Em nova pesquisa, já deste ano, Lula oscila entre 14% e 17% pontos de margem de vantagem sobre Bolsonaro para o primeiro turno

A nova pesquisa trouxe vários cenários e novos dados para a provável disputa entre os dois

A pesquisa do Instituto Idea/Exame, trouxe novos dados, coletados já no vigente ano. Foram abordados dois cenários para o primeiro turno, a pesquisa espontânea e a estimulada. Na estimulada, os candidatos são previamente apresentados. Já espontânea, os candidatos não são apresentados. Confira os resultados:

Cenário 1 – Estimulada

Lula (PT): 41%
Jair Bolsonaro (PL): 24%
Sergio Moro (Podemos): 11%
Ciro Gomes (PDT): 7%
João Doria (PSDB): 4%
Rodrigo Pacheco (PSD): 1%
Simone Tebet (MDB): 0%
Aldo Rebelo (sem partido): 0%
Alessandro Vieira (Cidadania): 0%
André Janones (Avante): 0%
Leonardo Péricles (UP): 0%
Luiz Felipe D’Ávila (Novo): 0%
Ninguém/Branco/Nulo: 7%
Não sabem: 4%

Cenário 2 – Espontânea

Lula (PT): 34%
Jair Bolsonaro (PL): 20%
Sergio Moro (Podemos): 4%
Ciro Gomes (PDT): 4%
João Doria (PSDB): 1%
Rodrigo Pacheco (PSD): 0%
Simone Tebet (MDB): 0%
Aldo Rebelo (Sem partido): 0%
André Janones (Avante): 0%
Outros: 1%
Ninguém/Branco/Nulo: 12%
Não sabem: 25%

Além disso, para o segundo turno o foco foi uma possível disputa entre Lula e Bolsonaro, já que ambos são os que mais têm intenção de voto. Contudo, Moro, Doria E Ciro também foram colocados em questão. Confira:

Lula x Jair Bolsonaro
Lula: 49%
Bolsonaro: 33%
Branco/Nulo: 13%
Não sabem: 5%

Lula x João Doria
Lula: 49%
Doria: 26%
Branco/Nulo: 21%
Não sabem: 4%

Lula x Sergio Moro
Lula: 47%
Sergio Moro: 30%
Branco/Nulo: 19%
Não sabem: 4%

Lula x Ciro Gomes
Lula: 47%
Ciro Gomes: 25%
Branco/Nulo: 24%
Não sabem: 4%

A pesquisa é registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e ouviu 1500 pessoas entre os dias 9 e 13 de janeiro deste ano. A margem de erro dos dados é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Em vídeo, Moro elogia política do governo Lula: “Foi importante”

O pré-candidato à Presidência, Sergio Moro (Podemos), surpreendeu ao elogiar a política social do governo Lula.

Em suas redes sociais, Moro compartilhou um vídeo defendendo as ações da Operação Lava-Jato e critica o Partido dos Trabalhadores. Entretanto, ele afirma não ter problemas com Lula e ainda elogia uma política do governo dele.

“Agora, não é uma questão pessoal. Eu nunca tive nenhum problema pessoal com o ex-presidente Lula, acho que, durante o governo dele, essa ênfase na política social foi importante”, disse Moro. “Embora tenha sido uma continuidade do Bolsa Escola, do presidente Fernando Henrique”, emendou.

O vídeo traz uma entrevista do ex-juiz relembrando as conquistas da operação Lava-Jato. As condenações dadas por Sergio Moro, no entanto, foram anuladas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado.

Contudo, os elogios a Lula foram bem sucintos. Logo depois, ele criticou novamente o ex-presidente. “Se tem escândalos sucessivos no governo, que foi o caso do PT com mensalão, petrolão, você tem que responder por seus atos”, disse.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Médium que acertou previsões para 2018 diz que em 2022 Lula ganhará e que Bolsonaro pode acabar desistindo e concorrendo para senador

Ele acertou muitas previsões dos últimos anos e agora deu um parecer sobre o que pode ocorrer nesse

Um suposto médium está dando o que falar nas redes sociais. Em 2017, Eric Satine acertou que Lula seria preso, que Bolsonaro ganharia e teria um governo decadente que entraria em declínio. Então, o intitulado médium ganhou muita credibilidade e repercussão. Agora ele fez novas previsões para 2022.

De acordo com o portal Jornal de Brasília, Satine afirmou que as eleições desse ano serão de muita polarização e caos. Lula venceria logo no primeiro turno e teria que tomar cuidado nos meses que antecedem a disputa. Em outro cenário, Satine relatou que o governo de Bolsonaro decairia ainda mais. Por conta disso, haveria chances de que Bolsonaro desistisse da disputa para concorrer ao cargo de Senador. Fazendo isso, ele manteria o foro privilegiado e conseguiria driblar por mais tempo processos administrativos ou judiciais.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

“Eles não sabem o que é fome”: Jorge Solla apoia Lula e ressalta a necessidade de ajudar as famílias desassistidas que estão esquecidas no momento atual

Sem dúvidas, os indicadores de fome no Brasil pioraram muito nos últimos dois anos. Grande parte disso por conta da vigente crise, mas outra parcela significativa se dá pela ausência de políticas públicas da atual gestão dedicadas ao tema. Diante disso, o deputado federal Jorge Solla (PT) demonstrou apoio a uma afirmação do ex-presidente Lula. Nas redes sociais, Lula falou sobre a fome e sobre a necessidade urgente de resolver o problema; ele escreveu:

“Aqui ninguém tem que ser revolucionário, nós temos que ser cristãos, democratas, humanistas. Nós temos que ser seres humanos para a gente poder olhar na cara das pessoas e dizer: “Você também tem o direito. Eu vou comer um peru no Natal e você também tem direito de comer”. Em apoio ao ex-presidente, Jorge Solla pontuou que a elite bolsonarista não está se preocupando com a fome do povo brasileiro e afirmou:

“Pra nossa elite, Lula, querer que o povo brasileiro coma todos os dias é revolucionário, tem que ser combatido, um radical. Essa turma reelegeria Bolsonaro, diz Datafolha. Não tem nenhuma empatia com as milhões de famílias que tão no desespero. Eles não sabem o que é isso.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.