Justiça autoriza exumação do cantor Emílio Santiago para definir destino de herança milionária

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais neste sábado (16). A Justiça autorizou a exumação do corpo do cantor Emílio Santiago para a realização de teste de DNA, com o objetivo de definir o futuro de herança avaliada em R$ 80 milhões. O cantor faleceu há oito anos em razão de um AVC, (Acidente Vascular Cerebral), e quatro pessoas disputam a quantia milionária deixada pelo artista.
A briga judicial envolve Aleksander Nunes, que desde 2013 tenta o reconhecimento como filho do cantor.

Também o professor universitário Márcio Tadeu Francisco briga pela herança em razão de ter conseguido provar na justiça que manteve uma união estável com Emílio Santiago. Estas informações foram confirmadas pela advogada Hilzanira Cantanhede, que defende Aleksander.

Disputando a herança ainda existem outras duas mulheres. A copeira Hercília Santiago que afirmou ser irmã biológica do artista.”Ele era irmão só por parte de pai, porque meu pai já era casado, meu pai arrumou outro caso na rua e o trouxe pra minha mãe…”. E a quarta pessoa envolvida na disputa pela herança deixada por Emílio Santiago é Sandra Regina, de 51 anos, que mora na Bahia. Segundo o Balanço Geral, a mulher também se diz filha e herdeira do cantor.

O impasse causado pela briga judicial está perto de ter um desfecho em razão da Justiça ter autorizado a exumação do corpo do cantor para a realização de teste de DNA. Aleksander Nunes falou sobre a etapa de desenterrar os restos mortais do artista.
“Eu não sei exatamente ainda precisar uma data, mas com certeza não deve demorar muito, assim espero que aconteça. Já são oito anos de espera. Minha expectativa é como a de uma parte interessada, que isso se resolva o quanto antes, para que acabe logo isso e as pessoas possam me deixar um pouco mais tranquilo”, contou.
E continuou. “Eu ainda acredito que isso deve ser um pontapé inicial de uma grande descoberta. Acredito que isso acabe com a suspeita de muita gente e venha trazer para mim um pouco de paz, não no âmbito financeiro, não. Mas tranquilidade no meu dia a dia” .

Aleksander disse ainda que conheceu Emílio Santiago. “Chegamos a nos conhecer, sim. Só que não tivemos aquela relação que todos esperavam que tivéssemos. Não tinha uma relação de pai e filho de fato, mas existia, sim, a possibilidade de existir uma proximidade. Eu nunca perguntei sobre teste de DNA para ele. Nunca falamos sobre isso. Mas eu sempre tive a certeza de uma certeza de que me foi passado, e ele com certeza também, porque senão ele também teria pedido o DNA”, disse.

Segundo a jornalista Fabíola Reipert, da A Hora da Venenosa, além dos direitos autorais e outros bens, o cantor Emílio Santiago deixou um apartamento em Nova York e um no Leblon, no Rio de Janeiro.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

“Não são as irmãs ou a mãe as manipuladas nessa história toda”, diz advogado das gêmeas a filho mais velho de Gugu

Uma notícia está sendo destaque nesta segunda-feira (12). Após o filho mais velho de Gugu, o João Augusto Liberato, afirmar que as irmãs gêmeas, de 17 anos, estão sendo manipuladas e que por isso decidiram se emancipar, o advogado que representa as meninas e Rose di Matteo, mãe dos três dos filhos de Gugu, respondeu ao João Augusto.

“Será uma questão de tempo — pouco tempo— para que ele [João Augusto] venha a descobrir que não são as irmãs ou a mãe as manipuladas nessa história toda. Cada um tem um tempo para crescer e amadurecer. A hora dele chegará com certeza, e estamos na torcida e de braços abertos”, declarou.

Na semana passada João Augusto afirmou que fica ” triste e indignado em ver as mentiras e a nova manipulação que vêm sofrendo as minhas irmãs, duas adolescentes, que não percebem que as pessoas estão atendendo seus próprios interesses. Se tivessem mais idade e experiência perceberiam, sem dúvida”

A briga na família vem desde a morte do apresentador. As gêmeas pediram emancipação por insatisfação com a falta de informação acerca da administração e informações do inventário.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

“Triste e indignado”, diz filho de Gugu ao criticar mãe e afirmar que irmãs estão sendo manipuladas

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste domingo (11). Após o falecimento do apresentador Gugu Liberato em 2019, várias polêmicas surgiram sobre o inventário e testamento deixado por ele. A polêmica mais recente envolve as filhas gêmeas de Gugu, Marina e Sofia, de 17 anos, e Rose Miriam di Matteo, viúva do apresentador. O primogênito de Gugu, João Augusto Liberato,19 anos, tem estado descontente e afirma que as irmãs estão sendo ‘‘manipuladas’’.

