Um dos fundadores da facção criminosa PCC, Geleião morre em decorrência da Covid-19

Uma notícia tem sido destaque nesta semana. Isso porque um dos fundadores do Primeiro Comando da Capital (PCC) veio a óbito por causa da Covid-19. Geleião, como era conhecido, faleceu nesta segunda-feira (10) por volta das 6h30. A Secretária de Administração Penitenciária (SAP) confirmou as informações.

Segundo o portal R7, o ex-integrante da facção criminosa, José Márcio Felício, de 60 anos, estava internado desde o dia 9 de abril, no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário, na região do Carandiru, na zona norte de São Paulo. 

Antes de ser internado, Geleião estava cumprindo pena na Penitenciária de Iaras, em são Paulo. Ele era o último fundador do PCC que ainda estava vivo.

O órgão responsável, emitiu uma nota informando que “foi registrado boletim de ocorrência e os familiares do reeducando foram comunicados do óbito”.

Ainda de acordo com o portal, em 1993, José Márcio Felício, “Geleião”, juntamente com outros sete presos fundaram o PCC, Casa de Custódia de Taubaté, no interior de São Paulo.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.