Ex-ministro Luiz Henrique Mandetta diz que Bolsonaro e família tem obsessão por “região íntima”

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quinta-feira (11). Em resposta ao comentário feito pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que mandou a população brasileira enfiar a máscara de proteção contra a covid 19 no rabo, Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da saúde, comentou que Bolsonaro (sem partido) e os filhos têm verdadeira obsessão por ”essa parte da anatomia”. 

“Isso aí é o álibi que muita gente quer para terceirizar sua responsabilidade. O presidente, o filho têm um certo tropismo por essa região anal”, ressaltou o ex-ministro em entrevista à GloboNews.O ex-ministro comentou ainda que Bolsonaro e os filhos distorcem a realidade e não observam a verdade inegável.

 “Essas pessoas quando o fato chega dizem: eu nunca fui contra a vacina/máscara… é capaz deles condecorarem algum cientista para rever a sua narrativa. Isso serve para justificar o injustificável”, comentou o ministro. 

Mandetta ainda criticou a atitude da comitiva brasileira que não usou máscaras durante encontros em Israel. Ele observou que na comitiva israelense todos os integrantes usaram máscaras de proteção. 

“Não adianta não saber usar a máscara, deixar o nariz aparecendo … quem deixa o nariz para fora também deixa outras regiões do corpo de fora”, disse. “Isso só alimenta o negacionismo”, concluiu Mandetta. 

Da redação do Acontece na Bahia 

 

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Luis Henrique Mandetta, ex ministro de saúde se sentiu desconfortável com a aproximação do (DEM) ao atual Presidente da República.

Mandetta é apontado como o principal nome do partido para fazer oposição a Bolsonaro em 2022. O ex ministro da saúde tem reunião marcada com o presidente do Democratas,ACM Neto, pra depois do carnaval. Na pauta está a discussão do rumo do partido pra 2021 e a premissa de não condicionar o apoio a Bolsonaro a acontecimentos ao longo do ano.

De acordo com o blog de Andreia Sadi, no site G1, em bastidores o ex ministro comenta que o movimento de Neto ‘’ tira a confiança’’ no objetivo de uma candidatura à presidência capitaneada pelo DEM.

 

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.