Lula afirma que Bolsonaro foi “estúpido” e fez “graça” após decidir conceder indulto

Durante entrevista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta terça-feira (26) que o atual presidente Jair Bolsonaro foi “estúpido” e fez “graça”. Mas afinal, do que Lula estava falando?

Lula estava comentando sobre o indulto concedido a Daniel Silveira por Bolsonaro. Silveira foi condenado pelo STF após ser julgado por estimular atos anti democráticos e ataques aos ministros do Supremo e a instituições. Depois da decisão, Bolsonaro anunciou um perdão, uma “graça”, para Silveira. Diante disso, Lula afirmou:

“Ninguém é obrigado a gostar de mim, mas as pessoas são obrigadas a respeitar aquilo que está acontecendo em benefício de todos no país. Por isso é que eu acho que o Bolsonaro foi estúpido quando fez essa decisão que ele tomou, essa graça que ele fez. Porque ele acha que é graça mesmo, sabe? Não graça no sentido do benefício jurídico, mas a graça do ponto de vista de sorrir[…]A Suprema Corte tinha condenado o cidadão a nove anos de cadeia, porque o cidadão desrespeitou a instituição, ofendeu, xingou. Não sei se está certo também porque não sou advogado. Mas se ele desrespeitou e fez o indulto, quem é que vai julgar? É a própria suprema corte. Mas o que aconteceu? Ele [Bolsonaro] transformou isso num fato político, em que a imprensa, desde quinta-feira não fala de outra coisa a não ser nisso. De manhã, de tarde e de noite.”

Da Redação do Acontece na Bahia com informações do portal G1

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

“Gás de cozinha tem que ser considerado um bem da cesta básica”, afirma Lula ao criticar alta nos preços

Durante conversa com a equipe da rádio Conexão 98 FM, de Palmas, Tocantins, Lula (PT) afirmou que está preocupado com os brasileiros que não têm condições de comprar gás de cozinha e estão se arriscando para cozinhar com lenha. Recentemente, muitas pessoas têm se acidentado, e algumas dela até morrido, depois que tentaram cozinhar de maneira alternativa, principalmente com álcool. Além disso, ele criticou a política de dolarizar os combustíveis:

“Não tem sentido nesse país alguém pagar R$ 122 num botijão de 13 quilos de gás e ter gente cozinhando no meio da rua em São Paulo e no Rio de Janeiro com tijolo e lenha porque não tem dinheiro para comprar o gás. Durante todo o período que governamos o Brasil, nós não aumentamos o gás na Petrobras. O gás tem que ser considerado um bem da cesta básica. É isso que nós temos que fazer”. Lula também afirmou que, caso eleito, pretende mudar isso e “abrasileirar” os preços. Ele disse:

“Se eu voltar a governar esse país, nós vamos abrasileirar o preço do gás, o preço do óleo diesel, os preços da gasolina. Nós somos autossuficientes, o petróleo é prospectado em real, as sondas são feitas em reais, os trabalhadores ganham salário em real, portanto não há explicação para dolarizar. Não é possível uma pessoa gastar 400 reais para encher o tanque de um gol. Isso é irresponsabilidade governamental.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Alckmin é oficalmente indicado para ser vice na chapa com Lula: “Somar esforços aí pra reconstrução do nosso país”

Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Nesta sexta-feira (8), o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin foi confirmado pelo PSB como indicação para vice-presidente na chapa de Lula (PT) para a corrida presidencial deste ano. O evento de oficialização ocorreu num Hotel em São Paulo. Então, Lula e Alckmin falaram sobre a aliança. Alckmin afirmou:

“Aqui foi bem explicitado o momento grave que nós estamos vivendo, na realidade não é hora de terrorismo, é hora de generosidade, grandeza politica, desprendimento e união. Política não é uma área de solitária, a força da política é centrípeta, nós vamos somar esforços aí pra reconstrução do nosso país.” Na sequência, Lula pontuou:

“Importante saber que essa chapa, se ela for formalizada, não é só para disputar as eleições. Talvez ganhar as eleições seja mais fácil do que a tarefa de que teremos pela frente de recuperar esse país.” Além disso, A carta entregue pelo PSB ao PT afirmou o seguinte:

“Aqui foi bem explicitado o momento grave que nós estamos vivendo, na realidade não é hora de terrorismo, é hora de generosidade, grandeza politica, desprendimento e união. Política não é uma área de solitária, a força da política é centrípeta, nós vamos somar esforços aí pra reconstrução do nosso país

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Depois de ser questionado, Lula se posiciona sobre a questão do aborto e afirma: “Sou contra, mas ele existe”

Lula falou sobre um tópico muito debatido e que costuma dividir as pessoas. Ao se posicionar, ele também elencou contrapontos

Nesta quinta-feira (7), o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva comentou sobre um assunto que sempre divide a população: o aborto. Recentemente, Lula havia dito que “mulheres pobres morrem”, enquanto “madame pode fazer um aborto em Paris”, gerando bastante repercussão. Então, ele resolveu se posicionar mais claramente e explicar o que quis dizer.Em entrevista à rádio Jangadeiro, Lula disse o seguinte:

“Essa pergunta já chegou pra mim umas mil vezes: eu sou contra o aborto, mas é preciso transformar numa política pública. Mesmo eu sendo contra, ele existe, ele se dá com uma pessoa de alto poder aquisitivo, ela vai ao exterior e se trata. E o pobre, como faz?[…]O que acho é que o aborto tem que ter atenção do estado, o estado tem que cuidar dessas pessoas. É uma questão de bom senso. Por mais que a lei proíba e a religião não concorde, ele existe, a partir do momento em que a pessoa esteja no processo de aborto, o estado tem que amparar essa pessoa.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.