Após saída da Ford do Brasil, gigante do setor demonstra interesse no complexo de Camaçari, na Bahia

Recentemente, a saída de uma gigante gerou bastante desconforto em todo o país. Contudo, nesta terça-feira(19) chegou a informação de que novos nomes parecem cobiçar esse espaço. Mas afinal, o que aconteceu?

A saída da Ford do Brasil gerou grande preocupação. Depois de mais de 100 anos, a gigante anunciou que fecharia suas fábricas no Brasil, deixando milhares de pessoas desempregadas de forma direta e indireta. Entretanto, agora uma outra grande montadora despertou interesse nesse “vácuo” deixado pela Ford. Em entrevista ao portal UOL, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, chairman do grupo Caoa e maior revendedor da empresa do país, afirmou que existe interesse no complexo industrial da cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, na Bahia:

“Sempre tenho interesse em novos negócios, mas é preciso analisar todo o processo porque não queremos desgastar a nossa imagem. E só iremos para frente se eu sentir muita segurança.”

Ainda segundo ele, tudo pode acontecer, pois é esperada uma série de incentivos fiscais no setor, principalmente na região Nordeste. Contudo, o governo precisaria viabilizar isso. Carlos explicou: “O governo também precisa dar condições de trabalho”.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Governador Rui Costa desabafa sobre a saída da Ford do Brasil: “O país está virando uma grande fazenda”

O atual governador da Bahia, Rui Costa, fez um novo comentário sobre o encerramento das atividades da fabricante de automóveis Ford. Assim, Rui afirmou que o Brasil está virando “uma grande fazenda” devido à falta de incentivos e investimentos em indústria e tecnologia.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o atual governador afirmou que a saída da fábrica da Bahia expõe um problema mais profundo que acomete todo Brasil.

“Não há planejamento. O que pensamos nos últimos cinco anos para aumentar o investimento em tecnologia e a industrialização? Nada. Estamos satisfeitos em nos tornarmos uma grande fazenda”, comentou.

Além disso, Rui também comentou que está tentando juntamente com o governo estadual trazer empresas chinesas para assumir a produção da fábrica deixada pela Ford. Porém, o governador afirma também que o cenário que os executivos da Ford lhe apresentaram não é muito agradável. Segundo eles, apenas em 2023 a demanda do setor automotivo voltará a crescer e outras fábricas devem anunciar saída do Brasil em breve.

“Há cinco anos, o Brasil vive uma crise institucional forte, que paralisou as reformas e os investimentos. O capital é avesso a risco e o Brasil se tornou um país de alto risco”, destaca.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Presidente Bolsonaro comenta sobre saída da Ford no Brasil e diz que a montadora faltou com verdade: “querem subsídios”

Na manhã desta terça-feira (12), o atual presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) comentou sobre a saída da produtora de automóveis Ford do país. Assim, o presidente afirmou “negócio é negócio” ao expor sua opinião sobre o encerramento das atividades da montadora.

Além disso, Bolsonaro também comentou sobre a concorrência do mercado automobilístico no país e a não concessão de subsídios fiscais à empresa.  

“Na verdade, eles tiveram subsídios nossos ao longo dos últimos anos de R$ 20 bilhões. Queriam renovar subsídio para fazer carro para vender. Agora, tem a concorrência também, chinesa, entre outros. Então saiu porque num ambiente de negócios, quando você não tem lucro, você fecha”, disse em entrevista em frente ao Palácio da Alvorada. “Faltou a Ford dizer a verdade.”

Ele ainda lamentou a perda dos 5 mil empregos gerados pela fábrica da empresa, e utilizou a oportunidade para criticar a imprensa. Segundo o presidente, os jornais o culpam pela saída da montadora. “Agora a imprensa? desce a lenha em cima de mim, porque eu devia evitar a perda de 5 mil empregos. Repito, lamento, 5 mil empregos perdidos. (?) Agora, negócio é negócio. Deu lucro, o cara fica aqui. Não deu lucro, o cara não produz mais aquilo, fecha”, afirmou.

Você pode ver o vídeo completo em: https://www.youtube.com/watch?v=8X4KRRjButk&feature=emb_title

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Camaçari: Funcionário da Ford protestam contra fechamento da fábrica: “fomos pegos de surpresa”

Na manhã desta terça-feira (12), uma notícia tomou as manchetes dos jornais baianos.  Trabalhados da Ford realizaram protesto em frente à fábrica da empresa, no Polo Petroquímico de Camaçari.

Eles protestam contra a saída da empresa do país e afirmam que foram “pegos de surpresa”. A decisão da empresa foi anunciada na manhã de ontem (11).

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Camaçari, Julio Bonfim, afirmou: “É um momento difícil, a gente não esperava este comunicado por parte da companhia e hoje estamos aqui tentando absorver este grande impacto. O sindicato sempre se colocou nas discussões para negociar aquilo que viesse ser salutar para a manutenção dos empregos e estamos ainda dispostos a continuar com essas discussões. Infelizmente, a Ford veio irredutível e isso infelizmente impacta no fechamento da planta não só de Camaçari , mas nas plantas de todo o Brasil”

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Presidente Mourão comenta sobre saída da Ford do Brasil e afirma: “a Ford ganhou bastante dinheiro aqui no Brasil, poderia ter retardado a saída”

O vice-presidente do país, Hamilton Mourão, comentou na última segunda-feira sobre a saída da empresa automobilística Ford do Brasil. O vice-presidente afirma estar surpreso com a decisão da empresa de encerrar o funcionamento de todas suas fábricas no país.

A montadora informou que está de saída na manhã de segunda-feira (11) e pegou muitos de surpresa, inclusive Mourão.

“Não é uma noticia boa. Acho que a Ford ganhou bastante dinheiro aqui no Brasil. Me surpreende essa decisão que foi tomada pela empresa. Uma empresa que está no Brasil há praticamente100 anos, desde 2021. Acho que ela poderia ter retardado isso aí e aguardado, até porque o nosso mercado consumidor é muito maior do que outros”, comentou o vice-presidente.

A Ford tinha duas fábricas em solo nacional, uma em São Bernardo do Campo (ABC), que já foi vendida à construtora São José e uma em Camaçari (BA), onde a empresa afirmou que terá interrupção imediata das atividades.

A empresa localizada em Camaçari empregava mais de 8 mil funcionários em 2020. Em cerca de um ano mais de 2 mil empregados foram demitidos e a fábrica conta com 6.171 funcionários atualmente.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Ford anuncia fechamento de fábricas na Bahia e em São Paulo: “Fim das atividades no Brasil”

Mais um indicador problemático gerou preocupação nesta segunda-feira (11). Por conta da vigente crise, uma das maiores montadoras de automóveis do Brasil anunciou que irá finalizar a sua operação no país.

A Ford, conceituada montadora estadunidense, anunciou na segunda-feira de hoje que irá encerrar a sua operação no Brasil. Então, isso significa que as três fábricas que a marca tem aqui fecharão. Mas não é só isso.

Duas destas fábricas pararão a produção imediatamente e fecharão em breve. Estas duas são, a do polo industrial de Camaçari, na Bahia, e a de Taubaté, em São Paulo. Além destas, a terceira fábrica da companhia, que fica em Belo Horizonte, Minas Gerais, também será fechada. Contudo, isso só acontecerá dentro de alguns meses, pois a Ford pretende manter a produção de algumas peças para a reposição de estoques.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.