Irmã do cantor Agnaldo Timóteo tenta entrar com uma anulação de testamento alegando que o canto tinha “confusão mental”

Uma notícia tem sido muito comentada entre os internautas. Isso porque, depois que o cantor e compositor Agnaldo Timóteo veio a falecer em decorrência das complicações causa pela Covid-19, vários familiares do cantor começaram a disputar para ver quem iria ficar com a herança. Além disso, os parentes do músico foram pegos de surpresa ao serem informados que Agnaldo havia deixado a maior parte da herança para filha adotiva, Keyty Evely. Mas não foi só isso.

Segundo a reportagem da Record exibida no domingo (9), uma das irmãs do cantor, Ruthinete teria tentado solicitar uma anulação do testamento do cantor, afirmando que ele não estaria em plenas faculdades mentais.

Ainda segundo a matéria, ela teria apresentado aos advogados um atestado médico referente ao hospital em que o cantor estava internado com Covid-19 em estado grave. E sim, o atestado comprova que Agnaldo não estava apto a responder pelos seus atos. Porém, Agnaldo Timóteo havia assinado o testamento 15 dias antes de ter conhecimento de que estava infectado pelo vírus.

Ainda durante a matéria, os advogados do músico deram uma entrevista. Sidney Lobo Pedroso, era amigo de Timóteo há mais 45 anos e hoje ele se tornou responsável pelo testamento.

Além disso, a matéria exibiu um vídeo onde mostra Agnaldo Timóteo assinando o testamento, no dia 4 de março.

“Assinei minha despreocupação. Minha preocupação alucinante é minha filha, desde março de 2008, Keyty Evelyn Cologne, que a partir de hoje eu espero que se chame Keyty Evelyn Timóteo”  declarou o cantor.

Atualmente a filha adotiva do artista tem 14 anos. Ela foi criada pelo músico e sua esposa desde os dois anos e meio. Como a adoção não foi formalizada enquanto o cantor ainda estava com vida. Advogada Maria Lucia Vieira Lobo está tomando todos os procedimentos da adoção póstuma da garota.

“Ela tem os direitos garantidos dela, por exemplo, na pensão por morte. É um valor que vai entrar enquanto não encerra o processo de inventário, porque pode demorar até que ela tenha acesso ao patrimônio, enquanto isso ela será mantida com a pensão por morte.” Afirmou a delegada.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.

Mãe de criação da filha adotiva de Agnaldo Timóteo disse que família do cantor nunca gostou da jovem

Uma notícia tem sido destaque nesta semana, Isso porque depois do falecimento do cantor Agnaldo Timóteo,em abril deste ano, seus familiares começaram a brigar entre si para ficar com a herança. Além disso, a filha adotiva do artista foi expulsa da casa do artista pois eles não aceitavam a menina como parte da família. Mas hoje quem resolveu falar sobre toda a situação, foi a mãe de criação da filha adotiva de Timóteo.

Segundo o portal R7, a mãe de criação de Keyty Evelyn, de 14 anos, resolveu dar sua primeira entrevista sobre o caso. A criança vivia com o cantor desde os 2 anos de idade, o processo de oficialização da adoção foi interrompida, pois Timóteo foi infectado pelo coronavírus e vindo a falecer em seguida. Atualmente, o advogado do cantor está tomando conta da criança, enquanto a advogada Maria Lúcia Vieira está lidando com o caso.

Em entrevista para o R7, Maria do Rosário , mãe de criação de Keyty, informou que Timóteo amava a filha incondicionalmente. Entretanto, os seus familiares rejeitavam a criança. Após várias brigas, o testamento de Agnaldo Timóteo deixou parte dos bens e todos os direitos autorais do cantor, para Keyty. A mãe da menina também informou que a familia do artista trancava os pertences do cantor para que a jovem não tivesse acesso.

No final da entrevista, Rosário informou que um dos familiares da artista encerrou o contrato dela como faxineira, e disse que Keyty tinha que procurar a família dela, pois Rosário não era a responsável por ela.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.

Após ter sido despejada de dentro da sua própria casa, Filha adotiva de Agnaldo Timóteo recebe herança e todos os direito autorais do cantor

Nesta segunda-feira (26), uma notícia tem sido destaque nas redes sociais. Pois, após a filha adotiva de Agnaldo Timóteo ter sido despejada de dentro da sua própria casa, ter que “fugir” com a empregada. Um novo capítulo dessa história aconteceu e agora, Keyty Evelyn, de 14 anos, descobriu que seu pai adotivo, Timóteo, deixou 50% da herança para ela, além de todos os direitos autorais do cantor.

Segundo o portal R7, essas informações foram confirmadas pelo o assessor e sobrinho do cantor. ele ainda informou que a relação entre Agnaldo e Keyty era algo muito amável e natural.  “Era uma relação como pai e filha, mesmo. Porque ele pegou ela com 2 anos de idade”., informou Timotinho, sobrinho e assessor do artista.

Em entrevista para o R7, Timotinho disse que, Keyty já estava preparada, em relação a morte de seu pai. “Ela teve que aceitar, porque ela já tinha passado um susto, quando o Agnaldo teve o AVC (Acidente Vascular Cerebral), em maio de 2019. Aquilo já tinha sido um baque para ela, e nós também não esperávamos que fosse acontecer. E como ele já estava entre a vida e a morte, ela já estava meio que preparada”,  disse, o sobrinho de Agnaldo

Ele ainda comentou sobre a rejeição dos familiares em relação a Keyty.”Na verdade, os irmãos nunca tiveram uma relação com a família da Keyty, nem com a menina. A relação era o Agnaldo com a garota e com a família dela. Só”, informou.

Ainda de acordo com o portal, o sobrinho do Agnaldo concluiu a entrevista, informormando que, todos os familiares, filhos, irmãos e demais parentes, irão respeitar as decisões que o artista declarou no testamento.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.

Em testamento, homem deixa herança de R$26,6 milhões para seu cachorro de estimação

Uma notícia chocante vem ganhando destaque nesta terça- feira (16). Nos Estados Unidos, Bill Dorris, um homem solteiro e que faleceu no ano passado, deixou em testamento cerca de R$ 26,6 milhões para sua cadela Lulu.

Doris, de 84 anos, era um empresário de sucesso e confiou em uma amiga para cuidar do animal, em Nashville, nos EUA. A amiga, Martha Burton, afirmou que sempre que Doris viajava, era ela quem cuidava do animal. O dinheiro, segundo o testamento, deve ser colocado em um fundo para os cuidados do animal e ser liberado em parcelas mensais. Com essa quantia, Martha, de 88 anos, poderá ser reembolsada por despesas que teria com o animal. Em entrevista ao canal de televisão do país, TV WTVT, a mulher disse:
“Eu realmente não sei o que pensar sobre isso para dizer a verdade. Ele simplesmente amava o cachorro”.

Além disso, a mulher afirmou que mesmo não sabendo se pode gastar todo o valor com o cachorro, ela vai gostar de tentar. Até o momento, não é planos dela gastar com tigela de ouro maciço para cães ou coleira decorada com diamantes.

Todo essa valor será administrado por uma pessoa de confiança que aprovará e reembolsará Martha pelas despesas que teve com Lulu, uma border collie. Porém, não ficou definido o que acontecerá caso o animal faleça antes do dinheiro acabar.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.