Após cirurgia na vesícula, cantora Kelly Key mostra os curativos na barriga

Uma notícia está sendo destaque nesta segunda-feira (03). A cantora Kelly Key, de 38 anos, revelou aos fãs no domingo (02) os curativos na barriga após cirurgia na vesícula, ao mesmo tempo que os tranquilizavam sobre seu estado de saúde. A alta hospitalar por conta da operação se deu no último sábado.

“Olha o tamanho. Podia ser um neném. Engraçado que as minhas estrias, agora, estão bem evidentes. Quase não se via. Estou sem enjoo e me alimentando normal. Comi arroz integral com frango cozido. Quando a gente faz essa cirurgia não pode comer alimento cru durante pelo menos dez dias. Nem estou me medicando”, comentou a famosa.

Na última sexta-feira a cantora passou pela cirurgia para retirar as pedras na vesícula. Ela também aproveitou o momento para agradecer aos profissionais que a trataram nesse período e falar sobre o procedimento:

A cirurgia foi um sucesso e já estou pronta para voltar para casa amanhã. Obrigada a todos que mandaram mensagens carinhosas.”

“Eu quero agradecer ao meu cirurgião, Dr. Silvio Henriques da Cunha Neto. Toda a equipe carinhosa e dedicada. Ao hospital! Enfermeiras queridas”, completou.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Kelly Key desabafa sobre doença de pele: “não é contagioso”

Ainda nesta quarta-feira (28) repercute o desabafo da cantora Kelly Key sobre a doença pelo a qual foi diagnosticada.

Usando seu canal do Youtube para falar a respeito da Psoríase (uma doença de pele autoimune, inflamatória e não contagiosa) e o surgimento de outras disfunções causadas pela inflamação que vieram tumultuar sua rotina.

“A psoríase me levou às outras descobertas. Meu caso agravou, as lesões ficaram muito maiores. Como elas foram aumentando ao longo desse processo, isso chamou nossa atenção. No início, eu já tinha uma dermatite seborreica na cabeça. Alguns fatores de estresse a aumentavam. Foi uma surpresa ainda por cima a psoríase ter agravado tanto. A partir dela a gente descobriu intolerância ao glúten, à lactose e a outros alimentos porque eles acabaram potencializando essa minha inflamação sistêmica”, disse ela.

Ainda no Youtube, uma especialista que conversava com a cantora explicou quais são os principais sintomas da psoríase. “Os achados clínicos típicos da psoríase são a escamação, o endurecimento da pele e a vermelhidão que ocorre no local, por isso, ela é uma lesão em placa”, disse a médica que acompanha a cantora neste tratamento.

Kelly Key revelou, em outro momento, que chegou a sofrer preconceito por causa da doença.

“Quem passa pelo mesmo que eu, sabe que é desesperador. A psoríase é desmotivante, leva a gente para lugares muito chatos e perigosos da gente ficar, como a depressão. A gente sofre o preconceito das pessoas também porque acham que é contagioso”, desabafou.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.