Morre Gilmar Duvalier, diretor do do bloco afro Malê Debalê, com sintomas do coronavírus

O Malê Debalê usou suas redes sociais para informar o falecimento de um dos seus diretores mais antigos, Gilmar Duvalier, que estava internado no hospital de campanha da Fonte Nova e sucumbiu aos sintomas de Covid-19 no último sábado (3).

Professor de dança na agremiação que nos anos 1990 ganhou a alcunha de “O maior Ballet Afro do Mundo”, Gilmar tinha diabetes, o que o colocava no grupo de risco em relação ao coronavírus. Ainda não há confirmação, porém, de que ele estava infectado. O sepultamento aconteceu ontem (4), no cemitério de Plataforma.

Gilmar era um dos integrantes mais antigos do Malê Debalê e dava aulas de dança na comunidade. O grupo afro prestou homenagens no sepultamento e nas redes sociais.

“Nossos mais sinceros agradecimentos a Gilmar Duvalier. Seu trabalho fortaleceu nossa comunidade e coloriu a avenida com alegria, paixão e muito movimento. Eternamente em nossos corações. ❤✊🏿”, escreveu o Malê.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Regional.