Pré-colapso: Bahia chega a 88% de ocupação, o que pode forçar o governo a estender as medidas de restrição

Um dado preocupante chegou ao povo nessa quarta-feira (10). Isso porque um indicador crítico da pandemia veio à tona.

Os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para adultos disponíveis no SUS (Sistema Único de Saúde) chegaram a 88% de ocupação. No total, são 2.375 exclusivos para o tratamento da covid-19 e atualmente 1.871 deles já estão ocupados. Esse indicador alarmante deve fazer o governo da Bahia estender as medidas restritivas ainda vigentes. Mas não é só isso.

De acordo com pronunciamentos recentes das autoridades de saúde, a situação não é muito diferente nos leitos de hospitais particulares. Sendo assim, independente de um bom plano de saúde ou da condição financeira do paciente, há o risco de que ele não consiga um leito de UTI também na rede privada. Nos últimos três dias, a ocupação dos leitos de UTI adulto do SUS estão subindo em aproximadamente 1% a cada dia, o que representa a demanda média de 23 vagas de UTI por dia, apenas nessa modalidade de leito, sem contar a rede privada e sem contar a demanda por leitos comuns.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Técnica em enfermagem fica em “UTI improvisada” por falta de vagas e morre à espera de um leito: “Lutou bravamente na linha de frente!”

Uma triste e revoltante história tomou as manchetes nesta manhã de quarta-feira (4).  A técnica de enfermagem Eliandre Boscato, de 43 anos, faleceu devido às complicações da Covid-19 após esperar por uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um hospital de São Miguel do Oeste (SC). O caso ocorreu na segunda-feira (1º).

De acordo com o site G1, a mulher esperou por um leito desde o dia 24 de fevereiro em São Carlos (SC), onde ela estava internada a priori.

Assim, mesmo com a transferência de unidade de saúde, Eliandre não conseguiu uma vaga na UTI e recebeu o tratamento intensivo de forma improvisada. As informações foram repassadas pelo próprio hospital.

A mulher estava internada desde o dia 20 de fevereiro. Nesse contexto, ela recebeu atendimento inicial no hospital em que trabalhava há mais de 10 anos, a Associação Hospitalar Pe. João Bethier, em São Carlos. No entanto, a unidade não tem leitos de UTI, o que forcou a enfermeira a ser transferida após a piora em seu quadro clínico.

Entretanto, a transferência para São Miguel do Oeste, que ocorreu no dia 27, não foi suficiente, visto que o hospital estava lotado e não haviam leitos de UTI vagos. Assim, a mulher recebeu o tratamento de forma improvisada no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso.

Eliandre Boscato lutou bravamente contra a doença, porém, não resistiu. A mulher deixa para trás uma filha.

“E assim o vírus faz mais uma vítima! Quantas vidas você ajudou a salvar! Lutou bravamente na linha de frente! Mas Deus precisou que você voltasse para casa e curasse os que estão chegando lá!”, comentou uma amiga em homenagem nas redes sociais.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Governador Rui Costa desabafa sobre situação atual: “Leitos da Fonte Nova são a única reserva do estado”

Uma notícia alarmante veio preocupar a população nesta quarta-feira (17). Segundo informou o governador do estado da Bahia, Rui Costa (PT), todos os leitos disponíveis na rede estadual e aqueles contratados junto à rede privada foram abertos e disponibilizados a pacientes com covid-19 com exceção os da Fonte Nova. Segundo informou o governador, os equipamentos do hospital de campanha retirados do estádio são “a única reserva que temos de leitos a abrir nos próximos dias, caso a situação se deteriore”, destacou. Mas não é só isso.

Rui Costa afirmou que se preciso o posto na Fonte Nova será reaberto, mas espera não precisar uma vez que, esgotada esta margem de segurança, o sistema de saúde entrará em colapso. Rui desabafou:

“Mas é isso que queremos evitar, porque na hora que você tem que lançar mão da última reserva que você tem, do último estoque de leitos, significa que depois disso não há o que fazer: é recusar paciente e ver a fila de ambulância se acumular nas portas das Unidades de Pronto Atendimento(UPAs) e dos hospitais e famílias gritando desesperadas. É essa cena que nós estamos procurando evitar’’, completou.

Questionado sobre postos de saúde desativados na cidade o governador afirmou se referindo ao que existia no Wet’n Wild, na Paralela, em Salvador, se tratar de responsabilidade da prefeitura local.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Politica, Regional, Social.

Ilhéus e Itabuna: Mais de 90% dos leitos de UTI estão ocupados. A situação é preocupante

A situação preocupante das cidades de Itabuna e Ilhéus continua sendo destaque nesta quarta-feira (17).  A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), divulgou ontem, terça-feira (16), através da ferramenta Centro de Acompanhamento da COVID-19 na Bahia, os dados alarmantes das duas cidades do sul do estado: as duas estão com 92% dos leitos adultos ocupados para o tratamento da covid-19 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A situação não é grave apenas nessas duas cidades. Em toda a Bahia, os leitos de UTI direcionadas ao Covid-19 estão com 95% de ocupação. Os leitos clínicos também estão com alta porcentagem, estando com 89% de ocupação.

Por conta dessa situação, o governador do estado, Rui Costa, decidiu voltar com o toque de recolher entre os horários das 22h às 5h. A medida começa a valer na próxima sexta-feira e valerá por sete dias para toda a Bahia, exceto a região Oeste, Irecê, Jacobina e Alagoinhas. Aqueles que desrespeitarem o toque, seja estabelecimento ou pessoa física, será indiciado por crime contra a saúde pública.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.