Jornalista Leda Nagle pede desculpas após divulgar, em live, mentira de que “Lula mataria Bolsonaro”

Ainda nesta terça-feira (20), um caso curioso chama a atenção da mídia. Trata-se de uma notícia falsa sobre um plano para assassinar o presidente Jair Bolsonaro.

Neste sábado (17), durante a transmissão de uma live, a jornalista Leda Nagle, de 70 anos, divulgou uma notícia falsa ao ler mensagem atribuída ao diretor-geral da Policia Federal, Paulo Maiurino, que dizia haver um plano para matar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sob organização do ex-presidente Lula (PT) em parceria com Supremo Tribunal Federal (STF). Entretanto, a informação veio de um perfil falso que já foi denunciado pela própria PF.

Em trecho da live que foi divulgado nas redes sociais a jornalista leu: “Acreditem ou não, mas o STF quer acabar com o presidente. Porém, eles não irão conseguir por um motivo bem forte, mais da metade das cadeiras dos urubus de capa preta receberam propina e antes que caia meu perfil novamente vou dizer para vocês, a ideia de matar Bolsonaro”.

Após a viralização do trecho, que chegou a ser um dos assuntos mais comentados do Twitter, a jornalista divulgou uma nota se desculpando e criticando o vazamento do vídeo: “Algum membro do grupo, por má fé ou porque ficou impactado pela notícia, pinçou um trecho de 2 minutos de uma live de 47 minutos e viralizou antes mesmo que eu tivesse voltado com a checagem completa da informação”.

Leda Nagle apresentou o jornal Hoje, da TV Globo, nas décadas de 1970 e 1980. Apresentou, também, o programa de entrevistas “Sem Censura”, da TV Brasil. Ultimamente, tem realizado transmissões pela internet e se mostra alinhada com o bolsonarismo.

Veja nota completa divulgada

“O Clube da Notícia é um grupo de conteúdo fechado onde toda noite eu comento as principais notícias do dia. Os membros do Clube têm vez e tem voz e trocamos informações checando coletivamente as notícias das mídias tradicionais e da internet. No Sábado, entre outras notícias, eu li um Twitter viralizado, na live para o grupo do Clube da Notícia. Algum membro do grupo, por má fé ou porque ficou impactado pela notícia, pinçou um trecho de 2 minutos de uma live de 47 minutos e viralizou antes mesmo que eu tivesse voltado com a checagem completa da informação, até porque não tem live no domingo e isto só aconteceria as 20 horas de hoje na live aberta de toda segunda feira. Lamento o ocorrido. Agora que vocês já conhecem o que aconteceu peço desculpas”

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.