Equipe de Paulinha Abelha nega notícias falsas sobre morte cerebral da cantora: “É mentira”

O marido da cantora Paulinha Abelha, o Clevinho Santos, usou as redes sociais para negar as fake news de que a cantora teria sofrido morte cerebral.

“Está sendo estudada uma transferência, mas o estado clínico dela ainda não permite o deslocamento. Mas, desde já, cancelo as muitas fake news de que ela está em morte cerebral. Isso é mentira”, afirmou.

“Ainda estão realizando alguns exames para constatar o que de fato está deixando ela nesse estado. Com fé em Deus ela vai ficar bem!”

Paulinha foi internada após sentir fortes dores. Nos exames, foi constatado uma alteração no rim. Nas últimas doze horas ela apresentou uma piora e entrou em coma.

“Ela passou mal em São Paulo e quando chegou aqui fez alguns exames e se constatou uma alteração no rim. Ela precisou, então, ficar internada. No momento não temos condições de dar entrevistas. Infelizmente, a Paulinha teve uma piora nas últimas 12 horas, está em coma”, explica a assessoria de Clevinho.

A equipe também aproveitou para pedir que não reproduzissem notícias falsas. “Em virtude de especulações e notas infundadas, a equipe da banda Calcinha Preta pede aos jornalistas, amigos e fãs que considerem como oficiais as informações postadas nas redes da artista e do grupo, que manterá todos cientes sobre o estado de saúde da nossa querida Paulinha Abelha. Todas os boletins serão divulgados e com assinatura dos médicos, que estão se dedicando ao tratamento da artista. Agradecemos e contamos com todos nas orações e vibrações positivas.”, pediram.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas.

‘Cérebro derretendo’, diz Whindersson Nunes ao relatar em livro episódio em que quis se internar por paranoia com drogas

O humorista Whindersson Nunes lançou recentemente seu livro ‘‘Vivendo como um Guerreiro” (editora Serena), no qual aborda uma fase difícil que viveu durante a pandemia, quando fez uso de álcool e drogas sintéticas. O artista relata no livro que sofreu com paranoias e que até mesmo os próprios amigos eram alvo de desconfiança.

Whindersson Nunes conta no livro que é adicto há algum tempo e que chegou ao ponto de desconfiar de Robson Sousa, amigo e comediante que trabalha com ele como roteirista.

“Robson é um amigo que foi amigo inteiro nesses dias. Ele me olhava para que a solidão não piorasse. Ele compreendia o alimentar da minha desconfiança. Lembro-me de um dia em que eu apalpava as cinturas dele para ver se ele estava armado e se poderia acabar com a minha vida. Imaginem! E ele cuidando de mim.”

O humorista relata no livro que pensou que sua carreira de anos no YouTube se encerraria, afogado no uso de “bala, LSD em doses cavalares e algumas outras” drogas. Whindersson Nunes disse que pensou em se internar, mas foi desaconselhado por amigos em razão do fim do casamento com Luísa Sonza. Uma internação naquele momento poderia fazer com que a cantora sofresse ainda mais ataques.

“Eu tinha medo que essa fase pudesse voltar. E eu, às vezes, pensava que eu devia me internar. E meus amigos diziam que isso seria um prato cheio para a mídia. E também não queria que isso fosse um prato cheio para que as pessoas culpassem a Luísa”.

Nunes fala ainda das noites em claro e do período mais complicado do vício, quando tinha a sensação de descontrole. “Meu cérebro derretendo. Minhas noites indormidas, virando de um lado para outro. Acusando o chão de não me caber. Tudo muito sofrido. […] Sei que foi duro, mas poderia ter sido pior. Eu poderia ter perdido tudo o que eu conquistei. Tudo. Como muita gente perde tudo”.

Segundo o humorista, a fase difícil começou a melhorar quando ele conheceu Maria Lina, sua ex-noiva. “Não digo que alguém surge na nossa vida para resolver a nossa vida. Mas sou grato à Maria. Foi nessa viagem sem fim que conheci Maria. As minhas bagunças precisavam ser arrumadas. Eu fiquei envergonhado de estar naquela situação. E fui me arrumando.”

O youtuber relata também problemas com álcool, o que potencializou o efeito e as alucinações trazidas pelas drogas. “Eu me lembro que uma vez, na minha casa, vi uma mesa com pilhas e pilhas de cerveja, de uísque, de cachaça. A bebida também é droga! Eu resolvi deixar o chão em que eu estava e me levantar.”

Whindersson Nunes exime Luísa Sonza de qualquer culpa, no capítulo final do livro, em relação ao vício dele e ainda revela que estava drogado no dia que a conheceu, em 2017.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Glória Menezes segue internada e equipe afirma que quadro dela não tem previsão de alta

Uma notícia está sendo destaque neste sábado (14). A atriz Gloria Menezes, de 86 anos, segue internada tratando a covid-19, no Hospital Albert Einstein. Ela está apresentando sintomas leves da doença, mas está se recuperando bem. Ela foi internada junto com o marido, o Tarcísio Meira, que não resistiu as complicações da Covid-19. Tarcísio chegou, inclusive, a ser intubado e fazer diálises.

O assistente pessoal da família, o Tadeu Lima, atualizou sobre o estado de saúde da atriz: Ela não faz mais o uso do respirador nasal, aparelho que estava lhe auxiliando nas dores. Porém, mesmo com a melhora, ela ainda não tem previsão de alta.

Tarcísio foi velado na última sexta-feira (14), em uma despedida restrita apenas a família e amigos. Glória, que recebeu a notícia da morte do marido com “muita, muita, muita tristeza”, não teve como participar da despedida do marido pois estava internada.

Tarcísio e Gloria foram casados por 60 anos e tiveram um filho, o Tarcísio Filho.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Internada com quadro severo, atriz Claudia Rodrigues desabafa sobre hospitalização: “Dói demais”

Uma notícia está sendo destaque nesta sexta-feira (09). A atriz Claudia Rodrigues, de 50 anos, internada em um hospital de Curitiba, apareceu pela primeira vez nas redes sociais após a internação para informar aos fãs sobre seu estado de saúde.

“Desde sexta-feira estou com muitas dores no corpo, principalmente no meu braço direito. Dói demais. Então, eu fui internada no Hospital Marcelino Champagnat e vou fazer vários exames para saber o que eu tenho”.

“Muito obrigada pelas orações e continuem orando por mim. Assim que eu tiver o resultado, volto a falar com vocês”

Diagnosticada com uma fissura no ombro, inflamação severa nos ligamentos e uma lesão na coluna, Claúdia enfrenta desde 2000 a esclerose múltipla e por conta da doença precisou se afastar do trabalho em 2013. Em dezembro do ano passado ela comunicou e tranquilizou os fãs ao dizer que que recebeu medicamentos importados dos EUA para controlar a progressão da doença.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.