Apresentadora Maju Coutinho se indigna ao vivo e dispara: “Tem que punir mesmo! Ele tem que se apresentar”

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (20). A jornalista Maju Coutinho mostrou-se bastante indignada e revoltada no Jornal Hoje, exibido ontem, enquanto comentava sobre o caso da porteira de um prédio que foi humilhada e xingada por um morador.

“Solidariedade à ela. Racismo arraigado. Tem que punir mesmo. Que que é isso?! Dinheiro tem, tudo tem, educação não tem, consciência não tem? Olha, nós também tentamos entrar em contato por telefone com Vinicius Pereira da Silva mas ele não atendeu. Ele tem que se apresentar pra depor até amanhã”, disse Maju.

Entenda o caso

Durante os seus serviço como porteira em um prédio de luxo na região nobre de Goiânia, a porteira foi xingada de “macaca” e “chimpanzé” por um morador que entrou na garagem do prédio sem se identificar. A vítima estava seguindo um procedimento padrão da empresa quando o homem se irritou e a desrespeitou. Porém, ela conseguiu filmar parte do ocorrido e terá provas contra o agressor.

Agora, o caso está sendo investigado pela polícia e ela está sendo auxiliada pela administração do prédio e pela empresa terceirizada pela qual presta serviços.

“Eu fiquei com muito medo e decidi gravar para realmente registrar que eu estava sendo ofendida, porque, se eu precisasse provar, eu teria um respaldo. Só consegui filmar no finalzinho, porque ele já estava me xingando bem antes. Foi só no final que eu consegui filmar. Eu estava muito nervosa e não conseguia colocar no vídeo”, disse a vítima.

 

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Após fala polêmica, Maju Coutinho pede desculpas ao vivo

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (18). A jornalista Maju Coutinho veio a público pedir desculpas sobre suas falas no jornal da última terça-feira (16). Na edição de terça, ao falar sobre as medidas de prevenção a Covid-19, como o lockdown, Maju disse: “Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para a gente reclamar, é isso que tem”.

O termo, “o choro é livre” foi bastante criticado na internet. Com isso, Maju veio a público pedir desculpas. Leia abaixo as falas da jornalista.

“Ontem, para reforçar a necessidade do isolamento social, eu usei no improviso uma expressão infeliz que precisa de um complemento para deixar bem claro o que queria dizer. Eu reitero hoje aqui esse desejo, me desculpo pela expressão que usei anteontem e vamos nessa, bola pra frente. Eu quis dizer que por mais que sejam amargas as medidas de isolamento, são necessárias para evitar o colapso do sistema de saúde, mas eu também entendo perfeitamente a dor dos pequenos e médios empresários que têm que manter os negócios fechados”.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Globo se manifesta após Maju Coutinho dizer o “choro é livre” para aqueles que reclamam do lockdown

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (18). Após Maju Coutinho falar no Jornal Hoje sobre as restrições sanitárias que são feitas na pandemia e repercutir de forma bastante negativa na web, a TV Globo se manifestou ontem, através da coluna do jornal Metrópoles. Para eles, mesmo que as palavras usadas por Maju tenham sido duras, elas foram necessárias. Além disso, reforçaram que a jornalista torce para que o governo ajude empresários e famílias.

“Maria Julia Coutinho quis dizer ontem que, por mais amargas que sejam, as medidas de isolamento social são necessárias. Sobre a dor daqueles que precisam manter seus negócios fechados, assunto abordado no Jornal Hoje desta quarta-feira, Maria Julia Coutinho disse ao final da reportagem: ‘Desejo também agilidade do governo e do Congresso para atender os empresários e também as famílias que estão aguardando auxílio emergencial’”, disse a central de comunicação da Globo para o Metrópoles.

Na edição do Jornal Hoje da última terça-feira, Maju Coutinho chegou a dizer que o “choro é livre” para aqueles que reclamarem das medidas de combate ao coronavírus, como o lockdown. “Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para a gente reclamar, é isso que tem”, disse a jornalista.

Internautas de todo o Brasil reagiram a fala da jornalista, alegando insensibilidade por parte da jornalista para com as famílias desempregadas e que precisam do comércio para sobreviver.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Enquanto apresentava, jornalista Maju Coutinho se confunde e chama colega apresentador Fábio Turci de “Trump”

Uma história inusitada tomou as manchetes nesta quinta-feira (14). Isso porque uma querida apresentadora protagonizou um caso engraçado com um colega de trabalho. Mas afinal, o que aconteceu?

Enquanto apresentava o Jornal Hoje, Maria Júlia Coutinho, a Maju, falou sobre alguns destaques do dia. Então, em certo momento ela recebeu uma participação do jornalista Fábio Turci logo depois falar sobre o início do processo de impeachment de Trump. Nessa hora, Maju acabou se confundindo e gerando uma situação engraçada.

No chamado, Maju acabou chamando Turci de Trump e caiu no riso: “E falamos também sobre o impeachment do presidente Trump, que agora vai para o senado, né Trump? Ou, Trump, olha, Turci, é porque é tudo com ‘T’ né?” Confira como foi:

O deslize teve uma recepção bem humorada pelas redes, que comentaram sobre a situação com bastante descontração.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.