometi um mau trato contra o meu cachorro e estou muito arrependido disso. Eu nunca fiz isso, nunca fiz. Eu sempre dormi com o meu cachorro debaixo dos baús de caminhões e em uma barracazinha no porto do Comércio, viu abençoado? Tenho um amigo no portuário que é veterinário e que me ajuda muito com Amoroso. Ele sempre foi manso, sabe? Mas de ‘uns tempos pra’ cá começou a avançar nas ‘pessoa’ e até já mordeu uma criança”, diz no início da postagem.

A página Salvador Invisível afirmou que vai enviar uma representação contra o ex-deputado para o Ministério Público nos próximos dias. Além disso, vai acionar a Defensoria Pública, Conselhos Municipais de Idosos e de Assistência Social, e também à Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.