Galvão Bueno desabafa sobre demissão do repórter Tino Marcos após 35 anos de trabalho: “Você vai nos fazer muita falta”

A saída de um veterano chamou a atenção do povo nesta terça-feira (2). Aos 58 anos, o repórter Tino Marcos anunciou que deixará a Globo depois de 35 anos de muito trabalho. Então, agora outro grande nome se manifestou.

Conhecido por seu trabalho na esfera do esporte, Tino cobriu oito Copas do Mundo de Futebol e também 6 Olimpíadas. Contudo, mesmo já consagrado no meio, a saída dele acabou se consolidando. Então, agora outro grande nome do esporte, o apresentador e comentarista Galvão Bueno, desabafou sobre a saída de Tino. Galvão escreveu:

Querido amigo e parceiro Tino Marcos. Entendo e apoio sua decisão de a partir de agora curtir a família e a ela se dedicar. Claro que você vai nos fazer muita falta!! Você foi o Pelé das reportagens esportivas!!E tenho muito orgulho de nossa marcante parceria nesses mais de 30 anos! Como diz Milton Nascimento: “amigo é coisa para se guardar no lado esquerdo do peito”. Um beijo no coração e que Deus o abençoe sempre” Mas não é só isso.

A decisão

Além disso, a decisão de sair da emissora veio do próprio Tino. Nas redes, o repórter falou sobre a saída:

“Sabedor de que chegaria, vira e mexe eu pensava nele: o dia em que sairia da Globo. Ele deveria ser planejado pra, então, ser festejado. E chegou desse jeitinho mesmo.
Com uma sensação bombando, justo a que eu mais desejava: a gratidão. Obrigado a tantos, de tantas gerações. Se alguém buscar no arquivo uma matéria do velho repórter, de qualquer época, vai encontrar sempre a expressão de um cara feliz fazendo aquilo.
Portanto, valeu demais!”

Tino também relatou, em entrevista ao Globo Esporte, que a saída já deveria ocorrer em algum momento próximo, mas que a vigente crise acelerou esse processo:

“É uma variável decisiva nesse processo. Tornou inviável agora a gente fazer o que vinha fazendo. Não sei quando vamos voltar a ter a plenitude. E quando vamos voltar? Não sabemos como está o mundo. Tem todo um contexto. Minha filha se formando na faculdade, minha esposa se aposentado esse ano, eu perdi os meus pais. Tinha um envolvimento muito grande com eles e fiquei sem eles. A vida… 2021 está me trazendo muitas novidades. Por agora é isso aí. Viver essa pandemia, ficar em casa o máximo que eu posso. Eu tenho o privilégio de poder ficar em casa com as coisas direitinhas”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.