Em uma carta enviada ao jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, nesse sábado (10), João Augusto criticou a mãe e chamou a emancipação das irmãs de ‘‘duvidosa’’, além de afirmar que as irmãs estão sendo ‘‘manipuladas’’ com relação a divisão da fortuna do apresentador avaliada em quase R$ 1 bilhão.

“Fico triste e indignado em ver as mentiras e a nova manipulação que vêm sofrendo as minhas irmãs, duas adolescentes, que não percebem que as pessoas estão atendendo seus próprios interesses”, disse ao jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo “Se tivessem mais idade e experiência perceberiam, sem dúvida.”

A troca dos advogados que defendiam as gêmeas no processo de disputa pela herança de Gugu não agradou João Augusto. Recentemente na coluna Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, foi divulgada a notícia que Rose Miriam di Matteo havia emancipado as gêmeas Marina e Sofia. Após a emancipação, as gêmeas contrataram o mesmo advogado da mãe, Nelson Wilians para representá-las na ação.

O novo advogado disse que Marina e Sofia queriam mais informações sobre o processo e exigiam uma auditoria independente nas contas do inventário. As gêmeas também querem depor em juízo para que se estabeleça um acordo por reconhecerem que existia união estável entre Rosa e Gugu.

João Augusto afirmou que confia nos advogados que foram indicados pela tia e que discorda da emancipação das irmãs o que ele classificou de ‘‘duvidosa’’. João ainda culpou a mãe e a família materna pela discórdia que está ocorrendo entre eles.

“Confirmo também a confiança total em minha tia Aparecida Liberato, nomeada em vida pelo meu pai como a responsável para cumprir o testamento e cuidar e proteger minhas irmãs Sofia e Marina, ambas menores de idade”, falou. “Assim era a vontade de meu pai e acredito que todos deveriam respeitá-la, porque se amanhã herdarmos algo, será fruto exclusivo de seu trabalho.”

“Só posso imaginar que a atitude de envolver as minhas irmãs indevidamente e orientar para que mintam, seja fruto do desespero, já que a verdade está colocada no processo judicial e elas no fundo, sabem disso”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Irmã do cantor Agnaldo Timóteo tenta entrar com uma anulação de testamento alegando que o canto tinha “confusão mental”

Uma notícia tem sido muito comentada entre os internautas. Isso porque, depois que o cantor e compositor Agnaldo Timóteo veio a falecer em decorrência das complicações causa pela Covid-19, vários familiares do cantor começaram a disputar para ver quem iria ficar com a herança. Além disso, os parentes do músico foram pegos de surpresa ao serem informados que Agnaldo havia deixado a maior parte da herança para filha adotiva, Keyty Evely. Mas não foi só isso.

Segundo a reportagem da Record exibida no domingo (9), uma das irmãs do cantor, Ruthinete teria tentado solicitar uma anulação do testamento do cantor, afirmando que ele não estaria em plenas faculdades mentais.

Ainda segundo a matéria, ela teria apresentado aos advogados um atestado médico referente ao hospital em que o cantor estava internado com Covid-19 em estado grave. E sim, o atestado comprova que Agnaldo não estava apto a responder pelos seus atos. Porém, Agnaldo Timóteo havia assinado o testamento 15 dias antes de ter conhecimento de que estava infectado pelo vírus.

Ainda durante a matéria, os advogados do músico deram uma entrevista. Sidney Lobo Pedroso, era amigo de Timóteo há mais 45 anos e hoje ele se tornou responsável pelo testamento.

Além disso, a matéria exibiu um vídeo onde mostra Agnaldo Timóteo assinando o testamento, no dia 4 de março.

“Assinei minha despreocupação. Minha preocupação alucinante é minha filha, desde março de 2008, Keyty Evelyn Cologne, que a partir de hoje eu espero que se chame Keyty Evelyn Timóteo”  declarou o cantor.

Atualmente a filha adotiva do artista tem 14 anos. Ela foi criada pelo músico e sua esposa desde os dois anos e meio. Como a adoção não foi formalizada enquanto o cantor ainda estava com vida. Advogada Maria Lucia Vieira Lobo está tomando todos os procedimentos da adoção póstuma da garota.

“Ela tem os direitos garantidos dela, por exemplo, na pensão por morte. É um valor que vai entrar enquanto não encerra o processo de inventário, porque pode demorar até que ela tenha acesso ao patrimônio, enquanto isso ela será mantida com a pensão por morte.” Afirmou a delegada.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.