PF encontra dinheiro escondido entre as nádegas do senador Chico Rodrigues

A Polícia Federal encontrou cerca de R$ 30 mil escondidos na cueca do vice-líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), nesta quarta-feira (14/10). A informação é da revista Crusoé. Segundo a publicação, parte do dinheiro estava escondido entre as nádegas do parlamentar

O dinheiro foi encontrado durante a operação Desvid19, que apura esquema de desvio de verbas públicas destinadas ao combate à pandemia da covid-19 em Roraima. A operação cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Boa Vista (RR).Segundo as apurações da PF, foram desviados cerca de R$ 20 milhões em emendas parlamentares.

Em nota, o senador disse que não tem envolvimento com atos ilegais. “A Polícia Federal cumpriu sua parte em fazer buscas em uma investigação na qual meu nome foi citado. No entanto, tive meu lar invadido por apenas ter feito meu trabalho como parlamentar, trazendo recursos para o combate à covid-19 na saúde do estado”, diz a nota.

Do Diário de Pernambuco

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Governo da Bahia envia mais de 926 mil máscaras para 175 municípios de 21 territórios

O Governo do Estado encaminhou, nesta sexta-feira (9), 926.623 mascaras reutilizáveis de tecido e TNT para 175 municípios, pertencentes a 21 Territórios de Identidade da Bahia. Também foram enviados 13 mil litros de álcool 70% para secretarias estaduais. A ação visa proteger a população do coronavírus e faz parte da força tarefa coordenada pelas secretarias do Planejamento (Seplan), de Desenvolvimento Econômico (SDE) e de Desenvolvimento Rural (SDR), com o apoio do Corpo de Bombeiros.

“O governo continua enviando insumos de forma sistemática para toda a Bahia com o objetivo de manter a população protegida do coronavírus, uma vez que a pandemia ainda continua. Vale destacar que a produção destas máscaras gera renda para milhares de pessoas”, ressalta o secretario estadual do Planejamento, Walter Pinheiro. As máscaras foram adquiridas junto a 603 associações, cooperativas e empresas habilitadas para a produção de mais de 12 milhões de unidades, gerando renda em toda a Bahia.

No território Litoral Sul, são 53.500 mascaras para Itabuna, Ilhéus, Coaraci, Ibicaraí, Itapitanga, Pau-Brasil, Camacan, Itaju do Colônia, São José da Vitória, Arataca, Buerarema, Floresta Azul, Mascote, Una, Itajuípe, Itapé, Santa Luzia, Ubaitaba, Uruçuca, Barro Preto e Canavieiras. Já na Costa do Descobrimento, os municípios Eunápolis, Porto Seguro, Itabela, Belmonte e Guaratinga recebem 27.500 unidades.

Para o território Extremo Sul, foram enviadas 39.500 mascaras para Teixeira de Freitas, Itamaraju, Mucuri, Nova Viçosa, Caravelas, Medeiros Neto, Vereda, Jurucuçu, Prado, Itanhém, Alcobaça, Lajedão e Ibirapuã. No território Sisal, as 60.900 máscaras são para Conceição do Coité, Valente, Tucano, Serrinha, Retirolândia, São Domingos, Teofilândia, Coaraci, Candeal, Barrocas, Monte Santo e Nordestina.

No Semiárido Nordeste II, 43 mil unidades são para Cícero Dantas, Ribeira do Pombal, Banzaê, Nova Soure, Santa Brígida, Coronel João Sá, Fátima, Jeremoabo, Ribeira do Amparo, Sítio do Quinto, Antas e Euclides da Cunha. Já no território Itaparica, os municípios são Paulo Afonso, Glória, Abaré e Rodelas recepcionam 17 mil unidades. No Médio Rio de Contas: Jequié, Ibirataia, Itagibá, Ubatã, Itagi, Apuarema, Boa Nova, Gongogi, Ipiaú, Barra do Rocha, Nova Ibiá e Manoel Vitorino recebem 53.500 máscaras.

Para o Sudoeste Baiano, as 72 mil máscaras foram enviadas para Vitória da Conquista, Cândido Sales, Caetanos, Poções, Licínio de Almeida, Mirante, Planalto, Ribeira do Largo, Barra do Choça, Encruzilhada e Presidente Jânio Quadros. No Médio Sudoeste da Bahia, as 42 mil mascaras são para: Itapetinga, Itororó, Caatiba, Macarani, Santa Cruz da Vitória, Firmino Alves e Potiraguá.

