Homem acusado de matar a namorada foge, mas bate o carro e morre preso nele logo depois

Um episódio complicado chamou a atenção nesta segunda-feira (30). Um homem de meia idade teria matado a própria companheira e fugido. Contudo, ele não esperava que, justamente durante a fuga, perderia a vida.

Tudo começou quando o homem, de 54 anos, e a companheira, de 25, estavam numa casa noturna em Salto da Lontra, no Paraná. Tudo corria bem até que o casal se desentendeu e começou a discutir. Então, o homem atirou duas vezes contra a jovem durante a briga. Em seguida, ele fugiu do local. Pessoas presentes na casa chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Entretanto, a jovem não resistiu.

Todavia, a fuga do homem não durou muito tempo. Enquanto trafegava por uma rodovia estadual, o suspeito bateu o veículo contra uma árvore. Não demorou para que o carro começasse a pegar fogo e homem morreu preso dentro do veículo. Curiosamente, a polícia atendia as duas ocorrências em simultâneo e já sabiam que o homem havia se acidentado enquanto averiguava a ocorrência da jovem.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Homem é preso após ser filmado tentando matar cachorro a pauladas

Na última terça-feira (6), um homem foi preso após ser visto matando um cachorro a pauladas.

A agressão foi gravada e salva no processo que está sendo movido contra o suspeito.

Uma audiência de custódia, realizada hoje (dia 7) irá decidir se o acusado poderá responder em liberdade pelo crime.

Além disso, a  Polícia local prendeu ele em Bebedouro, em Maceió-AL.

Após o fato o homem alegou que só bateu por causa da situação do animaç. Como o cachorro estava ferido, o suspeito pretendia sacrificá-lo com as pauladas, ao invés de levá-lo ao veterinário.

Com a sanção da nova lei, que endureceu a pena para quem praticar violência contra cães e gatos, o homem poderá ficar até 5 anos detido. A agressão foi foi gravada em vídeo. As imagens mostram o homem com um pedaço de madeira na mão, batendo diversas vezes na cabeça do cachorro. O material foi recebido pela OAB, que pretende juntá-lo ao processo como provas do crime.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Nacional.