Jovem fotógrafo morre após pedir que homens fizessem menos barulho para não acordar a filhinha dele

Um caso bastante complicado está repercutindo muito neste sábado (15). Preocupado com a filha, um jovem fotógrafo pediu para que pessoas fazissem menos barulho para não acordar a menina, mas acabou perdendo a vida por conta disso.

O fotógrafo, produtor e editor de vídeos Thiago Freitas de Souza, de 32 anos, não imaginava que acabaria perdendo a vida ao fazer um simples pedido. Diante de um insistente barulho vindo de fora da sua casa, Thiago percebeu que a filhinha dele não estava conseguindo dormir. Então, o jovem saiu e pediu para que o grupo de homens fizessem menos barulho. Contudo, ele não imaginava que tratava-se de um grupo de criminosos.

De acordo com o portal Itapetinga agora: “Após pedir para que criminosos fizessem menos barulho porque estavam acordando sua filha, o fotógrafo e videomaker Thiago Freitas de Souza, 32 anos, foi baleado por traficantes que controlam a venda de drogas no Morro do Santo Cristo, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói, RJ.

O crime ocorreu no início da manhã deste sábado, dia 15 de maio. Socorrido e levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no mesmo bairro, ele não resistiu ao ferimento e morreu na unidade de saúde.
A esposa da vítima contou à Polícia que o marido saiu de casa pedindo para que os traficantes diminuíssem o barulho que estavam fazendo pois a filha do casal estava acordando a todo momento. Logo em seguida ela escutou o barulho de um tiro e viu seu marido caído no quintal da residência da família.O local tem sido alvo de disputas entre criminosos das facções”
Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.