Para o território Bacia do Jacuípe, as 30 mil máscaras foram para Capim Grosso, Pintadas, Riachão do Jacuípe, Nova Fátima, Serra Preta, Gavião, Várzea do Poço e Várzea da Roça. No território de Irecê, as 51.400 unidades são para Lapão, Cafarnaum, Irecê, Ibititá, Xique-Xique, Mulungo do Morro, Canarana, João Dourado, Jussara, Presidente Dutra e Uibaí.

No Sertão do São Francisco, as 71 mil unidades foram para Remanso, Juazeiro, Casa Nova, Curaçá, Uauá, Campo Alegre de Lurdes, Sobradinho, Ourolândia, Jacobina, Umburanas, Saúde, Miguel Calmon, Jaguarari, Senhor do Bonfim, Campo Formoso, Pindobaçu e Filadélfia. Para a Bacia do Paramirim, as 28 mil unidades são para Boquira, Macaúbas, Paramirim, Caturama e Érico Cardoso.

Para o território Velho Chico, as 49 mil máscaras são destinadas para Bom Jesus da Lapa, Barra, Carinhanha, Paratinga e Ibotirama. Na Chapada Diamantina, Seabra, Morro do Chapéu, Piatã, Iraquara, Rio de Contas e Utinga recebem 47 mil unidades.

Já para o Sertão Produtivo, os 55 mil itens são para Brumado, Guanambi, Livramento de Nossa Senhora, Caetité, Palmas de Monte Alto e Dom Basílio. No Piemonte do Paraguaçu, Itaberaba, Ruy Barbosa, Santa Terezinha, Rafael Jambeiro, Piritiba e Mundo Novo recebem 34.867 unidades. No território Bacia do Rio Grande, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Santa Rita de Cássia, Buritirama, Formosa do Rio Preto, Baianópolis, São Desidério, Correntina, Santa Maria da Vitória, São Félix do Coribe, Cocos e Coribe recebem 78.956 unidades.

O Governo do Estado executa a distribuição das máscaras diretamente para municípios e secretarias, para uso nas unidades de saúde e para a população, sendo vedada a vinculação e utilização política na entrega.

Da Ascom

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Nova data: Governo prorroga mais uma vez decreto que proíbe aulas e eventos na Bahia

Uma importante decisão foi anunciada nesta sexta-feira, dia 9. De acordo com o Estado da Bahia, o decreto que proíbe eventos e aulas recebeu uma nova prorrogação:

“O decreto estadual nº 19.586, que venceria na segunda-feira (12), determinando a proibição das aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e eventos com mais de 100 pessoas, ficará em vigor até o dia 25 de outubro. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (10). O decreto proíbe as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, bem como abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Auxílio Emergencial: Mais de 500 candidatos milionários receberam benefícios

O Auxílio Emergencial se tornou um alento para milhares de brasileiros no cenário de crise imposto pela pandemia do coronavírus. No entanto, muitas pessoas que não se enquadravam nos pré-requisitos estabelecidos pelo Ministério da Cidadania receberam o benefício.

De acordo com informações do UOL, divulgadas nesta segunda-feira (05), mais de 500 candidatos milionários das eleições deste ano receberam Auxílio Emergencial e o Bolsa Família entre os meses de maio e junho. O índice foi constatado depois de um cruzamento de dados dos candidatos das eleições municipais. Foram considerados candidatos cujo patrimônio é de R$ 1 milhão ou mais.

Após a constatação, o UOL foi atrás de alguns candidatos para ouvir o lado deles. A maioria afirmou que não solicitou o benefício, ou teve os dados utilizados de forma indevida, nunca recebendo nenhum tipo de pagamento do governo.

Houve também quem admitisse a solicitação, mesmo possuindo bens avaliados em R$ 1 milhão ou mais. Um deles foi o candidato a prefeitura de Itapuca (RS), Kinho Pancotte. O político, que declarou ter mais de R$ 8 milhões em bens em seu nome, é agricultor, mas mesmo assim disse que quando o governo anunciou o pagamento do benefício não titubeou para solicitar o Auxílio Emergencial, se dizendo prejudicado pela crise.

Segundo o Portal da Transparência, Kinho Pancotte recebeu três cotas do Auxílio Emergencial, um total de R$ 1.800. Em setembro, o político resolveu devolver o dinheiro ao governo.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Nacional, Social.

Valor não sacado do Auxílio Emergencial em 90 dias retorna para o Governo

Os beneficiários do auxílio emergencial precisam estar atentos. As parcelas não sacadas até 90 dias depois do crédito na conta poupança digital da Caixa Econômica Federal retornam automaticamente para os cofres da União. A exceção são os cerca de 19 milhões de inscritos do Bolsa Família, que terão até 270 dias (nove meses) para sacar o benefício.

