Quadro clínico do prefeito Bruno Covas torna-se irreversível, segundo boletim médico; Ele teve um agravamento no quadro

Uma notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (14). O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, apresentou agravamento no seu quadro clínico, que agora é irreversível, segundo o boletim médico. Ele está internado desde o dia 02 desse mês no Hospital Sírio-Libanês, tratando o câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

“O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares”, diz boletim divulgado na noite de hoje.

O prefeito havia iniciado uma nova etapa do tratamento, na qual combinava-se imunoterapia e terapia-alvo, na segunda-feira. A imunoterapia é por meio de medicamentos que reforçam o sistema imunológico, a fim dele mesmo combater o câncer; e a terapia-alvo, também feita com medicamente, mas essa é para identificar uma proteína que existe em células cancerígenas e ataca essas células.

Além disso, na semana passada, Bruno Covas precisou passar por sessões de radioterapia para conter um sangramento na cárdia.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque.

Quadro clínico de Paulo Gustavo é irreversível, mesmo com ele apresentando sinais vitais; Boletim foi divulgado nesta terça

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (04). Por conta da piora do quadro do ator Paulo Gustavo, o seu estado de saúde é irreversível, mesmo com ele apresentando sinais vitais, segundo as informações do boletim médico.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

“A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, diz o boletim.

A fístula broncovenosa que Paulo apresentou é uma abertura que ocorre entre os pulmões e as veias. Por conta disso, a entrada de ar na corrente sanguínea é acarretada, a chamada embolia gasosa. Ainda segundo o boletim, essa entrada de ar foi disseminada, tendo afetado o sistema nervoso e assim, tornando-o irreversível o quadro. No último dia 2, os médicos haviam divulgado um boletim falando sobre a embolia e as lesões cerebrais. Relembre o que a equipe médica pontuou:

Boletim antigo do último domingo

“Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de Covid-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves. Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. A equipe médica emitiu, hoje, novo boletim: ‘Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido[…]Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido. À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade.”

Com o novo boletim e a categorização do quadro como “irreversível” a luta do ator pela vida se intensificou.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.