Ativista Greta Thunberg faz críticas ao presidente Bolsonaro por sua atuação no combate a pandemia de covid 19 e em questões ambientais

Uma notícia tem gerado muita polêmica nas redes sociais nesta terça-feira (20). A fala da ativista ambiental Greta Thunberg numa coletiva da Organização Mundial da Saúde, tem repercutido por todo o mundo. Na ocasião, Greta afirmou que Bolsonaro se omitiu em estabelecer medidas de proteção a vida na humanidade. Comentou ainda que o chefe do executivo é responsável também pelo meio ambiente e pela sua preservação.

Greta afirmou que não é sua intenção direcionar críticas isoladas a pessoas mas enfatizou a responsabilidade do atual presidente Bolsonaro em meio ao momento vivido pela humanidade com relação a pandemia de covid 19 além das questões climáticas. Citou ainda a postura da gestão do governo federal em meio a pandemia e disse que Bolsonaro é responsável e que fracassou em garantir condições de vida atuais e futuras para a coletividade.

Falou ainda sobre vacinação. Dados da Organização Mundial de Saúde mostram que 1 em cada 4 pessoas em países ricos já foram vacinadas contra a covid 19, enquanto em países pobres este índice é de 1 em 500.
A fundação de Greta Thunberg anunciou a doação de 100 mil euros para a Organização Mundial da Saúde com o intúito de corrigir este cenário em distribuição igualitária de vacinas contra a covid 19 pelo consórcio Covax- Facility. Estes valores correspondem em moeda nacional a quase R$ 670 mil. A ativista ainda enfatizou que a comunidade internacional seja mais ativa com relação ao processo de vacinação mundial.

O Diretor Geral da OMS, Tedros Adhanom, disse que a pandemia ainda está em uma crescente com as mortes aumentando pala quinta semana consecutiva e até hoje os dados oficiais falam em mais de 3 milhões de mortes em todo o mundo

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.