Idosa entrega bilhete com pedido de socorro a uma enfermeira enquanto se vacinava e é salva

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (06). Uma idosa de 85 anos conseguiu se salvar das agressões que sofria da própria família ao pedir ajuda enquanto se vacinava. Enquanto era imunizada, a senhora entregou nas mãos da enfermeira um bilhete contando que vivia trancada e em condições deploráveis. O caso aconteceu em Iztapalapa, no México e as informações são do jornal venezuelano El Universo.

 

A enfermeira, assim que recebeu o pedido de ajuda da idosa – que estava acompanhada da filha e do genro-, acionou a Secretaria de Segurança Cidadã e as equipes foram até o local para localizar os supostos agressores.

 

Ainda segundo as informações obtidas pelo El Universo, a polícia explicou que o casal que acompanhava a idosa eram quem a idosa estava denunciando, a mantendo trancada em “condições deploráveis”, além de constantes humilhações. A idosa foi encaminhada para um local seguro. A filha, de 39 anos, e o genro, de 59, foram presos e o caso está sendo investigado.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Idosa morre depois de dois AVCs ocasionados por mordida de cobra do tipo jararacuçu

Uma triste notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (24). Maria de Fátima Barbosa Greca, 63 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (24), depois de ter sofrido dois acidentes vasculares cerebrais (AVCs), logo após ter sido picada por uma cobra da espécie jararacuçu (Bothrops jararacussu), na última quinta-feira (18), em Chácara das Tâmaras, Itanhém. 

Maria foi ferida pela serpente na Rua Manoel Moreira Senne, no bairro Chácara das Tâmaras, em Itanhém, quando abria o portão e ocorreu o acidente. Logo após a picada, Maria sofreu o primeiro AVC e o segundo aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Jardim Sabaúna, local onde recebeu atendimento. 

A família da idosa informou que ela havia sido transferida para o Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, na sexta-feira (19), e foi diagnosticada com um coágulo no cérebro sendo necessário uma intervenção cirúrgica urgente. Logo depois da cirurgia, a paciente continuou em estado grave na UTI e teve um dos rins paralisado. A família aguardava por um milagre na vida de Maria. 

Danielle Greca, filha de Maria, informou que sua mãe faleceu na manhã desta quarta-feira (24), vítima do veneno da jararacuçu: “O médico falou que o veneno da cobra continuava fazendo efeito no corpo dela. Fizeram hemodiálise por conta do veneno, mas o pulmão dela já estava com sangue, ela teve uma parada cardíaca e não aguentou”, desabafa. 

O corpo da idosa será transferido para a cidade de Passa Quatro, Minas Gerais, onde residem muitos familiares e o velório e sepultamento ocorrerá na quinta-feira (25). Maria deixa três filhos, marido e três netos. 

Foto: Danielle Greca/Arquivo Pessoal

Da Redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Idosa de 101 anos e filha de 66 anos têm alta juntas após internação por Covid-19

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira. A idosa Elisa Maciel Moreira, de 101 anos e sua filha, de 66, tiveram alta juntas após enfrentarem a internação pela Covid-19, durante quatro dias, em Palmital. A idosa já havia tomado as duas doses da vacina e isso foi essencial para o enfrentamento da doença.

A idosa teve apenas um desconforto respiratório e foi internada em leito clínico por precaução. A equipe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Palmital explicou que por conta da vacina, a idosa respondeu melhor que a filha ao tratamento.

“Nós sabemos que o fato de tomar a vacina não impede que a pessoa contraia a doença, mas é muito importante para evitar os casos graves, as complicações que o vírus pode causar. E o exemplo da dona Elisa mostra isso. Ela foi internada para um cuidado a mais por conta da idade, mas respondeu muito bem ao tratamento e nem foi solicitada internação em UTI”, explica uma enfermeira

A idosa e a filha passam bem, seguindo com o isolamento em casa por causa da idade e cuidados necessários.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

“Eu sou médica! Não aceito rodem de molecada. Você é formado em que?”, diz idosa de 72 anos após agentes pedirem que ela se retirasse de ambiente público, pois estava sem máscara

Uma história vem tomando conta das redes sociais nesta quarta-feira (17). Dessa vez, uma idosa resolveu discutir com fiscais e o jeito que ela falou é justamente o que chamou a atenção.

Aos 72 anos, uma idosa se recusou a usar máscara num ambiente público, na cidade de Bragança Paulista (SP). Então, os agentes da Vigilância Sanitária pediram que ela se retirasse, pois estava conversando com pessoas na rua e não poderia causar aglomerações, e, ainda por cima, sem máscara. Depois disso, ela se exaltou e disse aos fiscais:

“Não aceito ordem de molecada. Eu não tenho educação com quem vem me encher o saco[…]Eu sou médica e não uso máscara. No que você é formado para vir dar ordem para mim? Em Direito? E o que tem a ver com a Saúde?” Mas não termina aí.

De acordo com o portal Globo, a idosa se manifestou e reconheceu que na verdade não é formada em medicina e sim em Educação Física. Ela ainda reconheceu o erro e disse que estava irritada. Ainda segundo o portal, os agentes da vigilância desabafaram:

“A gente não faz isso porque gosta, todo mundo está vivendo um momento confuso. Espero que as pessoas se conscientizem de que a gente está vivendo algo incomum para todo mundo. Estamos no pelotão de frente, deixo a minha família para fazer isso. Eu peço que, por favor, as pessoas usem máscara”.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , .

Categoria(s): Politica.