Com covid-19, mãe de Ronaldinho Gaúcho morre aos 71 anos por complicações da doença

Uma notícia chocou os internautas e amantes do futebol neste sábado (20/2).Por complicações relacionadas à covid 19, faleceu neste sábado (20) aos 71 anos, Dona Miguelina mãe do ex-jogador de futebol e da seleção brasileira Ronaldinho Gaúcho. As informações confirmam que desde dezembro do ano passado ela lutava contra a doença no Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre. Uma pessoa do convívio familiar confirmou que Dona Miguelina tinha apresentado melhora no boletim médico, mas que uma infecção a fez piorar. De acordo com informações o estado de saúde da mãe de Ronaldinho Gaúcho piorou esta manhã   e após ter sido comunicado à família a piora no seu estado clínico ela veio a óbito no final da tarde de hoje (20/2).

O ex craque da seleção brasileira ainda não estava no local até o fechamento da matéria, porém dois irmãos dele (Roberto Assis, que também é o empresário de Ronaldinho e Deise Moreira) estavam.

Ronaldinho Gaúcho havia comunicado nas redes sociais em dezembro passado a internação de sua mãe.

“Queridos amigos, minha mãe está com covid-19 e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força mãe”, comunicou Ronaldinho …

O ex jogador de futebol colocou em seu perfil no Instagram uma foto que simboliza luto e até o momento não se pronunciou sobre a morte de sua mãe hoje à tarde. Nas redes sociais as pessoas se manifestaram em apoio à família e prestaram homenagens e condolências.

O clube Atlético-MG que já havia prestado uma homenagem à Dona Miguelina em 2012, tendo levado aos estádios uma bandeira gigante com o rosto dela que por ocasião se recuperava de um câncer, se manifestou por meio das redes sociais lamentando o ocorrido.

 

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Social.