Gusttavo Lima está impedido pela Justiça de cantar um de seus maiores sucessos, “Que Mal te Fiz Eu”

Uma notícia está sendo destaque nesta segunda-feira (15). O cantor sertaneja Gusttavo Lima está impedido pela Justiça de cantar um de seus maiores sucessos, a música “Que mal te fiz eu”. A autoria da canção é do compositor português Ricardo Landum e este concedeu a permissão para Gusttavo cantar a tradução desde que não fizesse nenhuma alteração na letra. Porém, o acordo foi descumprido e agora o cantor pode pagar uma indenização de até R$15 milhões.

Como o compositor Ricardo não é brasileiro, ele apresentou dificuldades em processar Gusttavo Lima, mesmo conseguindo um tempo depois. Gusttavo foi condenado em primeira instância e recorreu. Em entrevista ao programa Balanço Geral, no quadro Hora da Venenosa, o advogado de Ricardo Ladum explicou.

“Entramos com a ação para que o Gusttavo cessasse a utilização da música por ele ter infrigido a autorização que lhe tinha sido dada. O Ricardo realmente autorizou a execução da música desde que ela não fosse alterada […] Gusttavo tirou uma estrofe dessa música, um estrofe importante na estrutura musical e usou ela por um bom tempo. Conseguimos a tutela de urgência,, que proibiu o Gusttavo usar a música […] Mesmo assim ele continuou usando e isso gerou uma multa de R$3 milhões, tanto ele como a Som Livre foram condenados para pagar por danos morais pro Ricardo e danos materiais. Hoje em dia essa condenação tá em mais ou menos R$12 a R$15 milhões.”

Ainda de acordo com a jornalista Fabiola Reipert, esta não é a primeira vez que Gusttavo Lima enfrenta problemas com compositores.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.