Segundo a Caixa Econômica Federal, a devolução de uma parcela para a União não interfere no pagamento das parcelas seguintes. Caso o beneficiário perca o prazo de uma parcela, continuará a receber as demais parcelas normalmente. O auxílio emergencial prevê o pagamento de cinco parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) e o pagamento de metade desse valor em parcelas adicionais até dezembro.
A Caixa informou que não existe a possibilidade de saque do dinheiro por meio do banco oficial depois que retorna à União. Responsável pela administração dos programas sociais do governo federal, o Ministério da Cidadania esclareceu que o dinheiro das parcelas devolvidas retorna à conta única do Tesouro Nacional, sem vinculação ao orçamento da pasta.
Regulamentação
O prazo de 90 dias para saques do auxílio emergencial consta do Decreto nº 10.316, que regulamentou o auxílio emergencial. Na ocasião, o governo informou que eventuais exceções dependeriam de novas regulamentações.
No fim de julho, o Ministério da Cidadania editou a Portaria nº 444, que ampliou para 270 dias o prazo de saque para os inscritos no Bolsa Família que sacam o auxílio por meio do cartão do programa. Na ocasião, a pasta informou que a medida foi necessária para evitar aglomerações decorrentes da pandemia e para que famílias que vivem em locais remotos, com dificuldade de deslocamento até uma agência da Caixa, não percam o dinheiro.
Calendários
O calendário de depósito do auxílio emergencial na conta poupança digital e de saques do dinheiro foi divulgado em julho. O pagamento está sendo feito em ciclos, conforme a data de aprovação dos pedidos pela Dataprev, estatal de tecnologia que confere a validade dos cadastros com a lei que instituiu o auxílio.
Em agosto, a Caixa divulgou calendários residuais. O primeiro refere-se a beneficiários que contestaram o resultado negativo do cadastro e tenham sido considerados elegíveis. O segundo calendário vale para os trabalhadores que se cadastraram nas agências dos Correios entre 8 de junho e 2 de julho.
Dependendo do mês de nascimento do beneficiário, o auxílio emergencial só poderá ser sacado ou transferido para uma conta bancária de três dias a três semanas depois do depósito na conta poupança digital da Caixa.
O dinheiro na conta digital só pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas residenciais e de boletos bancários, além de possibilitar compras com cartão de débito virtual e com código QR (versão avançada do código de barras) em máquinas de cartão de estabelecimentos comerciais parceiros.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Social.

Auxílio Emergencial: Caixa libera nova cota de saques para beneficiários

A Caixa Econômica Federal (CEF) libera nesta quinta-feira (01) saques e transferências de novas parcelas do Auxílio Emergencial. Ao todo, quase 4 milhões de beneficiários do programa nascidos em abril poderão realizar estas operações.

Este grupo teve o montante de R$ 600 creditado na poupança digital no último dia 9 de setembro. Podendo utilizar o crédito para pagar contas e realizar compras utilizando o aplicativo Caixa Tem.

Aprovados 1º lote podem sacar a 5ª parcela

Aprovados no 1º lote, que tiveram benefício suspenso, podem sacar 5ª parcela

Aprovados no 2º lote podem sacar 4ª parcela

Aprovados no 3º lote podem sacar 3ª parcela

Aprovados no 4º lote podem sacar 3ª parcela

Aprovados no 5º lote podem sacar 2ª parcela

Aprovados no 6º lote podem sacar 2ª parcela

Aprovados no 7º lote podem sacar 1ª parcela

Além deles, os reavaliados, que tiveram o Auxílio suspenso em agosto, podem sacar todas as parcelas já recebidas na poupança digital.

Depois de muita espera e de um cenário de indefinição, o governo federal divulgou na última segunda (28) o cronograma completo de pagamentos das cotas adicionais do Auxílio Emergencial Residual para beneficiários fora do Bolsa Família.

Com a nova determinação do governo federal, que pagará o programa até o final de dezembro, milhares de brasileiros não receberão as quatro cotas de R$ 300.

Os pagamentos das novas parcelas foi iniciado no dia 17 de setembro, para beneficiários do Bolsa Família, e na última quarta-feira (30) para brasileiros que aniversariam em janeiro e que receberam a primeira cota do programa no mês de janeiro. O cronograma das parcelas de R$ 300 só retorna na próxima semana.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Social.