Bandidos roubam carro de secretaria de saúde carregado de vacinas e revoltam a população

Um caso revoltou os internautas nesta manhã de terça-feira (13). Bandidos roubaram um carro pertencente à Secretaria Municipal de Saúde de Timon, município no interior do Maranhão, que estava com um lote de 1.250 doses de vacinas contra a gripe do tipo Influenza H1N1.

O caso ocorre na última segunda-feira (12) por volta das 10h30 em frente a Policlínica de Timon. As informações foram dadas pelo secretário municipal de Segurança, Júnior Bacelar.

Assim, após o roubo, a Polícia Civil, Polícia Militar e a Guarda Municipal tentaram localizar o carro roubado.

Na investigação, os policiais tentam descobrir se o roubo foi premeditado e que os bandidos tinham intenção de roubar as vacinas de forma intencional.

A prefeitura de Timon fez uma nota esclarecendo o caso e afirmando que o roubo não “compromete a vacinação contra a gripe”.

Leia a nota na integra: Nota de Esclarecimento

 

A Prefeitura de Timon através da Secretaria Municipal de Saúde ( SMS) vem a público esclarecer que, na manhã desta segunda-feira (12), um veículo pertencente a frota municipal da SMS foi assaltado. O carro realizava no momento transporte das vacinas contra a Gripe (INFLUENZA).

 

Logo que foi informado do ocorrido a administração acionou a Guarda Municipal, a Polícia Militar e a Polícia Civil do município, que já realizou a perícia técnica e confirmou que a térmica contendo 1.250 doses que estavam dentro do veículo já foram  recuperadas.

 

O ocorrido não compromete a Vacinação contra a Gripe. A campanha inicia amanhã (13), para as crianças de 6 meses a menores de 2 anos nas 19 UBSs selecionadas.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Jovem casal é morto dentro de casa e gera mistério na região

Mais uma notícia triste vem sendo divulgada nas redes sociais nesta sexta-feira (5). Um casal que não teve a identidade revelada foi executado a tiros dentro de casa na Rua Santos Dumont, Bairro Waldir Filho, no município de Lagoa Grande MA, na madrugada de quinta-feira (4). 

O delegado Rodson, de Lagoa Grande, tem trabalhado com a hipótese de que o casal teria envolvimento com o tráfico de drogas em Lago da Pedra o que motivaria o crime. De acordo com o delegado o casal já vinha sofrendo ameaças e teria ido morar em Lagoa Grande para evitar retaliação. 

O homem nasceu no município de Arame enquanto a mulher era natural de Lagoa Grande. Há indícios de que os assassinos seriam de Lagoa da Pedra e a motivação do crime acerto de contas. Até o fechamento da matéria a polícia ainda não tinha pistas sobre os assassinos. 

Da redação do Acontece na Bahia  

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional, Social.